Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: DNIT deve promover melhorias de segurança em trecho da Transamazônica na Macaúba e Transaraguaia

Publicado

em

Leocy Mota e Messias Filhos, vereadores do MDB de Araguatins, estiveram nesta terça, 3, na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para cobrar agilidade na execução de melhorias na sinalização e instalação de quebra-molas nos trechos urbanos dos distritos de Macaúba e Transaraguaia. As duas localidades fazem margem com a rodovia Transamazônica (BR-230).

Os parlamentares disseram quem vem recebendo demanda crescente de moradores dos distritos, cobrando as melhorias, pois os motoristas não estão reduzindo a velocidade ao passarem pelas duas localidades, deixando os populares expostos a perigo.

Leocy e Messias disseram que receberam sinalização positiva da equipe do DNIT, que deve nos próximos 30 dias realizar as melhorias no trecho da Transamazônica que passa pelos dois distritos, com a instalação de quebra-molas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: 15ª morte por Covid-19 é oficializada

Publicado

em

Xambioá, no Bico do Papagaio, registrou sua 15ª vítima pela Covid-19. A informação foi confirmada no Boletim epidemiológico da Secretaria de estado da Saúde, desta segunda, dia 19.

A vítima é um homem de 72 anos, com diabetes. Ele morreu neste domingo, 18, no Hospital Regional de Araguaína.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Fiscais de trânsito fazem protestos no Bico

Publicado

em

Profissionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), realizam no Bico do Papagaio, n amanhã desta segunda, 19, um protesto encabeçado por fiscais de trânsito, nas cidades de Araguatins e Augustinópolis, além de outras dez espalhadas por outras regiões do estado.

Eles cobram respostas do órgão quanto às reivindicações da categoria feitas à gestão a cerca de seis meses.

Os fiscais querem a criação de uma escala de trabalho, pagamento de gratificação por periculosidade e redaft (Ressarcimento de despesas juntamente com o salário). A categoria reclama que os ficais fazem muitas viagens por mês e que para isso recebem diárias que levam até dois meses para serem pagas pela gestão, o que dificulta e muito a vida dos servidores.

A reivindicação já foi feita, via ofício, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (SISEPE-TO), a cerca de seis meses, mas até o momento, segundo alegam os manifestantes, nenhuma resposta foi dado pela gestão estadual sobre o assunto.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Veja os números da Covid-19 deste domingo, 18

Publicado

em

Continue lendo
publicidade Bronze