- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 07 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

ARAGUATINS: Documentário o “Mistério do Globo Ocular” será exibido hoje em rede nacional de TV

Mais Lidas

Chegou a hora do Tocantins e do restante do País conhecer o drama vivido por alguns moradores de Araguatins, acometidos pela misteriosa cegueira. Será exibido nessa quinta-feira, 25, às 23h, pela TV Brasil (Redesat – TV  Palmas), canal 13. a produção tocantinense da série DOCTV IV, “O Mistério do Globo Ocular”, do jornalista Wherbert Araújo.

O filme de 52 minutos aborda a estranha doença que afetou os olhos, principalmente, das crianças da cidade de Araguatins, às margens do rio Araguaia, causando cegueira. O autor e diretor tenta responder ao mistério por meio das várias versões e o imaginário da população, e a abordagem da ciência. A obra teve a sua pré-estreia em junho de 2009 no Cine Sesc, em Palmas, quando foi lançada a série composta por 55 documentários de todo país, produzidos na quarta edição do Programa DOCTV.

O filme já foi apresentado também nas cidades de Araguaína, Pedro Afonso, Paraíso e Miracema, mas é a primeira vez que será exibido em rede de televisão para todo o país. Em caráter nacional, o documentário recebeu destaque no site cultural Overmundo e também no Jornal O Globo.

O documentário é uma co-produção da Redesat, a ABEPEC – Associação Brasileira de Emissoras Públicas, Educativas e Culturais,Wherbert Araújo e Virtual Criação e Produção, em parceria com a Public Propaganda e Marketing.

Segundo o diretor, Wherbert Araújo, até hoje não foi dado uma resposta ao problema. Ele afirma que, mesmo depois da produção do documentário, várias pessoas na cidade de Araguatins foram atingidas pela doença. As filmagens foram realizadas em novembro de 2008 e o aparecimento do surto há mais de quatro anos. Segundo Araújo, o documentário chama para reflexão. “Como autor e diretor, quis trazer com o filme uma reflexão para o problema das pessoas afetadas”, disse. Araújo afirmou ainda que, em função do problema, as pessoas que foram atingidas estão tendo a iniciativa da criação de uma ONG para atender e assistir os afetados pela doença.

Concepção do filme

O mistério do globo ocular, como proposto em seu projeto original, não traz respostas a este caso, que levou a cidade de Araguatins, no estado do Tocantins, a tornar-se o centro das atenções da comunidade científica mundial – pois o surto não teve precedentes na história da medicina e tampouco teve sua causa identificada. O filme, dirigido pelo jornalista Wherbert Araújo, traz as hipóteses para o surgimento do surto e traduz, por meio de uma edição ágil, o medo e as perdas sofridas pela comunidade – perdas econômicas  para a cidade e físicas e psicológicas para os personagens envolvidos.

Este é o mérito do filme: não se propor a desvendar o mistério, mas conseguir reproduzir a confusão que transformou a vida de uma cidade no ano de 2005, com a infecção de centenas de pessoas (principalmente crianças do sexo masculino) e que, até hoje, povoa o dia-a-dia da população, pela falta de uma resposta.

Para o problema, só há especulações, perdas e traumas. Mas uma coisa aquela população sabe: a chave do mistério está no desequilibro ambiental. As pistas existem, mas pesquisador de nenhum estado brasileiro ou do exterior conseguiu decrifá-las. Para compor a equipe de produção, foram selecionados os mesmos profissionais que atuaram em Raimunda, a quebradeira, representante de Tocantins no Doc TV III. Na trilha sonora, destaque para a música Noites do Irã, de Rodrigo Maranhão.

Sobre o diretor

Wherbert Araújo é jornalista, natural de Pedro Afonso – TO. Na produção audiovisual, foi o vencedor do festival de cinema universitário do Tocantins, Chico, no ano 2000 como melhor fotografia e melhor júri popular. Atuou na produção local da minissérie cinematográfica Alice, da HBO, cujo primeiros capítulos se passam na capital, Palmas.O Doc TV é sua primeira produção nacional, onde o filme “O Mistério do Globo Ocular” vai representar o Tocantins na quarta edição do concurso

Sobre o DOC TV

O DOCTV – Programa de Fomento à Produção e Teledifusão do Documentário Brasileiro é uma realização da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, Associação Brasileira de Emissoras Públicas, Educativas e Culturais – ABEPEC, Fundação Padre Anchieta/TV Cultura e Empresa Brasil de Comunicação/TV Brasil, com apoio da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas – ABD.  (Wherbert Araújo)

- Publicidade -spot_img

16 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
16 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
João de Paula

O Redesat (tv Palmas) que trasnmite o DOCtv e transmitido também pela tv Cultura em rede Nacional.

Abandono

Este problema é antigo, ate o prsente nenhuma autoridade teve competencia pra falar a verdade sobre o caso. Alguns tem medo, outros. assim como o autor (Wherbert Araújo é jornalista, natural de Pedro Afonso – TO) pode nao ser apenas uma reportagem mas um interesse em prejudicar a imagem da cidade. As pessoas que pretendem criar a tal ONG, porque nao fazem campanha (assim como os garimpeiros) e vão pra Brasilia, solicitar do ministerio da saúde, uma explicacao? A mesma coisa o reporter deveria ir perguntar ao Minsitro da saúde, para melhorar seu documentario e nao deixar vago o problema.

BEIRA MAR

Interessante, Araguatins na TV em red nacional. Muito bom

FERNANDES

EU SOU DE ARAGUATINS E MINHA FAMILIA TODA TAMBÉM, INCLUSIVE MEU AVÔ FOI PREFEITO POR 3 VEZES. NASCI E ME CRIEI LÁ. HJ ESTOU COM 31 ANOS SEMPRE TOMEI BANHO NO RIO ARAGUAIA E NUNCA TIVE E NEM CONHEÇO ALGUÉM COM ESSE PROBLEMA RELATADO POR ESSA MATERIA.
ENTÃO ANTES DE DETONAR A CIDADE COM ESSE TIPO DE VIDEO SENSACIONALISTA EXIBIDO EM REDE NACIONAL É MELHOR AVERIGUAR OS FATOS E AS CONSEQUENCIAS, POIS A CIDADE DE ARAGUATINS NÃO MERECE SER DETONADA POR PESSOAS QUE NÃO SABEM QUAIS SÃO AS VERDADEIRAS CAUSAS DESSA TAL DOENÇA.
Esse video só SERVIU para desmoralizar a cidade. Eu te pergunto, que beneficio isso trará ?o unico interesse do diretor é atrair fundos para o seu video e ganhar dinheiro para divulgação.
POR FAVOR DIRETOR VENHO ATRAVÉS DESTE SOLICITAR QUE SÓ FALE DA NOSSA TÃO AMADA ARAGUATINS QUANDO O SENHOR TIVER A COMPROVAÇAO DESSA DOENÇA E AS CAUSAS.

Thiago Fernandes

Boa noite, caros colaboradores e internautas.
Através deste venho cumprimenta-los, e realçar que estao de parabéns pela manutenção do site.

Mas, o que realmente me traz aqui, é minha indignação, ao assistir o video sobre nossa tão querida e bela cidade, o qual apenas fez com que a cidade fique mal vista pelo mundo, trazendo a tona um problema ja meio que esquecido pela midia, que o turismo estava se encarregando de se reeguer, agora vem este video, que traz o pesadelo de volta, e, o mais importante, continua a nos deixar sem resposta e sem providencia, ou seja, o video só trouxe lucros a quem o criou, divulgado assim seu nome e seu trabalho, transmitindo ao mundo outra visao de Araguatins, porque ao inves de detonar nossa cidade nao mostrou suas belezas naturais,seu povo hospitaleiro, sua historia, etc., enfim tentasse fazer com que Araguatins viesse a ser admirada por todos. Seria bom que este video fosse proibido de circulação, apesar dos personagens se acharem atores instataneos e alguns até mesmo sem fala e sem argumentos logico.

Fica aqui minha indignação, e, espero que me entendam.
Afinal só apenas um araguatinense nato, que tenho amor por minha cidade.

Thiago Fernandes

LORENNA FERNANDES

EU SOU DE ARAGUATINS E MINHA FAMILIA TODA TAMBÉM, INCLUSIVE MEU AVÔ FOI PREFEITO POR 3 VEZES. NASCI E ME CRIEI LÁ. HJ ESTOU COM 31 ANOS SEMPRE TOMEI BANHO NO RIO ARAGUAIA E NUNCA TIVE E NEM CONHEÇO ALGUÉM COM ESSE PROBLEMA RELATADO POR ESSA MATERIA.
ENTÃO ANTES DE DETONAR A CIDADE COM ESSE TIPO DE VIDEO SENSACIONALISTA EXIBIDO EM REDE NACIONAL É MELHOR AVERIGUAR OS FATOS E AS CONSEQUENCIAS, POIS A CIDADE DE ARAGUATINS NÃO MERECE SER DETONADA POR PESSOAS QUE NÃO SABEM QUAIS SÃO AS VERDADEIRAS CAUSAS DESSA TAL DOENÇA.
Esse video só SERVIU para desmoralizar a cidade. Eu te pergunto, que beneficio isso trará ?o unico interesse do diretor é atrair fundos para o seu video e ganhar dinheiro para divulgação.
POR FAVOR DIRETOR VENHO ATRAVÉS DESTE SOLICITAR QUE SÓ FALE DA NOSSA TÃO AMADA ARAGUATINS QUANDO O SENHOR TIVER A COMPROVAÇAO DESSA DOENÇA E AS CAUSAS.

Alexsandro R

Acabo de assistir ao documentário e ao contrário do afirmam alguns comentários anteriores, não acho que o video denegriu a imagem de Araguatins. Pelo contrário, faz com que pessoas como eu que antes jamais tinham ouvido da cidade nem das suas tragédias, passam a conhecer melhor. Percebo pelos comentários aqui e até mesmo em depoimentos no documentário que alguns araguatinenses têm trauma enorme que foi transformado em complexo.
A cidade viveu uma tragédia que deixou marcas, isso é fato.
Assumam isso e tentem aproveitar que foi algo “EXTRAORDINÀRIO” para conseguir reverter o medo e que os turistas passaram a sentir.
Falando sério, depois de ver este documentário, eu se pudesse iria até Araguatins ajudar de alguma forma e estou pesquisando se há como eu fazer isso pela internet mesmo.
Deixem o rancor de lado. Saiam dessa defensiva equivocada e digam:
Sim. Nós vivemos uma situação muito difícil e precisamos de ajuda.
Eu fiquei comovido coma situação de todos, inclusive do prefeito.
Você não tem nada que ficar indignado, Tiago e se você é de família de políticos daí, melhor ainda porque se for um mínimo inteligente, assume a liderança de algum movimento. Se quiser eu posso te dar idéias pois criar situações é da minha profissão.
Lorenna, então vc não conhece ninguém que pasou por isso? Verdade?
Eu gostaria de ter o email do prefeito para lhe enviar uma carta de idéias.
Que os seus dias sejam melhores.
Até mais.

Alexsandro R

Na minha opinião, o documentário tem duas falhas:
1 – Não coletou nenhum depoimento de autoridades federais (a menos que eu não tenha visto).
2 – Faltou entrevistar mais especialistas.

Mas, o cinema documental é assim mesmo. Eles focam as imagens e o drama. Neste ponto o filme é bom porque deperta sentimentos humanos como a compaixão. Confesso que até chorei e estou profudamente sensibilizado.

pablo

isso so e uns dos descasos que tratam a nossa araguatins seja nesse problema seja em outros ai fica a pergunta se nos tivessemos um representante na assembleia legislativa acho que o problema teria pelo o menos sido tratado de outra maneira com mais seriedade pois teriamos alguem que conheceria a realidade de perto e as dificuldades mas e assim o povo de araguatins gosta e de sofrer pois os vereadores vao apoiar candidatos de fora o prefeito tambem e ainda se brincar o povo tambem vota em gente de fora,ai fica essa reclamacao como esta aq no site ta na hora de todo mundo rever seus conceitos e largar de ficar so reclamando e ir a luta!!! um araguatinense indignado com os politicos locais e ate com a populacao que as vezes e burra tambem!

Thiago Fernandes

Bom dia Alexsandro R.,ao me referir ao video, tentei deixar bem claro, que é um video que só expoe um problema ja conhecido por todos, e traz nenhuma solução, e nem aponta o problema(hora diz ser: caramujo, cauí, construção da ponte, plantaçao de eucalpto e poluição) e volta a perguntar, qual o beneficio para a cidade ? Voce diz nao conhecer Araguatins, e menciona que sou filho de politico, como sabes disto ? Se nem a cidade conhece ?
Sem querer levar a historia para o ramo politico, o pq de falar que fica comovido com a situação do prefeito ? Sendo que ele não veio a perder a visão e nada do tipo, eu em particular tenho me comovido sim, com as pessoas que tiveram sua visao parcialmente perdida, e, sem nenhuma expectativa de melhora.
Voce fala em me dar ideias de ser liderança, creio que para ajudar o proximo, nao é preciso ter uma liderança,basta apenas se comover.
Mas gostaria que deixasse aqui algum meio que podesse contactar voce, desde que nao seja nenhum encomodo.

Nelson dos Santos

Assisti ao documentário e me comoveu ver tantas pessoas jovens com a vida desgraçada por essa doença misteriosa. Também fiquei impressionado com a insistência do Prefeito em minimizar o número de vítimas, talvez para não espantar os turistas que frequentam as praias da cidade.
Uma das vítimas, um rapaz, disse que as autoridades locais demoraram a encaminhá-lo a uma cidade grande para receber assistência especializada, e quando o fizeram já era tarde demais – um dos seus olhos estava cego.
Espero que a doença já tenha parado de fazer vítimas, porque senão vai ser uma grande sacanagem trazer os turistas de volta para expô-los ao risco de também adquirirem essa doença.

Terranova

Gostaria de deixar bem claro para esses sensacionalista de plantão, que este problema ocular detectado em Araguatins, não é apenas aqui, isto é em todo a extensão do rio araguaia, se vc for a marabá, tem este problema e em Itupiranga da mesma forma. Ai vem esses jornalistinhas inconseqüente, afim de aparecerem, ganharem prestigio, com um furo de reportagem, colocando araguatins no centro desta polemica discussão. E o melhor de tudo, é que os cientistas “cientista”, de plantão para saírem bonitos da situação, colocaram a culpa nos CARAMUJOS, que a natureza não deu a eles a capacidade de se defenderem das acusações. Isto é uma vergonha.

Avelino C.S.Neto-Gestor Ambiental

Assisti o documentário, e fico curioso em saber a causa dos sintomas e danos causados a pessoas desta localidade, será que o poder público tem interesse em desvendar esse mistério, será que foi feito uma análise dos corpos hidricos da região para saber se há algum tipo de contaminação, seja ela por metais pesados ou agrotóxicos, usado em larga escala em plantações de soja da região?, deve haver uma resposta, e espero que seja divulgada, senão fica o descaso com a população e o perigo persistente de tal moléstia que cega pessoas que tem contacto com o rio.
São Lourenço MG, 04 abril 2010.

claudia

Onte 1h da madrugada pela primeira vez assisti o documentario,
sobre a cegueira dos moradores de Araguatins. sentir uma tristeza tão
grande por não poder fazer absolutamente nada.
O nosso pais é tão solidario com tantos paises porque não esta prestando socorro a essas pessoas que estão sofrendo em siléncio.
Acruz vermelha poderia contratar os melhores medico para tratar destas pessoas. vamos lá pais chamado BRASIL salve o globo ocular das pessoas que ali setão sofrendo

claudia

Onte 1h da madrugada pela primeira vez assisti o documentario,
sobre a cegueira dos moradores de Araguatins. sentir uma tristeza tão
grande por não poder fazer absolutamente nada.
O nosso pais é tão solidario com tantos paises porque não esta prestando socorro a essas pessoas que estão sofrendo em siléncio.
Acruz vermelha poderia contratar os melhores medico para tratar destas pessoas. vamos lá pais chamado BRASIL salve o globo ocular das pessoas que ali estão sofrendo

MARIA DE NAZARE QUEIROZ

Assisti ao vídeo no dia 21/2/2012.Não acredito que seja um documentário sensacionalista, mas sim um alerta e deve haver uma cobrança por parte de todos para que seja esclarecido o que realmente aconteceu nesse período e se ainda não existe o risco para esses moradores e turistas que visitam o local. Como negar que não aconteceu? é muito triste observar que nada foi feito para esclarecer.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias