Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Governo mente e passa nova vergonha durante entrega de reforma

Publicado

em

O Governo do Estado voltou a passar vergonha e mentir descaradamente em Araguatins neste sábado, 24. A mentira é sobre a construção da Escola de Tempo Integral (ETI) e a vergonha, foi a falta de público para prestigiar a mentira e a inauguração da pequena e discreta pintura na Escola Estadual Atanázio de Moura Seixas.

Escola de Tempo Integral (ETI)

Descaradamente o Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) tentam brincar com a inteligência dos araguatinenses, e se deslocaram da capital do estado, acompanhados de um grande grupo de assessores e jornalistas para tentar se apropriar de uma obra do Governo Federal, como se fosse sua. É importante que os araguatinenses saibam que a ETI, que está sendo erguida no setor Vila Cidinha, a lado do Estádio João de Deus Miranda, é totalmente feita com recursos federais. Prova disso, basta qualquer cidadão se deslocar até o local e ler a placa de especificação da obra, onde constam valores, nome do programa, responsáveis e origem dos recursos.

152347.jpglargura-900

Escola de Tempo Integral em construção na Vila Cidinha. Recusos são do Governo Federal

A única responsabilidade do Governo Siqueira Campos foi a de realizar as licitações, acompanhar o andamento e execução do projeto que está sob responsabilidade da empreiteira Construc. Nada mais que isso. Após a finalização, a obra será passada para a SEDUC que ficará responsável pelo funcionamento da escola.

Reforma na Escola Estadual Atanázio de Moura Seixas

Momento da inauguração da quadra poliesportiva, com a presença de poucas pessoas

Momento da inauguração da quadra poliesportiva, com a presença de poucas pessoas

O povo de Macaúba merecia mais. O governo gastou mais com aviões, segurança, assessores, carros, diárias, hospedagem e alimentação neste sábado do que propriamente com a obra. A quadra poliesportiva inaugurada, já havia sido iniciada pelo ex-governador, Carlos Gaguim, que deixou a estrutura de base e cobertura acabadas. Ao governo atual coube apenas terminar o piso e pintar. Aproveitando a tinta comprada, o governo e a SEDUC autorizaram passar uma “mão de tinta” nas janelas e paredes. Nada mais que isso.

A vergonha

Novamente o Governo se viu só em Araguatins. Como aconteceu no dia 16 de agosto, ocasião da vinda do ministro da Sáude, Alexandre Padilha, para entrega da Carreta da Saúde da Mulher, o governador Siqueira Campos se arriscou à desembarcar em solo araguatinense. O resultado foi uma das maiores vergonhas e exemplo de desprestigio. Nenhum cidadão foi receber o governador, que se viu cercado apenas por assessores, seguranças, jornalistas e caravanas trazidas por prefeitos da região, para verem o ministro de perto. Siqueira ficou das 8:30h quando desembarcou no aeroporto, ate às 11:50h quando o ministro chegou, isolado no terminal de embarque conversando principalmente com sua assessoria. Bem diferente daquele antigo Siqueira, admirado e quase idolatrado pelos araguatinenses.

Vice-governador recebido apenas pelo prefeito e vereadores

Vice-governador recebido apenas pelo prefeito e vereadores

Neste sábado não foi diferente. Abatido pela fraca recepção em 16 de agosto, Siqueira abortou a volta à Araguatins, neste sábado 24 de agosto, e, escalou o vice-governador João Oliveira, que aceitou a incumbência e veio para a inauguração. O resultado não é necessário descrever com exatidão de detalhes, as fotos da recepção do governador no aeroporto e da tal inauguração da pintura quadra poliesportiva, deixam bem claro a quantidade de pessoas que prestigiaram os fatos.

Apenas cinco dos onze vereadores foram prestigiar o Governo

Apenas cinco dos onze vereadores foram prestigiar o Governo

Na chegada ao aeroporto é possível ver que apenas, jornalistas vindos de Palmas, o prefeito Lindomar Madalena, cinco vereadores, a diretora regional de ensino Ulissevânia, assessores, seguranças e polícia compareceram a recepção.

Do aeroporto o grupo seguiu direto para o distrito de Macaúba, onde na inauguração da quadra e pintura das janelas, o grupo que saiu do aeroporto foi reforçado com os funcionários da escola, que lógico, foram obrigados a comparecer, além de 10 ou 20 alunos.

Já na Macaúba, João Oliveira e Danilo recebendo atenção apenas do prefeito Lindomar e da diretora de ensino Ulissevânia

Já na Macaúba, João Oliveira e Danilo recebendo atenção apenas do prefeito Lindomar e da diretora de ensino Ulissevânia

Na volta para Araguatins, a primeira parada foi no Centro de Ensino Médio Antonina Milhomem, para a entrega de alguns tablets e notebooks que deixaram alunos também revoltados, pois o número não foi suficiente para atender a todos. Este evento foi o que contou com o maior número de participantes, pois os alunos foram convocados a estarem presentes.

Poucos alunos se dispuseram a prestigiar o secretário o vice-governador

Poucos alunos se dispuseram a prestigiar o secretário o vice-governador

O ponto final foi a parada na obra da ETI do Governo Federal, onde o Governo do Estado tenta insistentemente convencer as pessoas de que a obra é dele. Por lá também o público não apareceu e o evento teve de ser completado com os funcionários da obra.

Trabalhadores da obra foram convocados para participar do evento e não deixar o vice-governador sozinho no evento

Trabalhadores da obra foram convocados para participar do evento e não deixar o vice-governador sozinho no evento

Ao final, o grupo almoçou em um restaurante da cidade e o vice-governador, João Oliveira, partiu de volta a Palmas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
26 Comments

Bico do Papagaio

MP abre procedimento para fiscalizar “fura-fila” na vacinação contra Covid-19 no Bico

Publicado

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) instaurou procedimentos administrativos a fim de fiscalizar as ações adotadas quanto à execução do Plano Municipal contra a Covid-19 e expediu recomendações para garantir que a vacina seja realizada de forma isonômica, eficiente, célere e segura à população.

Os promotores de Justiça apontaram, nos procedimentos, o número de casos de infectados, a quantidade de doses da vacina distribuída a cada município, consideraram a competência do ente frente ao Sistema Único de Saúde e requereram informações acerca do plano de operações referente à vacinação contra a Covid-19.

À medida que os municípios respondem aos questionamentos, estão sendo expedidas as recomendações, que tratam da organização do suporte logístico dos imunizantes; do acondicionamento, transporte e segurança das vacinas; da adequação na quantidade de salas e de equipes disponíveis para executar a vacinação; da observância aos grupos prioritários, do envio de listas nominais dos profissionais da saúde que serão vacinados, da aquisição de equipamentos e insumos, bem como do controle de estoque e do sistema de informação.

O Ministério Público alerta que o descumprimento das diretrizes estabelecidas nos planos nacional e estadual para priorização da vacina pode ensejar a responsabilização criminal; além de eventual ação por improbidade administrativa, dentre outras medidas.

Denúncia Covid

Até a manhã desta quarta-feira, 27, os canais da  Ouvidoria do Ministério Público receberam 18 comunicações de todo o Tocantins, em relação à vacinação, destas  sete são de manifestações de fura fila e as demais de profissionais da saúde, que afirmam que, apesar de estarem na linha de frente, não conseguiram vacinar. As comunicações foram processadas e encaminhadas para as respectivas promotorias para a devida apuração.

As comunicações sobre supostas irregularidades podem ser realizadas por chamadas gratuitas pelo telefone 127, pelo o e-mail [email protected] e no número de whatspp (63) 99100 2720. (Denise Soares)

Continue lendo

Bico do Papagaio

Delegado fala sobre supostos sequestros de crianças no Bico

Publicado

em

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: “Leviano. Mentiu e vai ter de provar na Justiça”, rebate dono de imóvel sobre Aquiles

Publicado

em

Não demorou para que André Gonçalves, dono do imóvel onde está instalada a sede da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiro, em Araguatins, no Bico do Papagaio, rebatesse o prefeito Aquiles da Areia (PP), que o acusou de propor “rachadinha” no aluguel, para manter a corporação funcionando no prédio de sua propriedade.

Aquiles fez a declaração, logo após, o fim da reunião entre integrantes do Corpo de Bombeiros, da Prefeitura e do Poder Legislativo, onde ficou definido um novo local para a unidade.

André foi duro ao rebater Aquiles e disse que vai acionar a Justiça, para exigir retratação. “Espero que ele prove as afirmações levianas e mentirosas que fez a meu respeito. Se ele acha que pelo fato de ser prefeito, pode falar o que quiser, sem apresentar nada que constate a acusação, ele está enganado. Vai ter de provar tudo na Justiça”, disse André.

Ele ainda explicou, que desde o dia que Aquiles assumiu a Prefeitura, nunca esteve pessoalmente com o gestor e não tratou de assunto de aluguel, e nenhum outro, embora na manhã da última terça-feira, dia 26, tenha sido procurado pelo vereador Marlúcio, por meio de contato telefônico, o qual propôs a redução no valor do aluguel de modo que o Corpo de Bombeiros continuasse operando no mesmo local, por ser o mais adequado, com o que concordou André.

Segundo André, a atitude do prefeito na manhã desta quarta, 27, causou perplexidade e indignação, pois desvirtuou os fatos e denegriu sua imagem, imputando-lhe fato criminoso, pelo que será acionado civil e criminalmente, e terá que provar suas alegações perante a Justiça.

Continue lendo
publicidade Bronze