Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Mãe de Ney fala sobre dor de perder filho assassinado. Julgamento de acusados será nesta terça

Publicado

em

Dona Genalia Santos Silva, hoje com 78 anos, sofre com a falta do filho

Dona Genalia Santos Silva, hoje com 78 anos, sofre com a falta do filho

Tendo de conviver sem o apoio do marido, já falecido, Genalia Santos Silva, com 78 anos, ainda tenta habituar-se a dor de perder seu filho caçula, a nora e um neto que estava no ventre. Genalina Santos é mãe do cabeleireiro, Nailton Santos Silva (Ney), brutalmente assassinado de forma covarde na noite de 24 de outubro de 2006, dentro de sua própria residência, na Rua Quintino Bocaíuva, no centro de Araguatins, junto com sua esposa, a também cabeleireira, Adriana Fernandes da Rocha, que estava grávida de quase três meses.

Dona Genalina recebeu nossa equipe este final de semana, na residência de seu filho, na cidade de Açailândia-MA, onde mora após o falecimento do marido e aguarda o julgamento dos acusados que acontecerá nesta terça-feira, 29. Ele falou da dor e da tristeza que enfrenta todos os dias, nesses últimos 10 anos. A mãe de Ney disse acreditar na Justiça e agradeceu aos araguatinenses pelo apoio que seu filho sempre teve na cidade. Ela disse ter certeza que o assassinato de Ney, não representa o sentimento dos araguatinenses pelo seu filho.

Veja a entrevista:

1- Conte um pouco sobre como era a relação da senhora com seu filho Ney

Era uma relação de muito amor, porque ele era o caçula dos irmãos homens. Ele era carinhoso, atencioso, obediente comigo e com o pai dele, apesar de eu morar na fazenda e eles sempre na cidade, mas sempre estava na fazendo conosco.

2- Como surgiu a ideia do Ney se mudar para Araguatins e abrir a empresa na cidade?

Quando eles namoravam, a Adriana passou a estudar no colégio agrícola de Araguatins. Ele ia muito visitar ela, aí passou a arrumar os cabelos das amigas dela e consequentemente foi se espalhando a informação que ele era uma bom profissional, a ponto dele chegar a alugar uma cadeira em um salão da cidade. Então eles se casaram, e com o crescimento da clientela, eles acharam por bem fixar residência na cidade e montar o salão de beleza.

3- Quando o Ney já morava em Araguatins vocês se comunicavam com frequência?

Sim com bastante frequência. Estive aí visitando eles várias vezes e ele por sinal me apresentou a cidade e alguns dos amigos e clientes.

4- Sobre o assassinato, como a senhora ficou sabendo da fatalidade e quem lhe deu a noticia?

No dia eu estava na fazenda e um dos meus irmãos foi junto com meu pastor me avisar.

5- Como a senhora se sentiu quando recebeu a notícia do assassinato do Ney e da Adriana?

Terrível, foi a pior notícia que eu e meu marido recebemos em toda minha vida. A dor foi tamanha que pensei que havia enfiado um punhal no meu peito, e foi como tivesse tirado um membro do meu corpo, e por sinal foi arrancado esse pedaço de mim.

6- Como foi para a senhora suportar a dor desses 10 anos, perdendo um filho de forma brutal?

A única explicação é Deus e a minha família que me faz suportar essa dor terrível. Quando penso q esses elementos tiraram a vida do meu filho e de minha nora que para mim era como se fosse uma filha, e quando penso neles penso também no meu neto que já era muito desejado por eles e por todos nós. Eles já tinham até escolhido o nome da criança. Se fosse menino seria Arthur e se fosse menina seria Maria Eduarda.

7- Durante estes 10 anos o que mais deixou a senhora triste com relação ao desenrolar do caso na Justiça?

Sem dúvidas essa demora, pois foi preciso esperar dez anos para esse julgamento e o fato os dois acusados ficarem na cadeia apenas 5 meses e alguns dias. Sei que a condenação desses assassinos não trará meu filho, minha nora e meu neto de volta, mais vai amenizar um pouco essa dor em saber q foi feito justiça. Sem contar que servirá de exemplo, para que pessoas como eles se amedrontem em fazer isso com outras famílias. O que tenho passado é uma dor que nunca desejo para nenhuma mãe.

8- Os dois acusados do crime ficaram soltos durante todo esse tempo. A senhora acredita q será feito justiça na terça-feira?

Creio plenamente na Justiça de Araguatins e acredito que os dois saíram  do julgamento cm a pena máxima. Essa não será uma resposta apenas para mim, mas também para a sociedade de Araguatins. A Polícia fez muito bem a parte dela. Trabalho de forma comprometida, investigou e encontrou provas robustas. Agora só falta a Justiça ser feita.

9- Se a senhora tivesse um dia a oportunidade de estar frente a frente como os dois acusados do assassinato, o q a senhora diria para eles?

Porque tanta crueldade com meu filho e minha nora, só queria entender isso deles. Porque eles eram amados por todos aqui da família e com o pouco de tempo que chegaram aí na cidade, todos, mais todos mesmo, que conheciam, só falavam bem deles. Então fica na minha cabeça essa interrogação, porque essa crueldade com eles? Eles já amavam a cidade e eram um casal sonhador, que só queria crescer como profissionalmente. Que mal tem isso?

10- Deixe uma mensagem para as mães que de alguma forma também já passaram ou passam por uma dor parecida com a da senhora.

Primeiramente buscar em Deus, porque sem essa ajuda nenhuma mãe ou pai consegue suportar essa dor. Sei que nesse momento tem muitos pais passando por isso, buscar ajuda espiritual, procurar a família e os amigos que são muito importante nesse momento. Fale de sua dor, não guarde ela só pra você, porque se não a gente vai parar no fundo do poço.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Conjunto de ações ajudam no enfrentamento a Covid-19

Publicado

em

Diante do estado de Emergência na Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-19) no município de Axixá do Tocantins, foi implantado no dia 23 de março de 2021, o Centro de Atendimento a Covid-19 formado por uma equipe multidisciplinar composta de um médico, uma enfermeira, além de três técnicos em enfermagem, com o objetivo de prestar uma melhor assistência e identificar precocemente as síndromes gripais. Até o momento o Centro de Atendimento a Covid-19, prestou assistência para 500 pacientes, na maioria das vezes apresentaram sintomas similares o da doença.

A vigilância epidemiológica observou um pico da Covid-19 no mês de março, o qual obtiveram uma prevalência maior de casos confirmados e, consequentemente, 09 óbitos.

Vale ressaltar que os casos diagnosticados são decorrentes da testagem dos casos suspeitos através da realização dos testes rápidos para detecção da doença. Todas feitas entre 01 de janeiro a 12 de abril de 2021 e até o momento 800 testes rápidos, 20 PCR- SWAB.

No dia 30 de março foi expedido um decreto com medidas restritivas em combate a incidência do vírus no município de Axixá do Tocantins. Durante estes 15 dias houve redução no número de pacientes com a infecção ativa da Covid-19. Nos dias seguintes, foram diagnosticados 83 novos casos da doença e, lamentavelmente, o óbito de duas pessoas que estavam hospitalizadas.

Os demais apresentaram a forma mais leve da doença e não tiveram complicações graves, bem como a ausências de internações.

Segundo a secretaria de Saúde do município medidas de prevenção evitam que mais Axixaenses percam a sua precisa vida em decorrência do coronavírus, para isso a população devem reforçar as suas atitudes, a fim de controlar a disseminação da doença e também preservar a vida de população. Em Axixá já foram contabilizados 940 casos positivos, destes 97% tiveram a forma mais leve da doença, 18 óbitos com um percentual de mortalidade de 1.9% dos casos confirmados.

A vigilância está trabalhando ativamente, buscando evitar a circulação do vírus. (Ascom)

Continue lendo

Bico do Papagaio

Dinheiro para Prefeituras aumentou 17% no primeiro trimestre de 2021

Publicado

em

Repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) tiveram aumento de 17% no primeiro trimestre de 2021, na comparação com o mesmo período de 2020. Entre janeiro e março, o somatório dos repasses foi de R$ 23.558.885.883,16, enquanto nos três primeiros meses do ano passado, o montante foi de R$ 20.124.432.171,33.

O cálculo do FPM tem como base a arrecadação líquida do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados dos dez dias anteriores. Após o recolhimento desses tributos, a Receita Federal informa os números ao Tesouro Nacional, que vai separar uma parcela para os Fundos de Participação dos Municípios e o Fundo de Participação dos Estados (FPE), e descontar os 20% para o Fundeb.

Por isso, segundo o especialista em orçamento público, César Lima, o aumento dos repasses do FPM pode estar relacionado à alta generalizada de preços que houve em 2020.

“Como o FPM é produto da arrecadação – e a arrecadação está intrinsecamente ligada ao consumo, ao giro do dinheiro – para saber se esse aumento foi real, é preciso descontar a inflação do período”, esclarece.

Para César o repasse do FPM poderá aumentar ao longo do ano, caso a inflação se mantenha elevada.

“Se continuar havendo essa alta generalizada de preços, como ocorreu alguns meses atrás, pode ser que a arrecadação aumente e que o valor distribuído pelo FPM também aumente. Mas isso não necessariamente se dará pelo acréscimo da arrecadação, mas pela inflação que eleva os preços e o governo arrecada mais.”

Aplicação dos recursos

De acordo com o consultor da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) Eduardo Stranz, não há uma destinação específica para aplicar os recursos do FPM, mas a maioria dos municípios os utiliza para custear os serviços da prefeitura.

“Para 90% dos municípios brasileiros, o FPM é muito importante porque ele é o recurso para manutenção da prefeitura e dos serviços públicos. É um recurso livre, utilizado para pagar o material de consumo, para os veículos, salários dos funcionários públicos”, afirma.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SÃO SEBASTIÃO: Claudean Lima se filia no PDT para disputar cadeira na ALETO

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 12, o PDT recebeu a filiação do biquense Claudean Pereira Lima, que é pré-candidato a deputado estadual.

Claudean comentou sobre seu ingresso no PDT. “Sinto-me parte deste projeto e estou à disposição para contribuir com todos. Estou muito lisonjeado pelo convite e a partir de agora faço parte do PDT com muita satisfação”, assegurou.

Claudean é natural de São Sebastião, no Bico do Papagaio, graduado em Serviço Social, e técnico em enfermagem, servidor da Saúde há mais de vinte anos e também foi presidente do Sindicato dos Servidores Técnicos em Enfermagem.

Em 2020 foi candidato a vice-prefeito da cidade de São Sebastião.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze