Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Pesquisa diz que homens são 6 vezes mais suscetíveis a morte por afogamentos

Publicado

em

Capitão Soares autor da pesquisa

Capitão Soares autor da pesquisa

Uma pesquisa realizada pelo membro do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, da 3ª Companhia, com sede em Araguatins, Capitão Soares, constatou que a maioria das mortes por afogamentos ocorrem com homens. Eles são 6 vezes mais suscetíveis a morte por afogamentos que as mulheres, no Tocantins. O estudo fez uma análise do perfil das vítimas de afogamento seguido de óbito no Estado do Tocantins.

Os dados foram coletados tendo como base o ano de 2013, quando houve 90 mortes por afogamento. Nesse ano o mês com maior incidência foi julho. Entre as maiores vítimas estão os homens com idade entre 30 a 39 anos, com 84% das mortes.

A pesquisa também apontou que 75 % das vítimas sabiam nadar e apenas 25% não sabiam. Outro dado relevante é que 26,36% tinham ingerido algum tipo de bebida alcoólica. Entre outras variáveis para causas de afogamento é que 31,25% dos afogados tinham problemas cardíacos, 31,25% se alimentaram momentos antes do afogamento, 18% eram pescadores, 9,68% possuíam algum problema neurológico, 3,45% saltaram de alguma altitude e 3,45% tentavam resgatar outra vítima.
A maior parte dos afogamentos aconteceu nos rios, em torno de 55%, em represas 17%, nos lagos 11% e em piscina apenas 2,94%. Dos acidentes em rios e lagos 17,65% estavam em alguma embarcação e 100% das vitimas morreram em praias que não eram atendidas por bombeiros ou guarda-vidas civis.

“O que se pode notar sobre as causas de afogamentos é que as variáveis são muitas, mas tendências podem ser determinadas, como: na faixa etária economicamente mais produtiva há maior incidência de afogamentos; pessoas que sabem nadar são mais propicias a se afogarem, os homens vão a óbito por afogamento seis vezes mais que mulheres. E ainda que pescadores também são vítimas em potencial; crianças e pessoas com necessidades especiais requerem uma atenção constante” destacou o realizador da pesquisa, o bombeiro capitão Antonio Luiz Soares da Silva.

A pesquisa foi realizada durante o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais e teve como objetivo tentar encontrar padrões de comportamento de risco aos banhistas e características dos locais de banho que favoreciam ocorrências de afogamento e teve ainda a proposta de implantar medidas que levem a diminuição dos afogamentos.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Licitação para obras de segurança viária no povoado Grotão é iniciada

Publicado

em

Com os objetivos de eliminar o risco de atropelamento de crianças e da população em geral e ampliar a segurança viária na comunidade do Grotão, às margens da rodovia TO-201, no Bico do Papagaio, o Governo do Tocantins iniciou a licitação para execução de diversas obras no local.

A licitação é para cumprimento das atribuições da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). A concorrência está aberta a todos os concorrentes oriundos de países elegíveis do Banco Mundial.

Os recursos são provenientes do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). O projeto tem prazo de execução de seis meses, por empreiteira que vencer a licitação. O projeto está sendo citado pelo Banco Mundial como um modelo a ser replicado em outras localidades e até em outros países.

As obras são de terraplenagem, pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização vertical e horizontal, jardinagem, acessibilidade, mobilidade urbana e quiosques no Povoado Grotão, município de Axixá, além de execução das especificações técnicas ambientais e sociais.

Projeto

A região do Bico do Papagaio tem a característica de vários aglomerados que se formaram às margens das rodovias. As estradas levam desenvolvimento para a região, mas as pessoas vêm para as suas margens, dando origem aos povoados. O projeto é de grande importância socioeconômica para a comunidade do povoado Grotão.

De acordo com o projeto, serão construídas lombofaixas, acessos laterais, calçadas, pontos de ônibus e vans em recuo com rampas de acesso e cobertura, oito quiosques, ruas do tipo marginal a rodovia, defensas metálicas em pontos estratégicos, trevo de acesso. Foram cadastrados os comerciantes de produtos locais que irão para os quiosques.

A comunidade foi ouvida por meio de duas audiências públicas e, após a elaboração do projeto, este foi apresentado e aprovado pela população do povoado. Ou seja, houve indicações de locais mais adequados para parada de vans e ônibus e demais sugestões da comunidade foram acatadas.

“Foi efetuado um diagnóstico envolvendo 10 povoados do Bico do Papagaio, devido às obras do Banco Mundial de restauração de rodovias tipo Contratos de Restauração e Manutenção (Crema). O povoado Grotão foi escolhido, pois tinha múltiplos problemas com a segurança viária. Nesta rodovia, já foram registrados acidentes, relacionados com a travessia do povoado Grotão. Neste sentido, o projeto busca reduzir os acidentes para uma melhor convivência entre a comunidade do povoado e usuários da rodovia estadual”, afirmou a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Rodoviária da Ageto, Lucia Leiko.

São obras de um projeto-piloto de segurança rodoviária destinada à travessia de povoados e centros urbanos. Segundo a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, “os riscos de acidentes no local são devidos aos acessos irregulares à rodovia, tipo gato por veículos. Paradas de van e ônibus dentro da rodovia sem acessibilidade à comunidade. Comércio de produtos locais no acostamento da via que é de alta velocidade. Falta de calçadas e defensas metálicas para proteção”, declarou.

As obras de melhorias devem ser entregues ainda este ano. Existe a possibilidade de que o modelo adotado no Tocantins seja utilizado pelo Banco Mundial em outros países. (Luzinete Bispo)

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Novas cenas de violência entre moradores são registradas no centro da cidade

Publicado

em

O FATO OCORREU NESTA TERÇA, DIA 20.
Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Homem é encontrado morto no meio da rodovia

Publicado

em

Um homem identificado como Silvan de Sá Silva, de 31 anos, foi encontrado morto nno km 25 da TO-164, na zona rural do município de Xambioá. A suspeita é que ele tenha sido vítima de atropelamento e arremessado a vários metros de distância.

O homem estava caído no meio da rodovia, na manhã desse domingo (18). A vítima apresentava um corte na cabeça com afundamento no crânio e havia muito sangue espalhado na pista.

A Polícia Científica realizou os trabalhos periciais a fim de desvendar o que realmente ocorreu no local.

O tio da vítima disse à polícia que esteve com Silvan no período da tarde ingerindo bebida alcóolica no Assentamento Grota do Lage. Depois, eles foram para a cidade de Araguanã. Contudo, já no período da noite, volta das 21h, Silvan teria pedido a motocicleta do tio emprestada para sair com uma garota não identificada. 

Um funcionários de uma empresa disse que passou pelo local do acidente por volta das 22 horas de sábado (17) e viu uma motocicleta estacionada com duas pessoas ao lado do veículo, mas não soube informar se uma delas era a vítima.

A motocicleta estava a uns 50 metros de distância do corpo, e apresentava alguns danos. Também havia dois capacetes e um par de sandálias. (AF Notícias)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze