Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Professor do IFTO publica livro sobre espaço agrário brasileiro

Publicado

em

alcione talaska

“Ainda existem latifúndios no Brasil? Uma análise do espaço agrário brasileiro”, esse é o título do livro publicado pelo professor de geografia do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia (IFTO), Campus Araguatins, Alcione Talaska, pela editora da Universidade de Santa Cruz do Sul (EDUNISC), que será lançado, na 29° Feira do Livro de Santa Cruz do Sul (RS), em setembro deste ano.

O livro é resultado da tese de Doutorado em Desenvolvimento Regional na Universidade de Santa Cruz do Sul (RS), elaborada pelo professor Alcione. De acordo com o docente, o conteúdo do livro traz uma análise sobre o espaço agrário brasileiro na perspectiva conceitual, abordando tanto os aspectos legais como as suas implicações territoriais decorrentes.

Ou seja, além de realizar um resgate sobre a conformação da realidade agrária brasileira, desde o período colonial até os dias atuais, é analisado o processo de construção, modificação e substituição de conceitos ou tipologias, expressas na legislação brasileira,que orientam os institutos e os órgãos oficiais brasileiros na caracterização das propriedades rurais e, consequentemente, na composição das estatísticas cadastrais que informam sobre a estrutura agrária e fundiária do país.

Nesse sentido, o livro revela alguns velhos/novos elementos da problemática histórica, não solucionada, que marca a realidade agrária brasileira.

“A ideia de realizar a publicação da tese em formato de livro foi uma indicação da banca de defesa do doutoramento. Inicialmente pensou-se em realizar a publicação em livro impresso. Entretanto, considerando a importância social da temática abordada, optou-se pela publicação em formato virtual (e-book), para possibilitar o livre e irrestrito acesso a toda sociedade brasileira interessada”, declarou o professor Alcione Talaska. (Ascom)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Gestão nova, problemas antigos e população sofrendo na buraqueira

Publicado

em

Moradores de Augustinópolis, uma das principais cidades do Bico do Papagaio, assistem entrar e sair prefeito, e o mesmo problema persistir, a falta de cuidados com a vias urbanas e reclamam da quantidade de buracos, lama e falta de manutenção asfáltica.

Em diversas vias da cidade, seja nos bairros, periferia ou no centro da cidade, existem problemas sérios, que afetam até o que deveria ser um cartão postal da cidade, a Avenida Goiás.

Hoje é impossível, em muitas ruas, veículos trafegarem em linha reta, sem precisar se esquivar da buraqueira.

Moradores reclamam ainda de medidas emergenciais da Prefeitura, na Avenida Goiás, que além de prejudicar o trânsito, não seria um serviço que atenda a real necessidade. Os problemas sem solução, já caminham para uma década, sem que a cidade resolva demandas básicas nas vias, de forma definitiva, fazendo uso apenas de medidas paliativas.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Professora Elizabete e líderes recebem Tiago Dimas

Publicado

em

A vice-prefeita de Araguatins, Professora Elizabete (PSD), continua se movimentando nos bastidores políticos. Nesta quinta, 22, ela e um grupo de líderes, organizaram uma reunião com o deputado federal Tiago Dimas (SD).

Na pauta, algumas reivindicações para o município e tratativas para a eleição do ano que vem.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Segundo boletim da Saúde, município chega a 23 mortes por Covid

Publicado

em

Nesta quinta, 22, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), oficializou o 23ª óbito por Covid-19, no município de Xambioá, Bico do Papagaio. A morte ocorreu no dia 14 de abril.

A vítima é um homem de 60 anos, sem comorbidades e que estava internado no Instituto Sinai de Araguaína.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze