Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Projeto usa plantas medicinais antivirais no enfrentamento ao coronavírus

Publicado

em

O câmpus de Araguatins, do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia (IFTO), está sendo desenvolvido o projeto “Prospecção Virtual in silico de fitoquímicos anticoronavirais de ocorrência em plantas medicinais da microrregião do Bico do Papagaio, Tocantins”, coordenador pelos professores Ilsamar Mendes Soares e Carla Cristina da Silva. O projeto tem como colaboradores as técnicas administrativas Andrea Ohanna Santos Carvalho e Maristela Tavares Goncalves, a estudante bolsista Aghata Maria Alves da Silva Lima e a estudante voluntária Bruna Cavalcante Cardoso, ambas do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da unidade de Araguatins. 

De acordo com o professor Ilsamar, o projeto consiste em um estudo da interação entre proteínas do coronavírus e substâncias bioativas de plantas (fitoquímicos). “Fazendo uso das ferramentas da bioinformática, pretende-se propor medidas de combate da Covid-19 com produtos naturais, especialmente com plantas da microrregião do Bico do Papagaio com relatos de uso pela população”, explicou. Segundo a proposta, será possível nortear o uso de determinadas plantas medicinais com capacidade antiviral e o desenvolvimento de produtos fitoterápicos ou inspiração química de fármacos para o tratamento de pessoas portadoras da infecção aguda respiratória desencadeada pelo contágio do coronavírus.

O coordenador do projeto ressaltou que a ideia surgiu a partir da observação de uma emergência imposta pela disseminação do SARS-CoV-2 à descoberta de medicamentos de combate eficazes em curto período de tempo, o que, segundo ele, gera preocupações quanto a segurança e toxicidade, bem como pela necessidade de estudos com o mínimo de atividades laboratoriais em grupo. Outra questão se dá pelo fato da microrregião do Bico do Papagaio estar situada em uma área de transição entre os biomas Amazônia e Cerrado, com possibilidades de existir plantas com substâncias capazes de inibir a atividade das enzimas virais e auxiliar no tratamento Covid-19.

“Como a quantidade de compostos de plantas identificados disponíveis em bases dados virtuais da química favorece a investigação das propriedades medicinais, sem necessariamente fazer uma coleta e extração e, o conhecimento disponível sobre proteínas do coronavírus em algumas fontes possibilita projetar inibidores da reprodução viral. Pensamos em fazer uso das ferramentas da bioinformática para avaliar inibição do vírus por substâncias fitoquímicas, assim, com ganho de tempo, o mínimo de atividades laboratoriais e diminuição de custos na obtenção de um produto antiviral. Como os compostos antivirais são comuns em plantas com histórico de consumo pelas populações, os riscos com a segurança e toxidade são também minimizados”, disse Ilsamar Mendes. (Com informações de Maiara Sobral e Mayana Matos)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Passageiros devem ficar atentos às regras que devem ser seguidas por transporte intermunicipal

Publicado

em

No Tocantins, o cidadão que for viajar utilizando o transporte intermunicipal, deve ficar atento há uma séries de medidas de proteção que devem ser seguidas nos terminais rodoviários e também nos veículos que realizam o transporte de passageiros.

Segundo resolução da  Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR), é obrigatória a realização de limpeza minuciosa e diária nos veículos com produtos que impeçam a propagação do vírus, principalmente nas poltronas.  Álcool em gel 70% deve ser disponibilizado na entrada e na saída dos veículos e as empresas devem realizar a higienização do ar condicionado dos veículos e garantir a abertura de janelas sempre que possível para manter o ambiente arejado, entre outras ações.

Nos terminais rodoviários e hidroviários, os guichês de venda de passagens devem demarcar no piso ou criar sinalização que possibilitem orientação e distanciamento entre os usuários durante a compra da passagem.

Os guichês também devem disponibilizar aos seus funcionários o uso de equipamentos de proteção individual; reforçar os protocolos de higienização e disponibilizar álcool em gel 70% em pontos específicos além de instalar alto-falantes em seus espaços físicos para áudio informativo sobre os protocolos de proteção ao Coronavírus e fixar em pontos visíveis cartazes informativos de prevenção ao Covid-19.

Segundo o presidente da ATR, Edson Cabral, os passageiros também devem fazer a sua parte, usar máscaras continuamente e ficar atentos a essas regras, denunciando caso percebam alguma irregularidade. “O mais importante nesse momento é que a população tenha a consciência de que este é um momento onde a prioridade é ficar em casa. Só viaje se for realmente necessário”, disse.

A Resolução/ATR nº 01, de 24 de Março de 2020, ainda determina que está suspensa a prestação de serviço especial de fretamento eventual ou turístico entre os municípios do Estado e traz uma série de outras medidas de prevenção, controle de riscos, danos e agravos à saúde pública, que devem ser seguidas neste momento de pandemia.

ANTT

Na última terça-feira, 03, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), também publicou resolução com medidas sanitárias a serem adotadas nos serviços de Transporte Rodoviário Interestadual de Passageiros e no Ferroviário, para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. A resolução, que atualiza regras já determinada pela agência, vale até o dia 31 de agosto deste ano.

Denuncie

A ATR ressalta que, o usuário também pode fazer a sua parte denunciando irregularidades, inclusive em relação a transporte clandestino de passageiros.  A denúncia pode ser feita por meio da Ouvidoria Geral do Estado no telefone 162 (ligação gratuita).

O cidadão também pode registrar reclamação, denúncia, sugestão ou tirar dúvidas por meio do e-mail: [email protected] (Ravena Santiago)

Continue lendo

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Negão do Cinda pede pagamento de gratificação à servidores da Saúde que atuam na pandemia

Publicado

em

O vereador de Axixá, Negão do Cinda (MDB) apresentou requerimento na Câmara Municipal, no qual solicita ao prefeito municipal, Damião Castro Filho, e à secretária da Saúde, Laís Milhomem Casimiro, para que o Poder Executivo conceda o pagamento de gratificações a todos os servidores da saúde, incluindo enfermeiros, agentes de saúde, motoristas, entre outros profissionais que estão na linha de frente de combate à pandemia da Covid-19 no município.

O vereador observa que são profissionais que estão colocando em risco a própria vida para salvar outras vidas, sendo que precisam ser valorizados em reconhecimento ao trabalho prestado à comunidade. “Trata-se de uma reivindicação mais que justa, sendo que outros municípios e outros estados já tomaram esta iniciativa”, considerou.

Negão do Cinda pede o apoio dos demais vereadores do município de Axixá na aprovação do requerimento. “Peço o apoio de todos os vereadores para juntos garantirmos esse benefício aos servidores da saúde”, considerou. (Márcia Alves Menezes)

Continue lendo

Bico do Papagaio

PRAIA NORTE: Ho Che Min está com Covid-19

Publicado

em

A secretária municipal de Saúde, Claudilene Fortaleza, anunciou nesta sexta, 5, que o prefeito de Praia Norte, Ho Che Min Araújo, contraiu o vírus Sars-CoV-2 e está com Covid-19.

Segundo a secretária, Ho Che Min é assintomático, está em isolamento domiciliar, não apresenta agravo de saúde e está seguindo as recomendações médicas.

Praia Norte contabiliza 47 casos de Covid-19, com 8 já curados.

Continue lendo
publicidade