sem-titulo

Policiais Militares da Força Tática e Serviço de Inteligência (SI) prenderam, na tarde desta sexta-feira, 23, quatro pessoas acusadas de aplicarem um golpe na Caixa Econômica Federal de Araguatins. Elas foram identificadas como Raimunda Pereira Quirino, José Augusto Sousa Silva, Maurício Sá Freitas e Tancredo. Uma funcionária da Caixa desconfiou, quando Raimunda compareceu à agência, portando uma identidade falsa em nome de Ana Pereira de Sousa, já falecida, pretendendo sacar o valor de R$ 5 mil e transferir mais R$ 1 mil para a conta de José Augusto que a acompanhava.

Detidos, os dois confessaram que se tratava de um golpe e que havia mais duas pessoas envolvidas, sendo que Maurício veio dar apoio à dupla e foi flagrado portando um cartão bancário em nome de João Alexandre da Silva, em que havia um saldo de R$ 33 mil. Em seguida, policiais do SI deslocaram até o povoado Bela Vista, município de São Miguel do Tocantins, onde detiveram Tancredo, tido como o mentor do golpe. Na casa dele, os policias ainda apreenderam uma pistola calibre 380, com 15 munições intactas.

Todos os envolvidos e materiais apreendidos foram levados para a Central de Flagrantes em Augustinópolis, onde foram autuados por Estelionato, Associação Criminosa, falsidade ideológica e posse irregular de arma de fogo. Após os procedimentos, o quarteto ficou enclausurado na Cadeia Pública de Araguatins, onde aguardam pronunciamento da Justiça tocantinense. (Patrulha na Net)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.