Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Recursos para Aterro Sanitário são liberados pelo MS

Publicado

em

O Governo Federal por meio do Ministério da Saúde (MS) e Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) liberou na quinta-feira, 4, a primeira parcela do recurso financeiro para execução do sistema de resíduos sólidos, popularmente conhecido como Aterro Sanitário. O valor total do projeto é de R$ 2,1 milhões. A primeira parcela liberada para o inicio dos trabalhos foi de R$ 840 mil e a obra deve começar nos próximos dias.

VEJA VISITA DE LINDOMAR AO PRESIDENTE DA FUNASA

A obra foi conseguida ainda em julho de 2012 pelo ex-prefeito Rocha Miranda dentro da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), instituída em 2010 que prevê a extinção dos lixões no Brasil até 2014.

O atual prefeito, Lindomar Madalena, vem trabalhando desde o inicio do ano para agilizar a liberação dos recursos. Em maio, Lindomar foi à Brasília cobrar pessoalmente do presidente nacional da FUNASA, Gilson Queiroz, urgência na liberação da obra e recebeu sinal positivo de Queiroz que esta semana cumpriu o acordado com Lindomar.

Com a construção do aterro o lixo será depositado em local impermeabilizado por uma base de argila e lona plástica, o que impede o vazamento de chorume para o subsolo. Diariamente, o material será aterrado com equipamentos específicos para este fim. Existirão, também, tubulações que captam o metano, gás liberado pela decomposição de matéria orgânica e que pode ser usado para gerar energia.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
4 Comments

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Unitins abre seleção para Pós-Graduação em Contabilidade e Direito Tributário

Publicado

em

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, lançou o edital com 45 vagas para o curso de Pós-Graduação lato sensu em Contabilidade e Direito Tributário, ofertado no Câmpus Augustinópolis. Podem concorrer egressos da Unitins e de outras instituições de ensino superior com formação em qualquer área do conhecimento. O valor da taxa de inscrição é de R$ 25,00. As inscrições podem ser feitas a partir desta sexta-feira, 15, pela Fapto: http://sistemas.fapto.org.br/CursosEventos/GUI/index.html

O curso conta com 16 módulos de 25 horas, com carga horária total de 400 horas e duração de 1 ano e quatro meses. As aulas serão ministradas por professores especialistas, mestres e doutores com vasta experiência na área de Gestão de Tributos, e acontecerão mensalmente, às sextas-feiras das 19h às 22h e aos sábados e domingos das 8h às 12h e das 13h às 18h. O valor da mensalidade é R$: 199,99, num total de 17 parcelas. O início das aulas está previsto para o dia 16 de abril de 2021.

Para a coordenadora da especialização, Gisele Padilha, o curso possibilitará aos interessados em Gestão Fiscal e Tributária a oportunidade de atualização de conhecimentos e continuidade dos estudos, considerando que um profissional especialista pode fazer a diferença em qualquer organização. Segundo ela, o curso atende a demanda por capacitação diante das constantes alterações na área tributária e as dificuldades enfrentadas pelas empresas para gerenciar os gastos com tributos. Gisele lembra que o curso é presencial, mas que durante o período de afastamento das atividades presenciais, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, as aulas serão ofertadas em formato remoto.

Esse é o primeiro curso de Pós-Graduação oferecido pelo Câmpus Augustinópolis, que conta atualmente com três cursos de graduação: Ciências Contábeis, Direito e Enfermagem. 

A diretora de Pós-Graduação da Unitins, Leda Verônica Benevides Dantas Silva, ressalta que o curso de Especialização em Contabilidade e Direito Tributário ofertado pela Unitins é uma grande oportunidade para profissionais interessados em se aperfeiçoar e atualizar em sua área de atuação. “A professora Gisele, coordenadora do curso, foi extremamente criteriosa em todas as etapas de concepção da especialização, e conseguiu aliar um corpo docente qualificado a uma matriz curricular dinâmica e atual. Estamos entusiasmados com o lançamento do primeiro edital de pós-graduação de 2021 e ansiosos pelos novos cursos que ainda serão ofertados neste ano”, afirma já anunciando que outros cursos de pós-graduação serão lançados neste ano.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Homem é morto a tiros no meio da rua

Publicado

em

Um jovem identificado como Paulene Alves Brandão, de 26 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo durante uma discussão em Tocantinópolis, região do Bico do Papagaio.

O crime ocorreu na tarde desse sábado (16), na rua Filadélfia, esquina com a rua Da Prata. O rapaz foi alvejado com pelo menos quatro tiros, sendo dois na região da virilha, um abaixo do peito e outro nas costas.

Após o crime, a polícia obteve informações de que o suposto autor, outro jovem de 20 anos, fugiu do local e estava escondido na casa de sua mãe.

Já na residência, a esposa do suspeito disse que estava presente no momento do crime. Segundo ela, houve uma discussão entre autor e vítima no meio da rua, momento em que o seu marido sacou uma arma de fogo que estava na cintura e efetuou os disparos.

O autor correu em seguida, conforme a esposa, e não teve mais contato com ela até aquele momento. A Polícia Civil vai investigar o crime. (AF Notícias)

Continue lendo

Bico do Papagaio

No dia que Brasil começa vacinação contra Covid-19, Bico acumula mais de 12 mil infectados

Publicado

em

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, neste domingo, 17, foi aplicada a primeira dose no país.

A primeira pessoa vacinada fora dos estudos clínicos foi Mônica Calazans, de 54 anos, enfermeira, negra e moradora da zona leste da capital. Ela, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, foi vacinada no fim da tarde no Instituto Butantan. Até então, as únicas pessoas do país que haviam tomado a vacina faziam parte dos testes clínicos.

A vacina chega, nove meses depois do registro do primeiro caso no Bico do Papagaio. Durante esses noves meses, a região acumula 12.010 casos de pessoas que se infectaram com o vírus Sars-Cov-2. A quantidade configura 12.4% de todos os 96.319 casos identificados no Tocantins.

188 pacientes dos 12.010 infectados morreram na região. Isso representa 1.56%. Em comparação ao número de mortes no Tocantins, os óbitos no Bico, corresponde a 14.3% dos 1.313 registrados em todo o estado.

Tocantinópolis é o município do Bico do Papagaio que mais teve moradores infectados, com 1.374, seguido de Araguatins, com 1.148 e Xambioá com 1.125.

Quanto ao número de mortes, quem lidera é Araguatins, com 31 óbitos, seguido de Tocantinópolis, com 24 e Ananás com 16.

Continue lendo
publicidade Bronze