- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 22 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

ARAGUATINS: Suspeito de assalto ao BASA é liberado

Mais Lidas

Um dos quatro jovens suspeitos de terem cometido o seqüestro do gerente do Banco da Amazônia S/A de Araguatins no inicio da noite do dia 20 de outubro, e na manhã do dia 21 assaltaram a agência do banco, foi solto nesta terça-feira, 13. Wesley Veira de Sousa, 23 anos, que trabalha como motorista na cidade de Imperatriz-MA estava preso desde 1ª de novembro, na delegacia regional da cidade maranhense, por determinação da Justiça de Araguatins que por meio de um pedido de prisão preventiva manteve os quatro presos.

Wesley concedeu uma entrevista exclusiva ao site Folha do Bico onde apresentou sua versão sobre o acontecido. Segundo o jovem, ele é conhecido de Luhan Silva Gomes, 21 anos. No dia da prisão, Wesley estava passando nas proximidades da casa de Luhan que o avistou e pediu carona até o centro da cidade. Wesley se pontificou a leva-lo. Luhan estava acompanhado de Jesiel Neiva de Farias que também embarcou no veículo. Porém, no caminho foram abordados pela polícia, que revistou uma mochila transportada por Luhan e Jesiel, onde foram encontrados dois revólveres calibre 38 municiados e vários cartões bancários.

Ainda segundo Wesley, na delegacia Luhan e Jesiel em depoimento assumiram serem os donos das armas e que Wesley não tinha conhecimento do conteúdo das mochilas. Mesmo assim Wesley disse que foi enquadrado no crime de formação de quadrilha.

Poucos dias depois, Wesley Veira de Sousa iria receber alvará de soltura da Justiça de Imperatriz, mas em função da suposta participação no seqüestro e assalto ao BASA, a Justila de Araguatins pediu a prisão temporária dos rapazes. Wesley seria liberado pela Justiça maranhense naqueles dias.

Por não haverem provas suficiente que ligassem Wesley ao seqüestro e assalto, o advogado de defesa conseguiu um Habeas Corpus no Tribunal de Justiça do Tocantins liberando o suspeito.

Luhan Silva Gomes, Jesiel Neiva de Farias e Antonio Jefferson, este último preso separadamente, continuam detidos na delegacia regional de Imperatriz.

- Publicidade -spot_img

4 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
4 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
BOB MARLEY

a policia num tem oke fazer mesmo ñ.so pegar cara inocente.

clayvidson

Não quero jugar ninguem , Só que essa historia estar mau contada cape a policia investigar e justiça julgar , Min digas com q tu andas que direi q tu eis ….

Tamires Iayria Costa Ribeiro Souza

Bom, graças a Deus que o Wesley, um bom rapaz foi solto e que a Justiça de Deus tarda mas não falha, ele trabalhador, com familia exemplar e quem os conhece não os julgam pois são de uma índole incontestável.. parabéns ao tribunal de Justiça de Palmas pois fizeram um ótimo trabalho, e a Drª Nely, uma juíza nota 10. Boas Festas a todos.

DIONYS O CARINHA DA TI

más bob sera ter quando vc vai ficar falando besteira em um site de deinformação como esse , aonde tos tem acesso e ver todos os comentarios! meu caro ver se cria vergonha na cara e vai procura o que fazer seu VAGABUNDO.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias