- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

Área de Proteção Ambiental Lago de Santa Isabel no Bico é extinta

MEIO AMBIENTE

Mais Lidas

Após mais de 16 anos, o Governo do Estado extinguiu a Área de Proteção Ambiental (Apa) Lago de Santa Isabel, localizado na região do Bico do Papagaio. O ato foi publicado no Diário Oficial da última quarta-feira, 14, ao revogar o Decreto 1.558, de 1º de agosto de 2002, que instituía a Unidade de Conservação.

O presidente do Instituto Natureza do Tocantins, Marcelo Falcão, explicou que a Unidade de Conservação no Lago de Santa Isabel havia sido criada pela possibilidade da instalação de uma usina hidrelétrica nas proximidades. “A medida foi criada com um objetivo específico que seria a diminuição dos impactos ambientais causados pela possível usina, mas o empreendimento não foi autorizado pelo Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e de Recursos Naturais] e a criação da Apa ficou obsoleta”, destacou.

A Área de Proteção no Lago Santa Isabel foi instituída pelo então governador da época, José Wilson Siqueira Campos, levando a conservação de aproximadamente 186 km². O Lago que seria conservado passa pelos municípios de Ananás, Riachinho, Xambioá, Araguanã.

Para o presidente, a referente Apa não foi de fato implementada após a criação. Isso porque, nesses anos todos, não foi criado um Conselho Gestor nem um plano de manejo, questões importantes para ser considerada de fato uma Área de Proteção.

“Se a usina fosse implantada, mas foi uma medida de antecipação de possíveis efeitos danosos, só que a usina nunca foi instalada, ficou perdida no tempo. Não podemos dizer que houve ganho, nem perda ambiental [com a medida]”, considerou Falcão. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias