Connect with us

Bico do Papagaio

ARTIGO: Perspectivas Econômicas para a região do Bico do Papagaio e o Tocantins

Publicado

em

Prevê-se para o mês de agosto o início das obras de construção do Porto Fluvial no município de Praia Norte (TO), que facilitará o transporte fluvial de cargas entre a região do Bico do Papagaio e o Estado do Amazonas, passando pelo Pará e perfazendo um total de cerca de 2 mil km de vias navegáveis. Em uma segunda etapa o Porto deverá ligar o Tocantins ao Oceano Pacífico, seguindo do Amazonas pelo Equador, Peru e chegando até o mar, o que sem sombra de dúvidas alavancará o Tocantins como importante centro logístico brasileiro, proporcionando a geração de novos negócios, empregos e distribuição de renda para o povo tocantinense, principalmente no Bico do Papagaio.

O Porto de Praia Norte será destinado ao embarque, desembarque e transbordo de mercadorias, e aliado à consolidação do sistema multimodal de transportes em nosso Estado, a exemplo do Centro Logístico da Plataforma Multimodal de Aguiarnópolis, dispondo de armazéns, permitirá a integração das ações do futuro porto fluvial à Ferrovia Norte-Sul, interconectando-os. Dessa forma, ampliar-se-ão os atrativos do Estado, reforçando a importância da navegabilidade do rio Tocantins como alternativa para o escoamento de cargas a nível regional e nacional. O Porto será um dos principais responsáveis pela logística da produção industrial de Manaus, uma vez que o grande problema das mais de 420 indústrias que estão localizadas na Zona Franca é com a distribuição da produção. Atualmente, cerca de 80% da produção industrial do Amazonas passam pelo Tocantins.

Nosso Estado está localizado no centro do país, e com a conclusão da Ferrovia Norte-Sul, bem como a navegabilidade do rio Tocantins, que estará completamente possível com a construção da eclusa do Lajeado, aliado à estrutura rodoviária, trará para o Tocantins parte das mercadorias produzidas nas indústrias do Amazonas. Nesse período prevê-se também a finalização da hidrovia do rio Tocantins, ligando Marabá a Tucuruí e Tucuruí a Barbacena, além das obras de ampliação do Porto de Vila do Conde, em Belém (PA). Assim se fará a nova rota de saída do corredor Centro-Norte para o Atlântico e para as diversas regiões do Brasil.

O sistema rodoviário-fluvial tem custo altíssimo, envolvendo formação de comboios e a organização de escolta armada, resultando em fretes de até R$ 13 mil por transporte de carreta, dependendo do destino. No sistema de navegação fluvial e marítimo, o custo médio para uma carreta é de R$ 2.200,00 na rota Belém-Manaus e na rota Porto Velho Manaus, bem mais em conta. Estudos comprovam que o transporte hidroviário e ferroviário tem menor custo em relação ao rodoviário, meio que é utilizado para escoamento de cargas atualmente. Enquanto se gasta R$ 2,80 por quilômetro de rodovia, a ferrovia fica em R$ 0,74 e a hidrovia chega a R$ 0,23, em média. Este diferencial atrairá investidores de todo o Brasil e do mundo para investir no Tocantins, desde que se focalize na integração das plataformas multimodais com as indústrias.

A construção da plataforma logística no Estado do Tocantins trará uma série de vantagens como entreposto da Zona Franca de Manaus, a saber:

1 – Em dois ou três dias o produto será entregue ao consumidor final das grandes regiões do consumo do país;

2 – Possibilidade de armazenagem mais econômica no Tocantins do que em Manaus ou Belém;

3 – Maior ocupação de caminhões, evitando quilômetros vazios;

4 – Abastecimento favorecido, já que o estoque de suprimentos no Tocantins, além de mais próximo, evitará filas no agendamento de carga em Manaus, com transportes programados partindo da nova plataforma logística.

Entretanto, devem-se planejar as ações elencadas acima não só no enfoque do ganho financeiro e econômico para empresas e governos, mas, sobretudo, no potencial de transformação, para melhor, na vida das pessoas direta e indiretamente impactadas por esses projetos. É imprescindível que o povo do Tocantins, em especial do Bico do Papagaio, tenham acesso às benesses advindas do desenvolvimento econômico que só será sustentável na medida em que proporcionar desenvolvimento humano e social daquela região. Para isso, é preciso a ação de governos fortes, coerentes e dedicados a cuidar das pessoas. (Por: Gilberto Cormineiro – Economista/Especialista em Gestão Pública)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

No Bico, corpos são trocados e presidiário é sepultado no lugar de idoso

Publicado

em

Era por volta de 7h, desta terça, 3, quando o caixão trazido por um carro da Funerária Regional Pax, chegava em Araguatins, vindo do Hospital Regional de Augustinópolis (HRAug), trazendo o suposto corpo do tradicional araguatinense, Osano Luiz dos Santos, de 78 anos. Bastante conhecido na cidade, a morte foi lamentada por muitos. Na noite anterior, Osano teve um mal súbito e foi levado para atendimento emergencial no HRAug, acabou não resistindo.

Entre as intervenções feitas em Osano, na unidade de saúde, estava o exame de Covid-19, que constatou a presença da doença. Com a morte, o corpo passou a obedecer o protocolo Covid, foi levado para a ala destinada a esse tipo de caso e teria de seguir as regras também para sepultamento, que proíbem por exemplo, a realização de velório e abertura do caixão. E assim foi feito, o corpo chegou à Araguatins, nas primeiras horas da manhã, seguiu em cortejo por algumas ruas e seguiu para o Cemitério Municipal, onde foi sepultado.

Quase 1h depois, a família de Osano, recebeu uma ligação do HRAug, pedindo que seja recolhido o corpo do idoso para sepultamento. A informação foi uma surpresa para os familiares, pois já haviam feito o enterro.


Paralelo a isso, na mesma noite de segunda-feira, outro paciente deu entrada no mesmo hospital, este, um detendo da cidade de Tocantinópolis, também no Bico do Papagaio. Ele precisou passar por um procedimento cirúrgico e não resistiu. O corpo, ainda na madrugada, foi colocado a disposição dos familiares, no local destinado para aguardo da retirada, como de fato foi feito, só que pela funerária da família do araguatinense Osano, que sem qualquer controle por parte do HRAug, entrou na unidade e pegou o cadáver errado, levando para Araguatins e sepultando como se fosse o araguatinense.

Também paralelo a isso, logo pela manhã, Polícia Civil e Polícia Penal, começavam a se mobilizar, para saber o que tinha acontecido com o detento, que simplesmente tinha um atestado de óbito, porém havia sumido.

Quando as versões se cruzaram, já era pouco mais de 9h.

O corpo do detento, teve de ser desenterrado e levado de volta à Augustinópolis, para ser entregue a família. E o corpo de Osano, no final da tarde, foi finalmente entregue aos familiares para o enterro.

O HRAug por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disse que lamenta a angústia dos familiares, afirmou que a troca de corpos aconteceu por parte dos profissionais da funerária responsável pelo sepultamento do paciente Osano, mesmo com todos os critérios de identificação seguidos pela equipe hospitalar. Disse ainda, que a direção do HRAug reforçará as orientações para que situações parecidas não se repitam.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ANANÁS: Enteado tenta matar padrasto com golpes de faca

Publicado

em

A Polícia Militar prendeu na manhã desta terça-feira, 03, por volta das 08h, na cidade de Ananás, um homem de 26 anos, suspeito de assassinar o próprio padrasto. Em poder do indivíduo os policiais militares apreenderam uma arma branca, tipo facão usada na ação criminosa.

O crime ocorreu no final da noite de segunda-feira, 02, por volta das 23h30, no povoado São Raimundo, município de Ananás. Após tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Militar deslocou ao local. De acordo com as informações repassadas à PM pelas testemunhas, a vítima, um senhor de 57 anos, estava dormindo numa rede, em sua residência, quando o acusado, que é seu enteado, desferiu vários golpes de arma branca (facão). 

De acordo a Perícia, a vítima sofreu 13 perfurações. Testemunhas informaram também que o autor havia tomado rumo ignorado de posse do facão. Durante toda noite, a PM realizou diligências nas imediações, no sentido de localizar e prender o acusado e através de informações de populares ele foi localizado as margens da Rodovia TO – 416, ainda de posse da arma usada para cometer o crime. 

O acusado recebeu voz de prisão, sendo conduzido primeiramente ao Hospital Municipal de Ananás para os atendimentos em razão de alguns ferimentos leves, e em seguida será encaminhado à Central de Flagrantes em Tocantinópolis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Morre tradicional araguatinense Osano

Publicado

em

Faleceu na noite desta segunda-feira, 2, o araguatinense Osano Luiz dos Santos, de 78 anos. Bastante conhecido em Araguatins, principalmente por seu apreço pela política, ele era considerado uma figura folclórica apaixona pelo MDB.

A previsão de sepultamento é para amanhã desta terça, dia 3.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze