Connect with us

Maranhão

Assinada ordem de serviço para ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário

Publicado

em

Em cinco anos São Luís deverá ter seu sistema de tratamento sanitário ampliado de 10% para 90% de cobertura. Essa é a perspectiva do projeto de ampliação dos Sistemas de Esgotamento Sanitário de São Luís, que teve sua primeira fase iniciada na manhã desta quarta-feira (18), com a assinatura da ordem de serviço para a implantação e ampliação dos sistemas correspondentes aos lotes das bacias Anil e Vinhais, e parte da bacia do São Francisco.

A governadora Roseana Sarney, acompanhada do secretário de Estado da Saúde (Ses), Ricardo Murad e do presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), João Moreira Lima, assinou a ordem de serviço para execução das obras da etapa inicial do projeto, que deve ser finalizada em até 18 meses, e deve ampliar os índices de coleta e afastamento para 52%, e o de tratamento para 30% (a coleta é o recebimento dos detritos à porta dos domicílios que os descartam; e afastamento é o ato de conduzi-los por via subterrânea, até seu destino, na estação de tratamento).

As obras fazem parte da Etapa I do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) com o objetivo de melhorar a coleta e o tratamento de esgotos na capital. Os recursos destinados à execução são oriundos do Governo Federal, por meio do PAC I, com a contrapartida de 20% do Governo do Estado.

O ato de assinatura foi realizado na área onde está sendo construída a Estação de Tratamento de Esgotos do Vinhais, no bairro Recanto dos Vinhais. Também estiveram presentes na solenidade de assinatura, o secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema), Vítor Mendes, o coordenador do PAC – Maranhão, Nelson Almada, além de secretários de Estado e técnicos da Caema.

A governadora Roseana Sarney ressaltou a importância da iniciativa. “É um dia muito feliz para todos nós. Estamos reiniciando o nosso programa de tratamento de esgoto da capital. Essa primeira etapa já foi iniciada, e até o fim da terceira etapa nós teremos praticamente toda a cidade contemplada com o sistema”, destacou.

Projeto

O projeto completo de ampliação do Sistema de Esgotamento de São Luís divide-se em três etapas: a Etapa I corresponde à extensão das bacias Vinhais e Anil; a Etapa II diz respeito a expansão do sistema (o projeto executivo desta etapa já está em processo licitatório); e a  Etapa III, trata da instalação das bacias do Turu e do Geniparana.       Atualmente o sistema de esgotamento de São Luís conta com as Estações de Tratamento do Bacanga e do Jaracaty, insuficientes para a crescente demanda na capital.

Com as obras do PAC, cerca de 300 mil habitantes serão beneficiados somente na primeira fase. O investimento total previsto gira em torno de R$ 756 milhões, sendo R$ 124 milhões para a primeira etapa, R$ 252 milhões para a segunda, e R$ 380 milhões na Etapa III.

Benefícios esperados

Com a ampliação do sistema, além da ampliação da cobertura de esgotamento sanitário se expandir dos 10% atuais para 90%, o Governo do Estado espera ainda, reduzir a incidência de doenças de origem hídrica, reduzindo a mortalidade infantil; maior despoluição ambiental e melhorias nas condições de banho na orla da capital; elevação da qualidade de vida e salubridade em São Luís; e melhorias das condições de urbanização pela implantação de serviços urbanos adicionais, como drenagem e pavimentação.

De acordo com o coordenador do PAC no Maranhão, Nelson Almada, paralelo aos trabalhos de infraestrutura sanitária, existe um trabalho de cunho social atrelado ao projeto, que prevê a realização de oficinas de educação ambiental e sanitária, que deverão ser oferecidas às comunidades nas associações comunitárias localizadas nos entornos das obras.

Para o secretário Ricardo Murad, esse é um projeto grandioso, que colocará São Luís em 3º lugar no ranking das capitais brasileiras com o melhor sistema de tratamento sanitário. “Nós já temos hoje 48% de rede de coleta e afastamento de esgoto. Nós já temos assegurado o recurso do Governo Federal para a Etapa II, que deverá ampliar em 60% a cobertura de tratamento de Esgoto da capital. A etapa III já dispõe de recurso e o projeto executivo já está em fase final. Será o coroamento do projeto, quando nós atingiremos a universalização do tratamento de esgoto em São Luís”.

Sobre as condições de balneabilidade das praias, Ricardo Murad frisou que estudos técnicos estão sendo realizados por equipes da Caema e da Sema para equacionar o problema, mas garantiu que a poluição não será permanente, uma vez que a capital maranhense conta uma orla oceânica e, portanto, de difícil poluição integral.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Maranhão

IMPERATRIZ: Estão abertas as matrículas para novos alunos da Educação Infantil

Publicado

em

Conforme cronograma da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o período de matrículas da rede municipal de ensino, de novos alunos para a Educação Infantil, iniciou nesta segunda-feira (17). O prazo para a pré-matricula será até 21 de janeiro e as inscrições pelo site da Prefeitura https://imperatriz.ma.gov.br/portaldoaluno.

Esta etapa é direcionada apenas aos estudantes de creches e pré-escolas, com idade escolar de até cinco anos e que nunca foram alunos em escolas do Município.

As famílias com filhos nessa faixa etária, que desejam ingressar no ensino público, ao realizar a pré-matrícula no site, deverão seguir o passo a passo do cadastro e ficar atentas para ao final do processo até concluir o cadastro. “Para ter acesso ao cartão de confirmação da pré-matricula, o responsável deve clicar no botão concluir para finalizar de forma adequada todo o procedimento no sistema”, orientou José Antonio Pereira, secretário de Educação.

Finalizado cadastro no sistema os pais ou responsável deve encaminhar-se à escola pretendida e entregar documentação de imediato. “O processo só é confirmado ao cumprir essa etapa de entrega de documentos. Por isso, os pais devem ficar atentos e confirmar a matrícula na escola”, frisou o prefeito Assis Ramos.

A Semed ressalta que para os casos de erro no sistema, o departamento Geduc estará disponível para atendimento presencial. Basta encaminhar-se a Semed, localizada na Rua Urbano Santos, 1657, bairro Juçara.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Prefeitura vistoria bairros afetados pelas chuvas

Publicado

em

Depois das intensas chuvas neste final de semana em Imperatriz, o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, realizou na manhã desta segunda-feira (17) vistoria para verificar os estragos provocados pela enxurrada que danificou pavimento asfáltico, drenagens profundas e erosões em vias urbana e na estrada de acesso ao povoado Cacauzinho.

Ele disse que “a orientação do prefeito Assis Ramos é que sejam feitas ações emergenciais para diminuir os estragos provocados pelas chuvas, principalmente neste final de semana”. “A situação se agravou em alguns pontos que identificamos, mas vamos colocar no cronograma de obras dessa semana para fazer a devida recuperação, garantindo a melhoria das vias urbanas”, assegurou.

Zigomar Filho observou que vários pontos de drenagem profunda não suportaram o grande volume d’água, acabando abrindo erosões no leito dos riachos e verdadeiras crateras em algumas ruas dos bairros. “A estrada de acesso ao povoado Cacauzinho acabou sendo danificada; também na Avenida São Sebastião, na Vila Nova, por causa da bacia do riacho Bacuri e ainda na grande Cafeteira”, disse.

O secretário observou ainda a abertura de uma cratera na Vila União, no Bom Jesus. A força da água transbordou pela via e arrastou manilhas do sistema de drenagem pluvial no bairro. “Vamos ampliar essa rede de drenagem profunda para dar maior vazão d’água e reduzir esse transtorno causado à população nesse bairro da cidade”, pontou.

Recuperação de vias

Zigomar Filho também iniciou a semana de trabalho vistoriando todas as ações de recuperação da malha viária urbana e destacou que, caso haja condições climáticas, será ampliada a execução dos serviços para recuperar o mais breve possível ruas e avenidas afetadas pelas chuvas em Imperatriz. (Gil Carvalho)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Anunciada obra de reforma do Estádio Municipal Frei Epifânio

Publicado

em

Foi anunciada na manhã desta segunda-feira (17), obra de reforma do estádio Municipal Frei Epifânio D`abadia. A Prefeitura de Imperatriz, por meio do secretário de Esporte, Lazer e Juventude (Sedel-Juv), Luiz Gonzaga Pereira de Suza, acompanhou a vistoria feita pelo Governo do Estado, com a presença do secretário sdjunto, da Sinfra Estadual, Jonas Alves. Acompanharam o secretário os engenheiros: André Gustavo Moraes, arquiteto da Concremat, empresa responsável pela obra e Vilmar Dantas, engenheiro chefe da Regional da Sinfra Estadual em Imperatriz.

De acordo com o que foi informado pelo secretário adjunto, Jonas Alves, “o Governo do Estado já finalizou o laudo técnico que garante que a estrutura de concreto do local, onde aconteceu a queda da cobertura, não está comprometida, portanto vão ser feitas a troca da cobertura, iluminação, com a substituição das lâmpadas atuais por Led, elevador e outros”.

Ficou definido, de comum acordo entre a Prefeitura de Imperatriz e Governo do Estado, que a obra será iniciada em fevereiro de 2022, com duração de 90 dias.

O secretário Luiz Gonzaga Pereira Sousa, destacou que mediante as cobranças feitas pela Prefeitura por meio da Sedel, hoje o secretário adjunto, Jonas Alves, veio definir o início da reforma do Frei Epifânio.

“Hoje recebemos a visita do sub-secretário da Sinfra do Estado, Jonas Alves, que veio nos dar satisfações diante das cobranças que fizemos, quanto ao início da obra de reforma e ele de antemão nos atendeu. Nosso desejo é que a reforma fosse total, mas entendemos as dificuldades, por isso será feita por etapa. Primeiro essa parte que foi danificada, que atende cobertura, com pintura e cabines, como também troca das lâmpadas atuais, por led”.

Parte da Cobertura do Estádio Frei Epifânio da Badia, veio abaixo, no dia 28 de agosto 2021, quando da partida entre Imperatriz e 4 de Julho, a última válida pelo Campeonato Brasileiro Série D. Uma forte chuva, inclusive com queda de granizo, acompanhado por ventos que atingiram cerca de 150 km por hora, fato atípico para a região, derrubaram parte da cobertura das cadeiras do Frei Epifânio. Na ocasião, foi um verdadeiro pânico para os jogadores e demais componentes das duas equipes e profissionais da imprensa que estavam trabalhando no jogo. Felizmente, aconteceram apenas danos materiais. (Dema de Oliveira)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze