NOTA DE REPÚDIO

A Associação dos Veículos de Comunicação do Tocantins- AVECOM vem a público repudiar tentativas criminosas e sorrateiras de prejudicar o trabalho da imprensa tocantinense através de Fakenews e até com uso de falsidade ideológica. Vamos aos fatos:

Nesta quarta-feira, 23, veículos filiados à AVECOM assim como outros do Tocantins receberam um e-mail com assinatura de um suposto assessor do PSL no Tocantins, com um material com linguagem e formatos jornalísticos. Após a divulgação do material, o partido alegou que não partiu de lá a matéria, tampouco o suposto assessor prestava serviço para a agremiação.

Para a AVECOM, atitudes como essa atingem e atrapalham o trabalho dos veículos de comunicação. E vamos tomar todas as medidas cabíveis no âmbito cível e criminal contra esta tentativa de enganar os veículos de comunicação do Tocantins que trabalham diariamente para informar com qualidade e credibilidade a população tocantinense.

A AVECOM lamenta o uso de estratégias sorrateiras, por pessoas inescrupulosas, que visam atrapalhar e confundir o trabalho dos veículos de comunicação com o intuito de terem atendidos seus interesses escusos.

A AVECOM defende o exercício do jornalismo profissional no Tocantins e espera que o PSL Tocantins, que alega não ter envolvimento com o episódio e se coloca como mais um vítima de todo esse imbróglio, tome todas as medidas jurídicas cabíveis para que as autoridades policiais cheguem à verdade dos fatos e encontrem os culpados por esse crime, que atenta contra toda a imprensa tocantinense.

A DIRETORIA
AVECOM – ASSOCIAÇÃO DOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DO TOCANTINS

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.