- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

Atletas de Buriti e Augustinópolis se destacam no JET’s

Mais Lidas

Vários atletas-estudantes do Bico do Papagaio participaram durante este final de semana dos confrontos das finais dos Jogos Estudantis do Tocantins (JET’s) na categoria 12 a 14 anos, considerando-se, na ocasião, as modalidades basquetebol, futsal, handebol e voleibol. Agora, com a definição das equipes campeãs, os tocantinenses já sabem quem serão os alunos-atletas que os representarão nas Olimpíadas Escolares, maior evento esportivo do Brasil entre alunos, que este ano acontece entre os dias 6 e 15 de setembro, em Poços de Caldas, Minas Gerais.

Integrante da equipe de handebol do Colégio Estadual Buriti, de Araguatins, Samyla Nascimento Maciel, depois de três outras participações nos Jets, comemorou muito a conquista do título de campeã nesta edição. “Estou feliz demais pelo título, pois já estamos no ‘quase-lá’ há três anos, tanto que no ano passado ficamos em segundo lugar.

Ao contrário do que a maioria pensa, as vitórias na vida não se dão apenas com uma primeira colocação em determinada disputa. Consciente disto, Thiago Morbach, aluno-atleta da equipe de futsal da Escola Estadual Leônidas Gonçalves Duarte, de Araguatins, não negou a frustração e nem a certeza de que muito cresceu com ela. “Nós começamos tão bem o jogo, vencendo por 1 a 0, e fechamos o segundo tempo já em baixa, com a virada deles (Centro Educacional Frei Antônio, de Tocantínia) por 2 a 1. A partir dali a gente perdeu a cabeça, não se organizou mais, e não tem time que ganhe assim, tanto que levamos mais cinco gols e não fizemos mais nenhum. Estamos bem tristes, mas conversamos e sabemos que vamos voltar mais fortes e experientes no ano que vem; vamos lutar novamente pelo título”, afirmou, convicto, o jovem.

Para a presidente do Comitê Organizador dos Jets, Waltineth Pereira Lima Neves, uma das metas dos jogos é justamente ser um parceiro da Educação na formação de cidadãos e experiências do gênero colaboram muito com isto. “É claro que é muito bom conquistar a primeira colocação, a medalha de ouro, mas antes disto é importante que eles saibam que podem sonhar com tudo. Que com dedicação eles podem alcançar, no esporte e na vida, aquilo que desejam, sempre de forma limpa, honesta, sabendo ganhar e perder. O esporte dentro das escolas ajuda na transmissão destes princípios, formando cidadãos melhores”, disse a educadora.

Já no futsal feminino as alunas-atletas da Escola Estadual Augustinópolis conquistaram o título e a vaga nas Olimpíadas.

A equipe vencedora do handebol feminino foi a do Colégio Estadual Buriti, de Buriti do Tocantins. No masculino vai para as Olimpíadas o time do Colégio Estadual Batista de Palmas.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias