Connect with us

Geral

Atriz pornô Emanuelly Raquel revela como ficou milionária sendo “influencer sexual”

Publicado

em

Uma boneca de luxo e humildade. Uma profissional de sucesso e de muito pé no chão. No auge dos seus 31 anos, Emanuelly Raquel tem hoje o que muitos se empenham à vida para ter: milhões na conta bancária. O plano era se tornar veterinária, mas essa ideia ficou para trás quando os primeiros milhares de reais chegaram e o sonho de ajudar a família falou mais alto. Hoje, dona de uma fortuna milionária, a atriz, videomaker e youtuber de conteúdo adulto investe o que ganha em imóveis, dá uma vida a familiares, sustenta algumas manias e planeja, no futuro, viajar o mundo com o que “sobrar”. 

“Tenho cinco imóveis atualmente, mas este ano pretendo adquirir mais um. O primeiro (imóvel) que investi foi o que moro, em Balneário do Camboriú (SC). Comprei logo que comecei a ganhar dinheiro de verdade. Outros dois são para minha família morar”, conta. A atriz também é dona de um galpão industrial na cidade catarinense que lhe rende um dinheiro a mais todo mês com aluguel. “Quero comprar mais galpões assim. São um bom investimento financeiro”, revela. 

Só de material erótico produzido pela jovem rende, em média, R$ 90 mil mensais. “Não é um valor exato, podemos dizer que gira de R$50 a R$ 90 mil”, pontua. Apenas no Only Fans – plataforma que atua com acesso exclusivo a maiores de 18 anos – a atriz ganha U$ 15,99 por cada assinatura mensal. “Tenho mais de mil assinantes”, conta.

Uma peculiaridade de Emanuelly Raquel é que o contato com outro ser humano, da maneira que se habitua no ramo dela, nunca aconteceu. O fruto do trabalho vem apenas pelas redes. Das telas do celular ou computador, os milhões de fãs idólatras de suas mais variadas performances pagam o preço que ela estipular. “Sou influenciadora sexual digital”, brinca. “Minha profissão é atriz e videomaker, também produzo conteúdo para Pornhub, Xvideos, Manyvids, além de vídeos para um canal de Asmr no YouTube e TikTok”, detalha. “Recebo muitas propostas para encontros pessoais e programas, mas não tenho interesse, gosto de me relacionar apenas virtualmente”, esclarece.

“Pode parecer meio bobo da minha parte, mas como influenciadora quero acrescentar coisas boas para as pessoas. Tenho alguns lemas, como humildade, gratidão e quero mostrar para elas que se eu consigo realizar meus sonhos, elas também conseguem”, comenta. “Talvez meu diferencial é que faço questão de tratar todas as pessoas com o máximo de carinho e respeito, eu sou verdadeiramente muito grata a cada um que me segue”, completa.

Além de investir em materiais do trabalho, como equipamentos de filmagem, acessórios eróticos, lingerie e fantasias de personagens de animes (sua especialidade é fazer cosplays sensuais), o salário da atriz também é destinado ao que ela mais gosta. Um hobby peculiar, sofisticado e, um tanto quanto caro.

“Gosto  de colecionar guitarras e amplificadores vintages”, revela. “Não tem nada a ver com ostentação ou ser  materialista, até porque, para mim, riquezas de verdades são as que a gente tem no coração.

A jovem sabe que o mercado erótico ainda é rodeado de tabus, preconceitos e machismo, mas, apesar disso, afirma não se incomodar com opinião alheia. “Não consigo pensar em nada que minha profissão me impeça de fazer. Talvez tocar minhas guitarras, porque se eu deixar as unhas curtas muitos dos meus seguidores vão ficar bravos (risos) e se as deixo longa, posso estragar as escalas das guitarras, e algumas são meio caras”, brinca. 

Sobre a atriz

Pioneira no Brasil no ramo do entretenimento adulto virtual, Emanuelly Raquel, de 31 anos, é uma das principais atrizes, videomakers e youtubers do mundo. Seus vídeos, divulgados nas principais plataformas do segmento, já atingiram milhões de visualizações com usuários de diferentes países. Veja mais aqui.

(Fabiano de Abreu)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Geral

Concurso do Banco do Brasil tem inscrições prorrogadas até 7 de agosto

Publicado

em

As inscrições para o concurso de 4.480 vagas do Banco do Brasil foram prorrogadas. O prazo vai até dia 7 de agosto. Serão 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e Distrito Federal. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta.

Existem vagas para o Bico do Papagaio, nos municípios de Araguatins, Tocantinópolis, Augustinópolis, Xambioá, Sítio Novo e Ananás.

As inscrições foram adiadas para todos os candidatos, e devem recomeçar nesta quinta, dia 29. Assinada pelo vice-presidente do Banco do Brasil, Ênio Mathias, e pelo diretor do banco, Thiago Borsari, a retificação do edital determina que as inscrições devem ocorrer entre 29 de julho e 7 de agosto. O prazo para solicitação da isenção deve ser requisitada até o dia 2 de agosto

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda auxilio refeição de R$ 831,16 por mês e, concede cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87. Participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar também são benefícios oferecidos. 

Continue lendo

Geral

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de medicamento contra a Covid-19

Publicado

em

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu o pedido de uso emergencial do medicamento Sotrovimab, um anticorpo monoclonal para tratamento da Covid-19. O remédio não teve estudos clínicos conduzidos no Brasil até o momento, o estudo que suporta o pedido foi realizado globalmente e recrutou 1062 participantes, sendo 22 em centros de pesquisa brasileiros.

O diretor geral de medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, explicou a ação do medicamento. “É um anticorpo, que é fabricado em laboratório para fazer a mesma função que um anticorpo produzido naturalmente, ou seja, neutralizar o vírus. E a proposta da empresa é que esse anticorpo consiga prevenir a hospitalização e mortes em até 85% se aplicados naqueles casos leves a moderados”, disse.

Os anticorpos são proteínas produzidas no organismo que ajudam o sistema imunológico a combater vírus, bactérias e câncer por meio do reconhecimento de antígenos. Com o avanço da biotecnologia, foi possível produzir em laboratório anticorpos monoclonais, ou seja, específicos para uma única região do antígeno.


A nova tecnologia tornou os anticorpos monoclonais importantes ferramentas de diagnóstico em diversos exames laboratoriais. Mais recentemente, os anticorpos monoclonais também têm sido aplicados de maneira promissora na terapia de diversas doenças, sendo largamente utilizados para o tratamento de diversos tipos de câncer.

No caso do coronavírus, o medicamento deve ser usado nos primeiros estágios da infecção. A FDA (Food and Drug Administration, autoridade sanitária dos EUA) aprovou o uso emergencial do Sotrovimab em 26 de maio.

Análise e prazo

O prazo de análise do pedido de uso emergencial do medicamento no Brasil é de 30 dias e não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, ou seja, quando o laboratório precisa responder questões técnicas feitas pela agência dentro do processo.

Segundo o infectologista do Hospital Anchieta de Brasília, Cesar Carranza, além das vacinas, outros medicamentos que estão no radar para o tratamento do coronavírus são justamente os anticorpos monoclonais. “Os outros medicamentos tem um mecanismo de ação parecido, eles bloqueiam a ação do coronavírus nos primeiros momentos da infecção. Tem o casirivimabe imdevimabe, tem o banlanivimabe etesevimabe. São medicamentos com nomes bastante difíceis até de pronunciar que são as terapias mais promissoras do momento”, afirmou. 

A análise é feita por uma equipe multidisciplinar que envolve especialistas das áreas de Registro, Monitoramento e Inspeção de medicamentos. A equipe vem atuando de forma integrada em todos os processos de avaliação de medicamentos e vacinas para combate à Covid-19. (Brasil 61)

Continue lendo

Geral

Tocantins e Maranhão pretendem criar roteiro turístico integrando Jalapão e Chapada das Mesas

Publicado

em

O Parque Nacional da Chapada das Mesas é uma unidade de conservação que abrange 160 mil hectares de Cerrado nos municípios de Carolina, Riachão e Estreito.

Na região do Jalapão, existem áreas de conservação para garantir a preservação da fauna e flora do cerrado. Uma delas é a Área de Preservação Ambiental (APA) do Jalapão, com 461 mil hectares, que abrange parte dos municípios de Mateiros, Novo Acordo e Ponte Alta do Tocantins. A APA abriga um dos principais atrativos turísticos da região, a Cachoeira da Velha.

A região também conta com o Parque Estadual do Jalapão, que abrange uma área de quase 160 mil hectares no município de Mateiros. É o maior parque estadual do Tocantins e sua vegetação é predominantemente de cerrado e campo limpo com veredas.

A rota turística do Jalapão dispõe de cenários ideais para o ecoturismo e o turismo de aventura com suas dunas, serras, cachoeiras, rios e corredeiras.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze