Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Acadêmicos da Unitins fazem apelo por construção de sede

Publicado

em

Na manhã dessa segunda-feira, 19 de agosto, foi enviado para todos os deputados estaduais, federais, senadores e, inclusive, o governador do estado do Tocantins o apelo abaixo em prol da construção do campus da Unitins na cidade de Augustinópolis, no Bico do Papagaio.

Os acadêmicos alegam que passa por muitos transtornos com a situação precária, utilizam a estrutura física do Colégio de Polícia Militar.

Com a palavra os acadêmicos:

“Excelentíssimos Senhores Deputados, Senadores, Governador e quem possa ajudar, tenho um apelo a fazer:

A Universidade Estadual do Tocantins – UNITINS CAMPUS Augustinópolis, atende estudantes de toda a Região do Bico do Papagaio, localizada no extremo norte do estado, composta por 25 municípios. No dia 21 de Agosto completa 5 anos de credenciamento oficial, 5 anos de luta, dificuldades, mazelas e descaso. A UNITINS CAMPUS Augustinópolis, tem CAMPUS só no nome, pois nossas aulas acontecem na precária e antiga estrutura do Colégio de Polícia Militar – CPM do município, escola de ensino fundamental, com crianças correndo pelos corredores o tempo todo, inclusive aos sábados e à noite, bem longe de se parecer com um CAMPUS universitário.

Estamos enfrentando muitos problemas por aqui, pois, além da estrutura não ser adequada, não temos autonomia, para realizar nossas atividades estudantis. Estamos aqui de favor, atrapalhando a rotina dos funcionários e alunos do CPM, que necessitam executar suas atividades recreativas, físicas, musicais e treinamentos militares constantemente produzindo ruído excessivo durante nosso período na instituição atrapalhando nossas aulas e o processo de ensino e aprendizagem.

Entendo que o CPM não tem culpa de nada e nem deve parar com suas atividades por nossa causa, muito pelo contrário, suas atividades devem ser incentivadas e não reprimidas, a escola também é de extrema importância para a rede de ensino do município, nós é que estamos aqui parasitando a sua estrutura física, incomodando seus funcionários e alunos, consumindo seus recursos, móveis e equipamentos, tendo que relevar uma série de situações que nos atrapalham e prejudicam, além de inúmeros outros problemas que não cabe tratar aqui, pelo simples fato de não termos um CAMPUS próprio.

Temos um futuro incerto, estamos aqui sob constante ameaça de sermos despejados a qualquer momento e nos sujeitamos a tudo isso por que não temos nosso próprio CAMPUS, apesar de existir um terreno doado para construí-lo. Esperamos ansiosos pelo dia em que, pelo menos, a pedra fundamental para o início das obras de nosso CAMPUS seja implantada no terreno destinado para sua construção.

Na contramão de tudo isso, produzimos excelentes resultados, temos excelentes professores, coordenadores e diretores, excelentes projetos de pesquisa, excelentes programas de apoio à sociedade, excelentes índices de aprovação na OAB, fomentamos a educação de qualidade para a região, através de grandes sacrifícios e em condições precárias de estrutura, iluminação, ventilação e acústica, por não termos o nosso próprio CAMPUS, tão merecido.

Senhores, ouçam esse apelo, estamos padecendo esquecidos, olhem por nós, ajudem a Região do Bico do Papagaio, estamos cansados de parasitar as instalações do Colégio de Polícia Militar de Augustinópolis, estamos cansados de descaso, é extremamente desestimulante termos aulas nessas condições e nos sujeitarmos a tudo isso, os índices de evasão estudantil é cada vez maior, resultado das péssimas condições de estudo.

A UNITINS CAMPUS Augustinópolis é de extrema importância para a educação de nível superior da região e carece de atenção e cuidados, a população necessita, estamos aqui para colaborar com o desenvolvimento do estado e, principalmente com a Região do Bico do Papagaio, nos deem um CAMPUS de verdade nos deem condições dignas de estudo. Nos ajudem.”

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SAMPAIO: Arma de fogo e munições são apreendidas

Publicado

em

A Polícia Militar apreendeu na madrugada desta segunda-feira, 26, no centro de Sampaio, Norte do Estado, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. A arma apreendida é suspeita de pertencer a dois indivíduos, entre eles, um menor de idade, acusados de praticarem roubo de aparelho celular naquela cidade.

A guarnição da PM realizava patrulhamento quando recebeu informação por parte das vítimas comunicando que dois homens armados de revólver haviam acabado de roubar seus aparelhos celulares. Uma das vítimas ainda chegou a entrar em luta corporal com um dos criminosos.

Com a chegada da PM, os autores abandonaram o revólver no local e conseguiram fugir por um matagal próximo. A guarnição realizou diligências, mas ninguém foi localizado. A dupla conseguiu subtrair das vítimas aparelhos celulares e carteira com documentos pessoais. A arma e munições foram apresentadas na Delegacia de Polícia para as demais providências.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: TRE adia para quinta, decisão sobre recurso de Rocha Miranda

Publicado

em

A expectativa de aliados, candidatos a vereador e eleitores de Rocha Miranda (PTB), foi frustrada na tarde desta segunda, 26, com o adiamento da votação do recurso que a Coligação “De Volta ao Progresso”, apresentou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pedindo a reforma da decisão de primeira instância, que indeferiu o pedido de registro para a disputa da Prefeitura Municipal.

O recurso começou a ser examinado na sessão da manhã, e um voto chegou a ser proferido. Foi da relatora do processo, juíza Ana Paula Brandão, que chegou a elogiar a decisão de José Carlos Tajra Reis Júnior, juiz da 10ª Zona Eleitoral, que indeferiu o registro de Rocha Miranda e votou pela confirmação do indeferimento.

Em seguida, o juiz Marcelo Cordeiro, pediu vistas do processo, por conta de dúvidas sobre um ponto do relatório e acabou pedindo mais tempo para estudar a situação, prometendo regressar na pauta da tarde.

De fato, o que aconteceu, foi que o recuso de Rocha Miranda e outros, acabaram não entrando na pauta da tarde, desta segunda e acabaram sendo postergados para julgamento na sessão da manhã de quinta, 29.

Enquanto isso, os rochistas seguem em tensão, sem a definição da situação e com a campanha praticamente parada.

Ao todo, são 7 juízes que votarão no processo. A juíza Ana Paula Brandão, já deu seu voto pelo indeferimento, restam outros 6 magistrados.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Com 1 voto pelo indeferimento de Rocha Miranda, juiz pede vistas e julgamento será retomado ainda nesta segunda

Publicado

em

Esta segunda-feira, 26, é um dia decisivo para a Coligação “De Volta ao Progresso”. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), começou a analisar o recurso do candidato Rocha Miranda (PTB), que pede a revisão do julgamento em primeira instância, que indeferiu seu pedido de registro, por conta de condenação de dano ao erário público, ainda quando prefeito.

O pedido de impugnação foi feito pela Coligação “Juntos Por Araguatins”.

A análise do recurso começou na manhã desta segunda, e já recebeu um voto pela confirmação da sentença de primeira instância, proferida pelo juiz da 10ª Zona Eleitoral, José Carlos Tajra Reis Júnior. O voto na sessão de hoje, no TRE, foi dado pela relatora, juíza Ana Paula Brandão, que elogiou a decisão de Tajra.

No segundo voto, que seria do juiz Marcelo Cordeiro, ele pediu vistas do processo, por conta de dúvidas sobre um ponto do relatório e acabou pedindo mais tempo para estudar a situação. Cordeiro deve retornar o processo para pauta, na sessão das 17h, ainda desta segunda.

Continue lendo
publicidade Bronze