Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Advocacia Voluntária Itinerante da Unitins é premiado em Brasília

Publicado

em

O Núcleo de Advocacia Voluntária Itinerante (Navi), projeto do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) do Câmpus Augustinópolis, da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), foi agraciado com a segunda colocação no 16º Prêmio Innovare, maior premiação de boas práticas do judiciário brasileiro. O Navi concorreu com mais de 600 propostas.

A solenidade aconteceu na manhã desta terça-feira, 3, no Salão Branco do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. A Unitins foi representada pela vice-reitora, professora Darlene Castro, pela coordenadora do curso de Direito do Câmpus Augustinópolis, professora Sarah Lima, e pelo coordenador do NPJ e do Navi, professor Irineu Vagner Junior Valoeis.

Em atividade desde outubro de 2018, o Navi tem como objetivo oferecer atendimento jurídico a pessoas carentes do município de Augustinópolis e região e conta com a participação dos professores do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e dos acadêmicos matriculados nas disciplinas de Estágio Supervisionado.

“Por ser a maior premiação do judiciário brasileiro, estamos extremamente felizes em participar da final e receber a placa de prêmio homenageado da categoria advocacia. Isso reforça que o trabalho está sendo bem feito e leva o nome da Unitins para o cenário nacional. O Navi é um entre tantos projetos de extensão executados pela IES que contribuem com o desenvolvimento da comunidade carente do Bico do Papagaio e continuaremos trabalhando para sua continuidade”, afirmou Valoeis.

Para a coordenadora do curso de Direito, professora Sarah Lima, é um momento de grande alegria. “O reconhecimento do Navi em âmbito nacional nos deixa muito felizes pois é o reconhecimento de um trabalho desenvolvido por alunos do Curso de Direito em parceria com os Professores do NPJ que brilhantemente levam atendimento jurídico gratuito a toda comunidade carente do bico do papagaio”.

A vice-reitora, professora Darlene Castro, destaca que “ter a oportunidade de ser um dos finalistas do Prêmio Innovare já é motivo de muito orgulho para a Unitins, pois foram inscritos mais de 600 propostas! Parabenizo ao professor Irineu Valoeis, coordenador do projeto de Extensão Navi, a coordenadora do curso de Direito, Sarah Lima, do Câmpus de Augustinópolis, e todos os acadêmicos e professores envolvidos. Projetos como esse reforçam ainda mais o nosso papel como uma universidade pública, de qualidade e que deve beneficiar a sociedade”.

Instituto e Prêmio Innovare

O Instituto Innovare é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivos principais e permanentes a identificação, premiação e divulgação de práticas do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública e de advogados que estejam contribuindo para a modernização, a democratização do acesso, a efetividade e a racionalização do Sistema Judicial Brasileiro.

Desde a primeira edição, em 2004, o Prêmio Innovare tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. Participam das Comissão Julgadora do Innovare ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque interessados em contribuir para o desenvolvimento do nosso Poder Judiciário.

O Conselho Superior é composto por associações representativas de grande prestígio no mundo jurídico, como Associação de Magistrados Brasileiros, Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Associação Nacional dos Defensores Públicos, Associação dos Juízes Federais do Brasil, da Associação Nacional dos Procuradores da República, da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho e Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, além do Ministério da Justiça por meio da Secretaria Nacional de Justiça e Cidadania, do ex-ministro do STF, Carlos Ayres Britto, e do jornalista Roberto Irineu Marinho, presidente do Grupo Globo.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Rio Tocantins recua e algumas famílias começam a voltar para casa

Publicado

em

Moradores que ficaram desabrigados ou desalojados por causa das enchentes começaram a voltar para casa em São Miguel, no Bico do Papagaio. Isso porque o nível do rio Tocantins baixou cerca de quatro metros nos últimos dias.

Por outro lado, ainda há muitos moradores em abrigos públicos na cidade. Há quase 30 dias, a cidade sofre com a cheia. O rio chegou a subir cerca de 11 metros, desabrigando 233 famílias, que estão alojadas em 15 locais fornecidos pela prefeitura.

“A gente retirou esse pessoal para abrigos públicos e a gente tem dado toda a assistência, como alimentação, assistência médica. Fornecemos tanto alimentação pronta, como cestas básicas para aquelas famílias que foram desalojadas e não estão em abrigos públicos”, explicou o coordenador de incidência Paulo da Silva Pereira.

Com essa baixa, a travessia feita de balsa entre São Miguel e Imperatriz voltou a ser feita normalmente. O serviço tinha sido suspenso porque não havia lugar para que a embarcação pudesse ancorar.

Em vários pontos da cidade, a vida começa a voltar ao normal. A principal rua do bairro Bela Vista não está mais alagada, no entanto há muitos estragos causados pela cheia.

O que restou dos móveis está acumulado na frente das casas. Um estabelecimento foi interditado porque pode desmoronar. Mesmo o rio tendo baixado, a orientação da defesa Civil é que as famílias não retornem ainda para as residências.

“Ainda temos o risco de essa água voltar a subir e afetar novamente os moradores. A Defesa Civil está trabalhando na prevenção, tentando conscientizar a população para que não retorne agora até porque juntamente com a Secretaria de Saúde, vai ser iniciado o trabalho de dedetização das residências e das ruas que foram afetadas pela inundação”, explicou o secretário da Defesa Civil, Gustavo Enes.

Mesmo assim, alguns moradores têm retornado. O nível que a água chegou na casa do servidor público Jésser Oliveira está marcado nas paredes. Por 15 dias ele ficou na casa de parentes, mas agora que o rio está baixando, resolveu voltar.

“Não me sinto seguro, mas como a gente está de favor na casa de parentes, eu optei por voltar, na esperança de que o rio não chegue mais ao nível que chegou”, disse.

Nas áreas mais baixas, muitas casas ainda estão tomadas pela água. A dona de casa Joelma Matos o marido e o filho de 4 anos estão em um dos abrigos. Ela conta que não teve tempo de retirar quase nada antes da água subir.

“Está aqui o que eu consegui [retirar]. O meu botijão e a bicicleta do meu filho. Foi o que eu peguei, joguei nas costas e vim. O restante, documento dele, tirei um pedaço pregado no chão”, disse a dona de casa Joelma Matos. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

Times do Bico estreiam no Tocantinense 2022

Publicado

em

Este ano, a região do Bico do Papagaio voltou a ter dois representantes na elite do futebol estadual. Os times são o tradicional Tocantinópolis EC (TEC) e o estreante Bela Vista, do município de Cachoeirinha.

O TEC é o atual campeão estadual e é a equipe mais tradicional do estado, vai defender o título buscando sua quarta conquista. O Bela Vista tem à frente da presidência o atacante do Phitsanulok, da League 3 da Tailândia, Gilberto Macena. O time teve uma trajetória meteórica, sendo campeão estadual amador em 2021, conquistando direito de se profissionalizar e disputar a 2ª divisão estadual, onde foi vice campeão, adquirindo o direito ao acesso a elite em 2022.

As duas equipes estrearam no sábado, 22. O Verdão do Bico acabou derrotado no Nilton Santos, em Palmas, perdendo para o Capital por 2 a 1. O Capital saiu na frente com Bombado, mas Alan Maia deixou tudo igual, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Fábio Júnior garantiu o placar da vitória para a equipe de Palmas: 2 a 1.

No estádio Municipal Jorge Filho, em Angico, o Bela Vista saiu na frente com Arnaldo e Maelson ampliou. Na etapa final, Luís Carlos diminuiu para o Araguacema. Com a vitória, o Bela Vista somou os primeiros pontos. A equipe de Cachoeira jogou em Angico por conta do campo estar em melhores condições. (Foto: Lucas Ferreira/ TV Anhanguera)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Veículo invade cais e quase bate em mureta

Publicado

em

Um incidente na noite deste sábado, 22, na cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio, deixou danos matérias após um veículo descontrolado invadir a área de passeio do cais do porto, que fica na Avenida Beira Rio Pedro Ludovico.

O carro não chegou a atingir pessoas, mas destruiu um banco e por pouco não se chocou contra a mureta de proteção do cais.

A Polícia ainda não confirmou as circunstâncias do incidente.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze