Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: APA-TO recebe orientação sobre normas sanitárias

Publicado

em

320126_1000

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) recebeu a visita dos representantes da organização não governamental Alternativas para Pequena Agricultura no Tocantins (APA-TO), na tarde desta segunda-feira, 12, em Palmas. O interesse dos visitantes foi conhecer um pouco mais sobre as normas, legislações e as atividades do serviço de inspeção estadual, principalmente em relação à produção de mel, com o objetivo de levar informações aos pequenos produtores rurais da região do Bico do Papagaio.

O presidente da Adapec, Humberto Camelo, falou sobre a importância da legalização da produção e o cumprimento das exigências sanitárias, mesmo para os que têm interesse de produzir em pequenas escalas. “Estamos à disposição para prestar orientações sobre a produção de alimentos de origem animal e fortalecer o enquadramento dos pequenos agricultores, para evitarmos à clandestinidade dando atenção a saúde pública”, disse.

A diretora de defesa, inspeção e sanidade animal da Adapec, Regina Barbosa, reiterou que mesmo a Agência tendo a responsabilidade de órgão fiscalizador, os profissionais podem prestar orientações e colaborar com o conhecimento para melhoria dos projetos dos agricultores. “Existe a Lei dos produtos artesanais para quem fabrica em pequena escala, mantendo a qualidade do produto final, sem causar prejuízos sanitários”, destacou.

O assessor da APA-TO, João Palmeira Júnior, avaliou a reunião como proveitosa, pois passou a conhecer as ações do órgão, obteve informações e fortaleceu parcerias. “Teremos o apoio dos técnicos no processo de formação da agroindústria, participação da Agência na 3ª oficina de normas sanitárias dos produtores da agricultura familiar do Bico do Papagaio. Além disso, faremos um intercâmbio no entreposto de Nova Olinda com os produtores rurais, para conhecermos o entreposto de mel, considerado um modelo de sucesso”, ressaltou.

Serviço de Inspeção

A Adapec coordena o Serviço de Inspeção Estadual – SIE/TO, sendo responsável pelo registro e fiscalização das empresas que produzem matéria prima, manipulem, beneficiem, industrializem, embalem, entre outros, produtos de origem animal tais como: carne, leite, pescado, ovos, mel e seus derivados e, que fazem a comercialização no estado do Tocantins. Existem ainda o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de responsabilidade do município e o serviço de Inspeção Federal (SIE) executado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

O registro nesses serviços assegura que os produtos possuem procedência, qualidade e que foram fabricados atendendo as normas higiênico-sanitárias, e padrões estabelecidos em legislações específicas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ANANÁS: Mulher faz da própria casa “boca de fumo”

Publicado

em

Policiais Civis da 18ª Delegacia de Ananás, comandados pelo delegado Teofábio Alves Siqueira efetuaram na manhã desta terça-feira, 24, naquela cidade, a prisão de uma mulher, de 21 anos por tráfico de drogas.

Conforme a autoridade policial, há algumas semanas os policiais da 18ª DP já estavam investigando a suspeita devido a indícios de que ela estaria utilizando a própria residência como ponto de venda de drogas. Dias depois esse fato foi confirmado.

Desse modo, o Delegado representou junto ao Poder Judiciário por um mandado de busca na residência da mulher, fato que foi acolhido pelo juízo da Comarca Local.

De posse da ordem judicial, os policiais foram até o imóvel no início da manhã de hoje e, após realizarem buscas no interior dos cômodos do imóvel, encontraram uma pequena bolsa contendo 22 porções de droga aparentando ser crack e uma pequena porção de droga do tipo maconha.

Diante dos fatos, a mulher foi conduzida até a sede da 18ª DP onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Segundo o delegado Teofábio, a droga encontrada na residência da mesma só confirma que de fato, estava ocorrendo à comercialização da droga no local. “A operação foi exitosa, pois, o mais importante é retirar de circulação a vendedora final do entorpecente, impedindo que a droga chegue as mãos de usuários, o que acaba fomentando a prática de outros crimes como furtos e roubos”, ressaltou a autoridade policial.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SAMPAIO: Casal é preso no Bairro Parque das Estrelas traficando drogas

Publicado

em

As Polícias Militar e Civil prenderam na noite dessa segunda-feira, 23, uma mulher de 28 anos a qual já responde em liberdade por tráfico de drogas em Imperatriz-MA e um homem de 21, acusados de envolvimento com o tráfico de entorpecentes. As abordagens ocorreram no Bairro Parque das Estrelas, em Sampaio, no Bico do Papagaio.

Os policiais chegaram até aos acusados por meio de denúncia de que na casa da autora ocorria venda de drogas. O suspeito de 21 anos deixava a residência da acusada quando foi preso pelos policiais. Em poder do indivíduo foram apreendidas duas porções de maconha encontradas em seu short.

Na residência da mulher a PM e PC apreenderam um aparelho celular; um rolo de papel alumínio; 50 gramas de maconha, enterradas no quintal da casa, R$ 17,00 em espécie e um comprovante de depósito no valor de R$ 150,00 em favor de uma possível fornecedora de drogas, residente em Imperatriz.

Todo o material apreendido juntamente com os envolvidos foi apresentado na Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins para as demais providências. O homem foi submetido a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e a mulher foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Buritinense é morta pelo marido no Suriname

Publicado

em

Uma mulher identificada como Romênia Brito, de 28 anos, natural de Buriti do Tocantins, cidade do Bico do Papagaio, foi assassinada com vários golpes de faca pelo próprio marido na madrugada de segunda, 23. O caso aconteceu em uma região de garimpo, próximo a Paramaribo, capital do Suriname, onde a vítima morava a 16 anos com o criminoso.

A motivação para o crime teria sido uma suposta traição.

Identificado como Txuca, ele trancou os dois filhos que tem com a vítima em um dos quartos e no outro quarto esfaqueou e matou Romenia.

A população do povoado revoltada com o crime tentou linchar o Txuca. A polícia evitou e prendeu o homem.

Continue lendo
publicidade Bronze