Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Comissão avalia estrutura da UNITINS e rede de saúde do Bico para funcionamento do curso de Medicina

Publicado

em

O Conselho Estadual de Saúde do Tocantins (CES-TO) enviou membros da comissão técnica para avaliação in loco das condições estruturais do Câmpus de Augustinópolis da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e da rede hospitalar da região do Bico do Papagaio. A visita técnica aconteceu esta semana e tem como foco a análise necessária para a implantação do curso de Medicina da Unitins na unidade de Augustinópolis. 

Os trabalhos da comissão começaram na manhã desta quinta-feira, 06, com a visita ao Câmpus, onde os membros do CES foram guiados e acompanhados pelo reitor Augusto Rezende, o chefe de Gabinete da Unitins, Rafael Verli Ribeiro Silverol, o pró-reitor de Administração e Finanças da Universidade, Daniel Bardal, a diretora do câmpus, Gisele Padilha, a coordenadora do curso de Enfermagem da Unitins, Hanari Tavares, além de outros membros do curso e servidores administrativos da instituição. O presidente do Conselho, Mário Benício dos Santos, também acompanhou a visita. 


A Comissão é composta por quatro membros, dos quais dois estão fazendo as visitas in loco. Além de conhecer a estrutura do câmpus, eles também verificarão as unidades hospitalares de Augustinópolis, Araguatins e Tocantinópolis, que receberão os discentes de Medicina para as atividades práticas e estágios. Após a conclusão das avaliações, a comissão emitirá parecer sobre a implantação do curso e este será submetido à apreciação do pleno dos conselheiros do CES. Não há prazo definido para a emissão do parecer e a deliberação final do CES.

Na recepção aos membros da comissão, o reitor da Unitins pontuou o planejamento para a implantação do curso de Medicina no Câmpus Augustinópolis, que vem desde 2018, os investimentos já alocados e atos importantes no processo de abertura, como o depósito do Projeto Pedagógico de Curso (PPC) junto ao Conselho Estadual de Educação (CEE-TO), a reestruturação administrativa da Universidade – já prevendo a Coordenação do curso entre outros cargos relacionados – e a autorização do governador Mauro Carlesse para a realização do processo seletivo de professores de Medicina. 

Durante a visita, os membros da comissão técnica do CES conheceu estruturas laboratoriais, de sala de aula, biblioteca e auditório do câmpus, com destaque para os investimentos em alta tecnologia para equipamentos de última geração no ensino da Medicina, como a Plataforma Multidisciplinar 3D, recurso que somente a Unitins dispõe entre todas as instituições de ensino de Medicina no Tocantins; e o boneco simulador, que comporá o Laboratório de Simulação Realística dos cursos da área de Saúde da Universidade (Medicina e Enfermagem). 

O presidente do Conselho Estadual de Saúde destacou que “a Comissão [do CES que avalia a implantação do curso] é composta de membros técnicos, pessoas esclarecidas e que têm conhecimento profundo na área da saúde”. Após acompanhar a visita, Mário Santos disse: “fiquei surpreso com a estrutura que a Unitins tem aqui no Câmpus de Augustinópolis”. Ele também pontuou que o curso de Medicina deve levar desenvolvimento em geral para a região do Bico do Papagaio, especialmente na área da saúde “que é precária aqui na região e os usuários reclamam. Quem ganha é a população”, completou. 

Claudean Pereira Lima é um dos membros da Comissão que faz a visita in loco. Ele explica que a partir do Projeto Pedagógico do Curso e da documentação enviada ao Conselho, a Comissão faz a análise com um olhar multidisciplinar, avaliando a qualidade frente à iniciativa de criação de um curso de Medicina na região. Eles analisam a estrutura que a Unitins dispõe e está providenciando para o curso, além da disponibilidade da rede de saúde na região que vai abrigar e contribuir na formação desses acadêmicos, futuros médicos.

“Essas questões precisam estar intimamente ligadas para oferecer o que é extremamente importante, qualidade na formação desse profissional”, destaca Ruth Caetano Cardoso, presidente da Comissão do Conselho Estadual de Saúde que avalia o processo.

A presidente também pontua que a análise da Comissão considera o que está sendo proposto e disponibilizado no momento, além das projeções futuras para o desenrolar do curso. “Nosso parecer terá o olhar de constatação do que já existe, uma análise conjunta do que a Unitins já oferece para o curso – como o Projeto Pedagógico e a infraestrutura – com o que o sistema de saúde da região também oferece, além de orientações e recomendações com o olhar no curso para frente, não só o curso que se inicia”. 

Um dos pontos destacados pela conselheira após a visita é “o avanço tecnológico com o qual o curso já deve ser iniciado, com as aquisições já realizadas e os equipamentos em fase de aquisição”, comentou se referindo aos Laboratórios de Anatomia e de Simulação Realística, que tem aparelhos de última geração no ensino da Medicina. “Foi muito salutar e positivo o que já vimos aqui. Além de dizer que a região é estratégica, sem dúvida nenhuma, e isso influencia bastante na existência do curso. Todos esses olhares nós teremos no parecer”, completou Ruth Cardoso. 

Ao final da visita, o reitor Augusto Rezende reforçou aos membros do Conselho o empenho e apoio direto do governador Mauro Carlesse para a implantação do curso de Medicina, especialmente por perceber a carência da região e pelo anseio de oportunizar a tantos tocantinenses a realização do sonho de verem seus filhos se tornarem médicos formados por uma universidade pública e de qualidade. 

Augusto Rezende também destacou o planejamento da Unitins para a concretização desse curso e a transformação que a região do Bico do Papagaio pode receber a partir dessa iniciativa. “Desenvolvimento em todos os sentidos”, enfatizou.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SÍTIO NOVO: Jeep Renegade pega fogo na TO-201

Publicado

em

No início da manhã desta quinta, 16, um veículo Jeep Renegade, placa de Imperatriz-MA, foi totalmente consumido pelo fogo, na rodovia TO-201, no município de Sítio Novo, no Bico do Papagaio. O condutor, um homem de 36 anos, estava sozinho no veículo e não ficou ferido.

Ele relatou a Polícia Militar, que conduzia o automóvel, quando o fogo começou de repente, só dando tempo de parar o veículo e descer para se afastar das chamas.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Projeto “Recriar Vidas” chega ao Bico do Papagaio

Publicado

em

Após realizarem as atividades do curso Recriar Vidas na cidade de Marianópolis, a equipe da empresa Recriar Vida Consultoria e Gestão parte para a região do Bico do Papagaio por meio de uma parceria firmada nesta quarta-feira, 15 de setembro, com a Prefeitura de Axixá. Durante a reunião ficou definido que será realizado um convite ao secretário nacional de Cuidado e Prevenção as Drogas, Quirino Cordeiro Júnior, para que o mesmo participe do lançamento, previsto para o dia 20 de outubro de 2021.

O projeto na cidade deverá ser dividido em duas etapas. A primeira, com execução neste ano, prevê formar 120 profissionais das redes de educação, assistência, saúde, sociedade civil e conselho tutelar. Por ordem do prefeito Dr. Auri, também serão convidadas a participar equipes do Judiciário local, promotoria, defensoria e forças de segurança, afim de que a formação da rede local de proteção social seja completa, incluindo os órgãos de fiscalização no processo.


De acordo com o prefeito, existe um processo de reorganização da cidade que passa pelo equilíbrio fiscal, e pela retomada e início de obras importantes, mas que parte de reconstrução da cidade de Axixá também passa pelo cuidado com as pessoas. “Nosso povo de Axixá perdeu a alegria nos últimos anos, e com a pandemia vejo que isso ficou muito grave. Eu quero devolver a autoestima para as pessoas da nossa cidade. Cuidar do coração e da mente de cada cidadão. Afastar o perigo das drogas, garantir qualidade na saúde emocional dos servidores públicos municipais, e acima de tudo, preparar essas pessoas para mostrarem aos jovens que existe um caminho de prosperidade e esperança, que passa pela educação e pelo cuidado da saúde mental. Estava ansioso pra anunciar essa parceria, e agora vamos realizar para toda rede local em duas etapas, sendo a primeira imediatamente. Vem o Secretário Nacional Dr. Quirino, e nós vamos fazer uma gigantesca festa de cidadania, respeito e cuidado ao povo da nossa cidade”, afirmou Dr. Auri Wulange.

De acordo com o CEO da empresa Recriar Vida, essa é a primeira de muitas parcerias já em andamento na região. Segundo Ricardo Ribeirinha, “Axixá é a porta de entrada do projeto Recriar Vidas no Bico do Papagaio, mas em pouco tempo devemos fazer os 29 municípios da região”. Ribeirinha ainda afirmou que mais duas cidades da região devem anunciar a execução das ações ainda neste ano de 2021. “Estamos em conversas avançadas com mais duas cidades. Acredito que o início da próxima semana já anunciamos novas parcerias. A intenção é chegar aos 139 municípios. Estamos realizando em Palmas, Pium, Marianópolis, iniciamos agora em outubro mais 23 municípios nas regiões Sudeste, Vale do Araguaia e Região Centro Sul. Vamos formar a maior rede de proteção social do Mundo. Não é por acaso que a cidade de São Paulo nos convidou pra uma parceria também, tanto que desembarcamos lá para iniciar as palestras no dia 29 deste mês ainda. Tudo isso graças ao reconhecimento que estamos recebendo aqui no Tocantins e que tá ganhando o Brasil inteiro”, finalizou Ricardo.

Trilha Educacional Projeto Recriar Vidas

A formação, que teve sua trilha educacional completa apresentada ao Prefeito, tem duração de 44 horas aula, e deverá acontecer em outubro, após as festividades de aniversário da cidade. Na grade do curso, serão oferecidas as instrumentalizações pedagógica, psicológica e métrica. A pedagógica visa instruir as equipes e aprimorar didaticamente, tendo como orientação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC, as atividades voltadas as competências socioemocionais, dentro das matrizes curriculares estabelecidas pela Base. A instrumentalização psicológica, acompanhada e ministrada por psicólogas especialistas, busca dar ferramentas de identificação e correto procedimento para os profissionais lidarem com fatores de risco para consumo de drogas lícitas ou ilícitas, como depressão, ansiedade, ideação suicida, violência, abuso, bullying, automutilação, gravidez na adolescência, entre outros.

Nessa etapa, são utilizados os métodos de validação por estudo de caso real, com os conteúdos didáticos “Viver de Cara Limpa, Uma Escolha”, e a implementação da “Entrevista Motivacional”, pelo sistema Assisti. As atividades voltadas para métrica oferecem a oportunidade dos participantes em gerarem projetos permanentes de prevenção, acompanhar tais ações e criarem mecanismos de monitoramento e medida de resultados. Ainda como parte do programa, serão entregues conteúdos didáticos e serão realizadas palestras sobre temas relacionados. (Ascom)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Confira as vagas de emprego no SINE para esta quinta, 16

Publicado

em

SINE – ARAGUATINS
Rua 13 de outubro, n° 1073, Centro.
Fone: 3474-3003 / 1100
CEP: 77.950-000 – Araguatins – TO
Veja as vagas de emprego em Araguatins e outras cidades do estado clicando AQUI

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze