Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Delegados manifestam apoio a juiz Jefferson Ramos após ação da OAB

Publicado

em

juiz Jefferson David Asevedo Ramos, da Comarca de Augustinópolis

O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins (SINDEPOL/TO), manifestou nesta quinta, 2, total apoio público ao juiz Jefferson David Asevedo Ramos, da Comarca de Augustinópolis, no Bico do Papagaio.

No dia 30 de junho de 2020, o Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Tocantins, decidiu apresentar representação contra o magistrado na Corregedoria do Tribunal de Justiça.

O SINDEPOL disse que respeita e nutre em relação de respeito à advocacia tocantinense, dada a magnitude da função e do múnus público que desempenham no exercício da função, indispensável à administração da justiça, porém, ressaltou que causa estranheza a série de investidas contra o magistrado, em um curto espaço de tempo, sobretudo considerando que ocorrem no contexto de diversas demandas ajuizadas e relacionadas às operações desencadeadas pela Polícia Judiciária Civil, envolvendo o Poder Legislativo de Augustinópolis.

Os delegados dizem ainda que o juiz vem atuando na Comarca de Augustinópolis, que tem em torno de 15 mil processos, envolvendo as mais diversas ações, com conflitos intersubjetivos de interesses da população de seis municípios, e que o referido magistrado, com esforço hercúleo, vem distribuindo a verdadeira e real justiça, conquistando, assim, a admiração do jurisdicionado e dos atores processuais – sendo que, como reconhecimento, já recebeu o título de Cidadão Tocantinense, prêmios por produtividade e outros.

“E justamente por tais razões que, por cumprir com excelência, parcimônia e inquebrantável senso de justiça, ética e isenção a sua missão constitucional, equilibrando o mosaico de forças que sustentam o Estado Democrático de Direito a cada decisão proferida, o Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins manifesta o seu apoio ao Doutor Jefferson David Asevedo Ramos, MM. Juiz de Direito da Comarca de Augustinópolis, com convicção da retidão de sua conduta”, disse o SINDEPOL em trecho de Nota distribuída a imprensa.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: No Bairro Boa Vista, mulher tem aparelho de som apreendido por incomodar vizinhos

Publicado

em

A Polícia Militar realizou por volta das 23h da noite dessa última sexta-feira, 25, a apreensão de um aparelho de som de uma mulher de 29 anos que acabou sendo detida, no Bairro Boa Vista em Augustinópolis, norte do Estado, acusada de perturbação do sossego alheio.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia, via 190, sobre uma mulher que estaria com uma caixa de som ligada em volume muito alto e que estaria perturbando o sossego daquela comunidade.

Além de ter o aparelho de som apreendido, a mulher também foi notificada a comparecer em juízo e prestar os devidos esclarecimentos pela perturbação do sossego alheio, crime tipificado conforme Artigo 42, III da lei 3.688/41 Leis das Contravenções Penais (LCP). Toda a ação foi registrada por meio de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Veja os números da Covid-19 deste domingo, 27

Publicado

em

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Veja os números da Covid-19 deste domingo, 27

Publicado

em

Continue lendo
publicidade Bronze