Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Eduardo Siqueira faz chantagem e tenta comprar apoio político da FABIC

Publicado

em

Chantagem, extorsão e ameaça são ações de bandido. E quem o faz, é sim bandido. Em Augustinópolis o secretário de relações institucionais do Governo do Estado e filho do governador Siqueira Campos é suspeito de tentar comprar o apoio político do diretor da Faculdade do Bico do Papagaio (FABIC), Pablo Lopes Rêgo, se usando de recursos públicos do Governo do Estado.

O diretor geral da FABIC, Pablo Lopes, disse que no dia 28 de junho, Eduardo Siqueira Campos, mandou um avião à Araguatins para levá-lo até Palmas, pois o secretário tinha uma proposta para lhe fazer, relativo a assuntos institucionais da FABIC com o Governo do Estado. Chegando em Palmas, Pablo foi levado direto para a residência de Eduardo Siqueira Campos. Lá, o secretário propôs ao diretor que o Governo pagaria todo o debito com a instituição, que gira em torno de R$ 278.000,00 (duzentos e setenta e oito mil reais), mas condicionava o pagamento ao apoio político. Eduardo queria Plabo na coordenação de candidatos do governador Siqueira Campos no Bico do papagaio. “No dia 28 de junho de 2012, Eduardo Siqueira, a pedido de Amélio e Antônio do Bar, mandou um avião me buscar na cidade de Araguatins, juntamente com Antônio do Bar. Chegando em Palmas, na residência do secretário foi me colocado que o Estado pagaria todo o débito que tinha com a FABIC, aproximadamente R$ 278.000,00, com a condição de eu coordenar a campanha da senhora Deijanira Cayres”, garantiu Pablo Lopes.

Pablo disse ainda que os pagamentos ofertados e garantidos por Eduardo Siqueira Campos não foram feitos. Apenas os que já haviam sido autorizados a pelo menos três meses, mas só liberados oficialmente após a reunião. O valor debitado, conforme Ordem Bancária foi de R$ 95.158,62 (noventa e cinco mil, cento e cinquenta e oito reais e sessenta e dois centavos), ainda no dia 28 de junho. “Acontece que no dia 02 de julho só havia sido creditado o que já tinha sido me informado que estava autorizado a mais de três meses”, confirmou o diretor.

Na instituição o clima entre funcionários e colaboradores é de revolta. Pois o compromisso é institucional entre a FABIC e Governo do Estado, através do Proeducar que é um programa de crédito educativo, vinculado a Secretaria de Ciências e Tecnologia que firma parceria com as instituições de ensino superior e paga até 80% do valor das mensalidades de alunos pré-selecionados que atendam algumas exigências, como ter renda familiar entre um terço e três salários mínimos, não possuir diploma de curso superior, e não ter outra pessoa do grupo familiar contemplada pelo programa. Com os atrasos de mais de um ano nos repasses a FABIC entrou em dificuldade financeira, causando uma série de desconfortos. A funcionária Geiza Freire, comentou que funcionários, professores, coordenadores e principalmente os acadêmicos estão infelizes com a situação. “Os acadêmicos poderão ficar sem os benefícios do programa que foi criado para incentivar os mesmos, mas, esqueceram de avisar que para isso deixariam a Faculdade lesada, pois a comunidade em geral está ciente que a FABIC tem atualmente como arrecadação única, sobrevive exclusivamente de mensalidades de alunos e não existem outras instituições, governos, deputados que ajudem ou já ajudou a FABIC. Nossa querida Augustinópolis tem hoje 3 deputados e durante 5 anos nenhum deles tentou se aproximar, ajudar, conhecer nossa faculdade. Hoje eu, tenho certeza que o velho ditado é válido, Santo de casa não faz milagre,”, disse Geiza.

O diretor geral Pablo Lopes deve divulga uma nota oficial esclarecendo o assunto.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
35 Comments

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Veículo invade cais e quase bate em mureta

Publicado

em

Um incidente na noite deste sábado, 22, na cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio, deixou danos matérias após um veículo descontrolado invadir a área de passeio do cais do porto, que fica na Avenida Beira Rio Pedro Ludovico.

O carro não chegou a atingir pessoas, mas destruiu um banco e por pouco não se chocou contra a mureta de proteção do cais.

A Polícia ainda não confirmou as circunstâncias do incidente.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Fabion pede urgência à SES na disponibilização de testes Covid para socorrer município

Publicado

em

Por conta do aumento significativo de casos de Covid-19 em Tocantinópolis, o deputado Fabion solicitou, com urgência, ao Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Saúde, a disponibilização de testes rápidos para aferição dos casos suspeitos de coronavírus no município.

De acordo com último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na noite desta sexta-feira, 21, o município, que possui quase 23 mil habitantes, está com 183 casos ativos de coronavírus. Desde o início da pandemia, 3.298 pessoas foram contaminadas pelo vírus; 57 vieram a óbito por consequências da doença.

Fabion disse que existe a preocupação de que estes casos ativos sejam multiplicados, uma vez que existem pacientes assintomáticos, que apesar de não sentirem os efeitos da infecção, são potenciais transmissores.

“Nossa intenção, ao solicitar ao governo do estado a disponibilização de testes para Tocantinópolis, é que consigamos fazer o mais breve possível a testagem e identificar os infectados para que possam ser isolados, para assim, controlar a disseminação”, pontou Fabion.

O parlamentar frisou a necessidade de unir forças “para que esses testes sejam disponibilizados para a população de Tocantinópolis, como também para os demais municípios da região do Bico do Papagaio. Acredito que nosso pedido será de imediato atendido, pois o governador Wanderlei Barbosa tem mostrado sensibilidade em atender as demandas, principalmente as que são de urgência, como esta”, ressaltou o deputado. (Com informações de Dirceu Leno)

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Casos de Covid-19 explodem, faltam testes e prefeito tira férias no nordeste

Publicado

em

Em Tocantinópolis, município do Bico do Papagaio, um outro problema além da cheia do Rio Tocantins, passou a preocupar a cidade. É a explosão de casos de Covid-19, que mais que dobraram nas últimas 48 horas.

Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado nesta sexta-feira, 21, Tocantinópolis tem oficialmente 183 pessoas com a doença. Comparado com o boletim anterior, divulgado na quarta, 19, eram 90 infectados ativos, no anterior eram apenas 33.

Entre esse total, 3 pacientes tiveram de ser transferidos para internação em unidades de saúde fora do município.

A cidade passa por outro problema, este denunciado pelo vereador Roberlan Cokim, que é a falta de teste. O parlamentar esteve na UPA 24 Horas e na Secretaria Municipal de Saúde, que confirmaram a informação.

Paralelo a explosão de casos, o vereador ainda denuncia, que o prefeito do município, Paulo Gomes (PSD), resolveu tirar férias e viajou para o nordeste, aproveitar o litoral.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze