Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Hospital Regional institui ginástica laboral para servidores

Publicado

em

Um programa de recuperação e manutenção da qualidade de vida e de promoção do lazer, planejada e aplicada no ambiente de trabalho, foi iniciado no mês de agosto no Hospital Regional de Augustinópolis. A iniciativa leva aos servidores a importância dos alongamentos, das correções posturais durante a rotina de trabalho e tem surtido efeito na rotina da unidade hospitalar.

Segundo o fisioterapeuta André da Gama, responsável pelas atividades do programa, os ganhos são incalculáveis. “Além de diminuir a carga de estresse por interromper o trabalho, a ginástica laboral ainda evita o sedentarismo. Dentro do Hospital com os servidores essa prática pode melhorar e muito o desempenho dos funcionários, além de evitar lesões por esforço repetitivo e outras doenças provocadas pelo trabalho contínuo e a falta de exercícios físicos. Por conta destes benefícios, ela ajuda a diminuir o afastamento dos funcionários do hospital, o que sem dúvida, beneficia a população que precisa dos serviços do hospital”, afirmou.

O técnico de enfermagem Ilton Reis  disse satisfeito com a novidade. “Pra nós, estes momentos de atividades são muito importantes, você precisa ver o envolvimento de todos, desde o mais jovem até o servidor mais idoso, todos gostam e estamos achando muito importante, tenho ficado bem mais disposto no desempenho de minhas funções”, destacou.

A enfermeira Maysa Pacheco também aprovou a iniciativa. “As orientações que temos recebido têm sido muito proveitosas, principalmente no que diz respeito às posturas corretas, a gente sabe que nós da equipe de enfermagem desempenhamos muitas atividades que atingem diretamente a coluna e quando não nos posicionamos corretamente, acabamos com dores no final do plantão e isso agora tem sido evitado observando o que o fisioterapeuta nos passa”, declarou.

Para o coordenador da equipe multiprofissional na unidade, o cirurgião dentista Sérgio Henrique de Paula Bordon, o primeiro mês de ginástica já mostra resultados. “Temos notado a equipe mais animada e bem receptiva à ideia. Particularmente achei a iniciativa ótima desde o primeiro momento, porque a gente acaba no marasmo da má postura na hora de desempenhar as nossas funções e isso acarreta em lesões por esforços repetitivos e prejuízos individuais de cada servidor”, afirmou.

Em busca de beneficiar toda a equipe, o coordenador explicou que as atividades são feitas de forma alternada. “Estamos tentando instituir esta cultura para todos os profissionais e para tanto, além de alternar entre os plantões, estamos buscando mais profissionais fisioterapeutas para ajudar o André neste trabalho”, enfatizou.

Benefícios gerais da ginástica laboral

A ginástica laboral constitui em exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho, no horário de expediente, com o objetivo de melhorar a saúde e evitar lesões dos funcionários por esforço repetitivo e algumas doenças ocupacionais. Entre os principais benefícios estão a melhora a saúde; redução do sedentarismo, das tensões adquiridas no trabalho; prevenção de lesões e doenças causadas por trauma cumulativo, melhorar o desempenho do funcionário , estimular na produtividade e promove a interação entre a equipe.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Prefeitura tem surto de Covid e ficará fechada

Publicado

em

Após a identificação de vários casos de Covid-19 em trabalhadores da Prefeitura Municipal de Tocantinópolis, o prédio do Poder Executivo ficará fechado e só reabrirá na segunda, dia 8. O prédio será sanitizado durante esta quinta e sexta, dias 4 e 5.

A Secretaria Municipal de Saúde soltou um anota falando sobre o assunto.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Unidades prisionais de Araguatins e Tocantinópolis estão na 2ª Temporada da Operação Lockdown

Publicado

em

Com o objetivo de preservar a saúde dos servidores e das pessoas privadas de liberdade, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, prossegue os trabalhos desenvolvidos na II Temporada da Operação Lockdown. Período teve início no dia 24 de fevereiro e prossegue até o dia 24 de abril, caracteriza a segunda fase da operação, duas unidades foram selecionadas no Bico para o recebimento de novos presos, são em Araguatins e Tocantinópolis.

O superintendente do Sistema Penal tocantinense, Orleanes de Sousa, explicou que, paralelo às atividades da Operação Lockdown, também foram aderidas ações preventivas em todas as unidades. “Além da limitação no recebimento de novos presos no Sistema, também estabelecemos o Plano de Ação para Contenção a Transmissão do Novo Coronavírus, com trabalhos pontuais de higienização e sanitização das unidades penais, uso obrigatório de máscara, realização de teste rápido e testes laboratoriais, suplementação alimentar, vacinação de H1N1 e estabelecemos protocolos sanitários”, disse.

Sobre a logística aderida para a execução da Operação Lockdown, o gerente de Administração e Operações dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Bionor Vaz, explicou que todas as ações estão sendo feitas de forma responsável garantindo a segurança e o direito à saúde dos servidores e custodiados. “Ainda na primeira temporada da ação, em 2020, readequamos o número de regionais, aumentamos de cinco para oito, na configuração que abrange as unidades prisionais do Tocantins, isso favoreceu a Segurança Pública e também a execução da Operação”.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Escola Denise Amui promove 1º Aulão da Busca Ativa

Publicado

em

Na segunda, 1ª, a Escola Estadual Denise Gomide Amui, em Araguatins, no Bico do Papagaio, realizou um aulão com a participação ativa de cerca de 100 alunos, por meio da plataforma Meet com o tema: Vacinação Para Covid-19 no Brasil, abordando a biologia do vírus, tecnologia de formulação da vacina, eficácia, contraindicações e sua distribuição.

O objetivo da aula foi ofertar um reforço pedagógico com vista à complementação das habilidades e competências não desenvolvidas durante o período letivo do ano de 2020.

O evento contou com a participação dos profissionais da saúde, como a enfermeira Iarllene Amorim Dourado que é coordenadora do combate ao Covid-19 em Araguatins; Jader Sereno de Melo Figueiredo, bioquímico e diretor do Hospital Municipal.

O projeto foi idealizado pelos professores, Danilo Henrique da Matta, Edmilson Gomes Ribeiro, Flávio dos Anjos de Sousa, Leonardo Sousa Silva e Vladimyr Vieira.

A gestora da Escola, Edilene Gomes da Costa, agradeceu a participação dos estudantes, professores, colaboradores da Saúde e equipe pedagógica. Na oportunidade a mesma falou sobre a importância do trabalho em equipe e a efetividade do tralho na busca ativa aos alunos oportunizando o retorno dos educandos e assim evitar o número de reprovação e evasão escolar.

Continue lendo
publicidade Bronze