Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Presidente do FUNDEB aponta irregularidades na Prefeitura

Publicado

em

A presidente do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação de Augustinópolis (FUNDEB), Shirley Vasconcelos Silva, denunciou ao webjornal Folha do Bico, que a Prefeitura Municipal de Augustinópolis, vem dificultando a atuação do conselho.

Segundo Shirley, a prefeita Dona Deija (DEM) nunca disponibilizou documentos para fiscalização, tais como, extratos bancários e comprovantes da movimentação das contas 60 e 40 para apreciação do conselho. Ela destacou ainda que diversas irregularidades foram observadas pelo conselho e que segundo ela, apontam o descompromisso da atual gestão com os profissionais e a educação do município:

Shirley disse que a prefeita Dona Deija comete anormalidades como pagar funcionários de outras secretarias com recursos da Educação, pela folha 60 ou 40%; colocar funcionários para desempenhar função em desconformidade ao concurso e ao vencimento legal, onerando a folha de pagamento; pagar gratificação superior a estabelecida; contratar funcionários com cargo e vencimento de 40h mas que só cumprem 20h semanais; professores e demais funcionários da Secretaria Municipal de Educação recebendo da folha dos 60% mesmo sem está no efetivo exercício do magistério.

“Estas são irregularidades que oneraram a folha de pagamento da educação durante o ano de 2013 e que ainda são presentes nesse ano de 2014, impossibilitando o repasse de acordo com o piso nacional do ano de 2013 que foi de 7,97% e a continuidade da progressão salarial conquistada pela classe dos professores. Enquanto isso, a gestão municipal se atem simplesmente em dizer que não há recursos para tal”, afirmou a presidente do conselho que continuou, “O FUNDEB tem acompanhado toda essa situação e, institucionalmente tem procurado solucionar essa problemática por meio do diálogo com a municipalidade apontando as falhas no gerenciamento do recurso e demonstrando como devem ser solucionadas e, até o presente momento não obtivemos sucesso, pois a gestora municipal simplesmente não dialoga conosco, apenas nomeia “outros” para, de maneira irônica e sem compromisso responder os ofícios expedidos por este conselho. Contudo, partimos para a instância judicial via Promotoria de Justiça onde já protocolamos várias denúncias e, acreditamos que tão breve a Promotoria de Justiça de Augustinópolis dará uma resposta à altura das nossas solicitações”, completou.

A presidente encerrou conclamando os professores, demais funcionários da educação e comunidade em geral para a acompanhamento do uso responsável da verba pública destinada à educação e valorização dos profissionais. Ele reiterou que tão logo obtenha parecer da Justiça, convocará a categoria para maiores esclarecimentos.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
10 Comments

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Dois homens morrem após moto bater em caminhão com 23 indígenas na carroceria

Publicado

em

Dois homens morreram após uma colisão entre uma motocicleta e um caminhão que transportava 23 indígenas da etnia Apinagé na carroceria. O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (14) na TO-126, próximo da entrada do povoado Mumbuca em Tocantinópolis. As vítimas estavam na moto e foram identificadas como Gustavo Borges de Sousa, de 39 anos, e Hildo de Araújo Moraes, de 42 anos.

O motorista contou à Polícia Militar que estava fazendo o transporte dos indígenas após passarem o dia coletando coco babaçu em uma fazenda da região. Durante a viagem ele ouviu um barulho e quando parou percebeu que a moto tinha colidido na traseira do caminhão.


A PM informou que uma equipe médica ainda foi chamada, mas apenas constatou a morte de Gustavo Borges e Hildo de Araújo.

Nenhum ocupante do caminhão se feriu. O motorista permaneceu no local e não apresentava nenhum sinal de alteração da capacidade psicomotora. Depois ele foi levado para prestar depoimento na delegacia de plantão.

A Polícia Científica foi chamada para fazer a perícia e depois o IML recolheu os corpos. Os dois veículos foram apreendidos e entregues na delegacia. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Rixa em bar tem tapa na cara, tiro de espingarda e prisão

Publicado

em

A Polícia Militar apreendeu na noite de quinta-feira, 13, uma espingarda calibre 20, em poder de um homem de 36 anos, que acabou preso por porte ilegal de arma de fogo e também por efetuar disparo com a própria arma em vias públicas. A ocorrência se deu nas proximidades de um bar em um bairro de Araguatins, no Bico do Papagaio.

A equipe de policiais militares foi chamada para atender uma ocorrência nas proximidades de um bar, onde acontecia uma briga envolvendo o autor e outro homem de 38 anos, por motivos não revelados.


O autor disse aos policiais, que se encontrava no bar quando o homem de 38 anos, que também acabou sendo preso, chegou e começou a lhe agredir fisicamente com tapas, causando escoriações na cabeça e nas costas.

O autor também relatou à PM que após a agressão foi em sua residência e buscou a espingarda e apontou para o homem de 38 anos e só não atirou devido ter pessoas próximas. 

No momento da ação o autor acabou sendo contido por populares que estavam no bar, e que a espingarda disparou acidentalmente para o alto no momento em que ele era imobilizado. A espingarda foi escondida e entregue aos policiais militares a qual acabou sendo apreendida. 

Os dois homens e a arma de fogo foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Jacaré é visto nadando próximo a cidade

Publicado

em

Um jacaré-açu espécie predominante da Amazônia, foi filmado por moradores de Araguatins, esta semana, no Rio Araguaia, bem em frente a cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio. O animal é grande e esmo com a aproximação dos populares, ele não fugiu ou reagiu.

Pelas dimensões do bicho, se trata de um exemplar adulto. Normalmente esse tipo de jacaré se alimenta de pequenos animais, como tartarugas, peixes, capivaras e veados. É uma espécie que esteve à beira da extinção, devido ao valor comercial do seu couro de cor escura e da sua carne. Atualmente, encontra-se protegido e sua população encontra-se estável no Brasil. É a maior espécie de jacaré, podendo atingir até 4,5 metros de comprimento.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze