Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Projeto busca por catadores para realização do cadastro sócio-econômico

Publicado

em

Na reunião,o secretário de Meio Ambiente de Augustinópolis destacou que o Projeto é um desejo antigo da cidade

Na reunião,o secretário de Meio Ambiente de Augustinópolis destacou que o Projeto é um desejo antigo da cidade

A equipe Norte da fase de diagnóstico do Projeto Lixo &  Cidadania está na região do Bico do Papagaio e, nesta quarta-feira, 27, realizou busca ativa por catadores na cidade de Augustinópolis. O Projeto é executado no Estado pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social( Setas) e,  nesta fase, realiza visita a aterros sanitários e cadastro de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis nos 139 municípios tocantinenses.

Em reunião com o secretário de Meio Ambiente de Augustinópolis, Valteir Sales, a assiste social da equipe, Sâmea Silva, destacou a necessidade de realizar a busca por catadores para realização do cadastro sócio- econômico dos mesmos. “Eles são o público-alvo do Projeto e a próxima etapa é a capacitação desses catadores, então precisamos localizá- los em todos os municípios e conhecer a realidade e necessidade deles, assim como saber quais tipos de cursos eles tem preferência”, disse.

A equipe está na região do Bico do Papagaio realizando busca ativa por catadores

A equipe está na região do Bico do Papagaio realizando busca ativa por catadores

Já o secretário disse que a chegada do Projeto era “um desejo antigo do município”. “Só temos a ganhar com a chegada deste projeto ou com a formalização de cooperativas e associações dos catadores, já que os catadores conseguem melhoria de renda e toda cidade ganha com a limpeza das ruas e aumento da vida útil do aterro sanitário”, explicou.Raimundo Silva, disse que passou a ser catador quando começou a trabalhar para a Prefeitura na limpeza pública. Ele, que consegue aumentar a renda familiar com a venda das latinhas que coleta, disse que gostou de saber que há possibilidade de fazer cursos por meio do Lixo & Cidadania. “Queria fazer um curso de reaproveitamento de papelão. É uma forma de aprender outros trabalhos”, comentou.

Na reunião,o secretário de Meio Ambiente de Augustinópolis destacou que o Projeto é um desejo antigo da cidade

Na reunião,o secretário de Meio Ambiente de Augustinópolis destacou que o Projeto é um desejo antigo da cidade

O lixão localizado a cerca de 2km da entrada da cidade será desativado assim que o aterro sanitário passe a ser utilizado. Mas é lá que o pedreiro Raimundo Nonato da Silva tem buscado formas de sair da crise financeira. “Tem 15 dias que eu comecei a fazer coleta aqui e não tenho vergonha de ser identificado como catador. Eu achei muito interessante esse projeto, porque nunca imaginei que tivesse algo assim, pensado para a categoria”, frisou.

A equipe continua em Augustinópolis nesta quinta-feira, 28, para finalizar o cadastro dos catadores identificados no município. Já a equipe Centro e Sul, devem visitar  Gurupi, Lagoa da Confusão, Esperantina, Buriti do Tocantins, São Sebastião e Carrasco Bonito.

 O Projeto visa promover o desenvolvimento sustentável, social e econômico de famílias de catadores no Estado do Tocantins

O Projeto visa promover o desenvolvimento sustentável, social e econômico de famílias de catadores no Estado do Tocantins

Diagnóstico

Durante a fase de diagnóstico, que está em execução, três equipes de trabalho formadas por um catador, um assistente social e um engenheira ambiental trabalham simultaneamente para percorrer os 139 municípios do Estado realizando cadastro de catadores e coleta de dados sobre a situação ambiental de cada um deles.

Lixo & Cidadania

O Projeto que visa promover o desenvolvimento sustentável, social e econômico de famílias de catadores no Estado do Tocantins, por meio de ações como diagnóstico, capacitação social e profissional, aparelhamento de empreendimentos, realização de campanha de educação ambiental, entre outros. A fase de diagnóstico está finalizando o cadastro dos catadores e coleta de dados ambientais nas cidades.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ANANÁS: SAAE tem dívida de mais de R$ 1 milhão em energia elétrica

Publicado

em

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), do município de Ananás, no Bico do Papagaio, possui uma dívida milionária com a Energisa, concessionária que fornece energia elétrica. Segundo documento divulgado pela Prefeitura Municipal, gestões anteriores deixaram um débito de R$ 1.060.458,13.

Conforme a Prefeitura, o SAAE vem funcionando de forma limitada e afirmou que buscar tentar neste semestre, regularizar a dívida, evitando o corte de energia do SAAE e o colapso total no abastecimento de água de todo o município.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Na Câmara, Professora Elizabete pede prioridade no enfrentamento a Covid

Publicado

em

A vice-prefeita de Araguatins, Professora Elizabete (PSD), esteve presente na segunda, 19, na Câmara Municipal, onde participou da sessão ordinária e fez um pronunciamento abordando principalmente o momento de enfrentamento da pandemia de Covid-19 e diálogo com a população.

Elizabete se solidarizou com as quase 50 famílias araguatinenses que perderam seus parentes para a Covid-19. A vice-prefeita ressaltou que o momento é de priorizar os investimentos na área da Saúde e salvar vidas. A preocupação se dá, por conta dos altos níveis de contágio e morte da doença no município. Até esta semana são 49 mortes e mais de 1.500 contaminados desde o início da pandemia.

Outra questão abordada pela vice-prefeita, foi o diálogo com a população, a história do parlamento e sua importância na democracia.

“No entanto, senhores vereadores, a democracia assim como a liberdade de expressão, são direitos que devem ser vigiados, pois ainda hoje, apesar de tudo o que já vivemos, esses direitos são constantemente ameaçados”, disse Professora Elizabete.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Homem é encontrado morto no meio da rodovia

Publicado

em

Um homem identificado como Silvan de Sá Silva, de 31 anos, foi encontrado morto nno km 25 da TO-164, na zona rural do município de Xambioá. A suspeita é que ele tenha sido vítima de atropelamento e arremessado a vários metros de distância.

O homem estava caído no meio da rodovia, na manhã desse domingo (18). A vítima apresentava um corte na cabeça com afundamento no crânio e havia muito sangue espalhado na pista.

A Polícia Científica realizou os trabalhos periciais a fim de desvendar o que realmente ocorreu no local.

O tio da vítima disse à polícia que esteve com Silvan no período da tarde ingerindo bebida alcóolica no Assentamento Grota do Lage. Depois, eles foram para a cidade de Araguanã. Contudo, já no período da noite, volta das 21h, Silvan teria pedido a motocicleta do tio emprestada para sair com uma garota não identificada. 

Um funcionários de uma empresa disse que passou pelo local do acidente por volta das 22 horas de sábado (17) e viu uma motocicleta estacionada com duas pessoas ao lado do veículo, mas não soube informar se uma delas era a vítima.

A motocicleta estava a uns 50 metros de distância do corpo, e apresentava alguns danos. Também havia dois capacetes e um par de sandálias. (AF Notícias)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze