Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Vestibular de Medicina da UNITINS registra mais de 6,5 mil candidatos presentes

Publicado

em

Seguindo um rigoroso protocolo de prevenção à Covid-19, o primeiro vestibular para o curso de Medicina da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) foi realizado presencialmente na tarde deste domingo, 29. O Vestibular registrou 6.605 candidatos presentes distribuídos em 12 unidades nos municípios de Araguatins, Augustinópolis e Palmas. O certame oferta 40 vagas para a primeira turma do curso que é 100% gratuito e ofertado pela Unitins no Câmpus Augustinópolis, na região do Bico do Papagaio.

O vestibular registrou o menor número de abstenções da história dos vestibulares tradicionais da Universidade: dos 7.495 inscritos, somente 12% não compareceram na aplicação das provas. Para o primeiro vestibular realizado de Medicina da Unitins, o número pequeno de abstenções confirma a aceitação do curso pela comunidade, comenta o reitor Augusto Rezende.

“Mais uma vez se valida o histórico da Unitins e o projeto do curso de Medicina, primeiramente pela aceitação no grande número de inscrições e agora na prova, com o menor percentual de abstenções em toda a história de vestibulares presenciais da Unitins, um total de 12%, considerado muito pequeno em comparação, por exemplo, com o último Enem, que registrou mais de 50% de faltosos”, declara o reitor.

As provas foram aplicadas seguindo o Protocolo Sanitário instituído pela universidade para garantir a segurança dos candidatos e dos colaboradores na prevenção à Covid-19. O Protocolo prevê a aferição de temperatura na entrada dos locais de prova, salas com 75% de ocupação, uso obrigatório de máscara, fiscais equipados com máscaras e protetor facial, além de álcool em gel em diversos pontos dos prédios e nas salas, entre outros aspectos.

Os portões foram abertos pontualmente às 13h em todos os locais de aplicação. O reitor Augusto Rezende esteve presente no Câmpus da Unitins em Palmas para recepcionar os candidatos e também visitou os outros locais de prova na Capital.

Vindo de Formosa, cidade do interior do estado de Goiás, o candidato Vitor de Melo Ataídes, de 20 anos, disse estar animado e preparado para a prova. “Tem alguns anos que estudo para vestibulares. Para essa prova eu estudei respondendo as provas anteriores e revisei alguns conteúdos que estavam com ênfase no edital. A minha expectativa é que o nível da prova seja alto, que seja uma prova bem elaborada e, claro, que eu saia com a aprovação”, comentou o candidato. 

A candidata Yasmim Sanches, de Pires do Rio, outro município de Goiás, contou que o vestibular é a oportunidade de cursar Medicina em uma universidade pública. “Eu venho de Goiás. A minha mãe fez a minha inscrição, pois já havia sido aprovada em um vestibular de uma faculdade particular, mas não conseguia arcar com os custos da mensalidade. Agora, viajei 12 horas de ônibus até o Tocantins para tentar a chance de cursar Medicina em uma universidade pública e gratuita”, relatou. 

Os candidatos tiveram 5 horas para a realização da prova que é dividida em duas grandes áreas: conhecimentos específicos em Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, sendo 30 (trinta) questões das disciplinas de História, Geografia, Matemática, Física, Química e Biologia; e conhecimentos específicos em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, totalizando 20 (vinte) questões de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Inglês ou Espanhol e a prova de Redação, que teve como temas “O ativista e sua ação na sociedade contemporânea” e “O ativismo como bandeira de auto-promoção social”.

Após o término da prova, a candidata Ludimilla da Silva Alves, que fez o vestibular junto com seu filho, Vinicius Alves dos Santos, comentou sobre a organização e a expectativa da aprovação no vestibular. “É o primeiro vestibular que eu faço da Unitins e pudemos perceber uma grande rigidez nos protocolos de segurança e saúde, o que me deixou bem segura para realizar a prova. Os assuntos da prova e o tema da Redação foram bem atuais, o que ajudou bastante e deixou a prova mais tranquila”, avaliou.

O reitor Augusto Rezende visitou todas as unidades de aplicação de prova em Palmas e ressaltou o empenho do Governo do Estado e da Unitins em realizar um certame com transparência e planejamento. Ele destacou o apoio da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), com atuação da Polícia Civil e Polícia Científica. A PM realizou escolta dos veículos que transportaram os malotes de provas, supervisionou todo o processo de distribuição e intensificou o policiamento na região das 12 unidades onde o Vestibular foi aplicado. A atuação da PM e da SSP somou forças aos procedimentos de segurança já adotados pela Unitins na realização de processos seletivos, visando a lisura do certame em todas as fases.

“Considerando que estamos fazendo o Vestibular obedecendo todas as normas de segurança e com muito cuidado com os candidatos, mais uma vez se prova o sucesso desta fase da Unitins e do forte apoio do Governo do Estado para a realização do curso de Medicina. Com certeza teremos 40 aprovados bem preparados e, em breve, teremos o resultado de mais essa ação assertiva da universidade”, concluiu o reitor.

Próximos passos

Os candidatos agora devem acompanhar a divulgação do gabarito preliminar, previsto para ser divulgado a partir das 19h desta segunda-feira, 30. O resultado final do certame está previsto para ser divulgado dia 09 de setembro e o período de matrículas nos dias 10 e 11 de setembro. As aulas dos aprovados iniciam no dia 13 de setembro na modalidade de ensino híbrido, com aulas práticas presenciais e aulas teóricas remotas.

Todos os informes do certame estão disponíveis na página do vestibular no Portal da Unitins (acesse aqui). (Andréia Fernandes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Irajá faz caravana pelo Bico em clima de pré-campanha

Publicado

em

O senador Irajá Abreu (PSD), está em caravana pelo Bico do Papagaio, promovendo uma série de reuniões. Segundo ele, seria para conversar com lideranças regionais e colher sugestões para ajudar a região com políticas públicas sociais e de geração de empregos.

Os encontros contam com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de todo estado.

“Este é um momento de mudanças para o Tocantins, com a união daqueles que anseiam por um estado mais justo e com oportunidades para todos”, disse o senador.


Nos bastidores, a conversa de aliados é outra. Todos falam que já está claro a intenção do senador em se viabilizar como alternativa ao Palácio Araguaia em 2022.

Na caravana lideranças importantes estão presentes, como o ex-prefeito de Palmas e presidente estadual do PSB, Carlos Amastha e o empresário Edson Tabocão que tem se colocado como pré-candidato a governador.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Centrais de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar estão sendo reestruturadas no Bico

Publicado

em

O Governo do Tocantins por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) em parceria com o Ministério da Cidadania realizaram em 2019 e 2021 a entrega de caminhões baú refrigerados a 32 municípios do Tocantins, além de distribuírem equipamentos para a reestruturação das Centrais de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar para as 139 cidades do estado.

Nesta semana de 20 a 24 de setembro a equipe da gerência de segurança Alimentar e Nutricional da Setas acompanha as atividades nas Centrais de Augustinópolis, Sítio Novo, Axixá do Tocantins, Ananás e Araguatins. Segundo a gerente do Setor, Jéssica Santana, é papel do Governo Estadual auxiliar os municípios na montagem e reestruturação das Centrais, assim como monitorar as atividades: “Vamos visitar os 32 municípios que receberam os caminhões baú refrigerados. Com esse trabalho estamos percebendo a grande contribuição que o veículo trará para a boa execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em nosso estado.

Em Ananás, a cerca de 500 km de Palmas, o secretário municipal da Agricultura, Rodrigo Balbino, falou sobre os avanços na execução do PAA graças a todos os utensílios recebidos com o Convênio: “Tudo o que recebemos só veio a somar. Antes os responsáveis pelas entidades socioassistenciais tinham que pagar para vir buscar as doações e hoje nós temos como entregar e ainda garantindo a qualidade dos alimentos”. Explica o gestor.

Ananás recebeu do Governo do Estado um caminhão baú refrigerado, duas balanças, cadeiras, computador, impressora, pallets entre outros equipamentos. Atualmente eles compram de 25 agricultores familiares, por meio do PAA. Alguns dos alimentos que adquiridos são, melancia, farinha, azeite de coco e banana sendo todos destinados ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e ao Hospital Municipal. De acordo com o secretário Rodrigo Balbino após o retorno das aulas com o a diminuição de casos de Covid 19 as escolas também voltarão a receber os donativos.

Para o secretário da Setas, José Messias Araújo, a estruturação das Centrais do Compra Direta são uma grande conquista para segurança alimentar do Estado: “Todos nós já conhecemos a importância desse Programa para a agricultura familiar e para as entidades sociais de nosso Estado e com essa reestruturação vamos garantir seu fortalecimento e alcance ainda maior”. Declara o gestor.

O Convênio

Com um convênio entre o Governo do Tocantins, por meio da Setas  e o Ministério da Cidadania, já foram investidos R$ 9.609.000,00 na montagem das Centrais de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar.

O convênio começou a ser executado em 2019 com a distribuição de 13 caminhões e 11 câmaras frias para atender municípios de maior porte, além de kits para atender às 139 cidades tocantinenses com mesas de escritório, cadeiras estofadas, computadores, impressoras, balanças de 30 kg e 301 kg, e paletes de polietileno, que são usados no armazenamento de alimentos.

O investimento inicial foi de R$ 5.720.000,00 entre verba federal e contrapartida do Governo do Estado. Além deste valor inicial foram somados R$ 3.889.000,00 referentes a aquisição de mais 19 novos caminhões. No momento, a Setas está em fase de aquisição de ar condicionados, freezers e caixas de armazenamento de hortifrútis que também serão entregues aos 139 municípios.

Segundo a gerente de Segurança Alimentar e Nutricional da Setas, Jéssica Santana o objetivo do convênio é equipar as Centrais de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar dos 139 municípios do Tocantins. Graças a essa estrutura será possível o armazenamento temporário adequado de produtos alimentícios, preservando sua qualidade e as características nutricionais e microbiológicas. “Essa ação vai beneficiar as entidades sociais e alunos de escolas públicas que recebem os alimentos do Compra Direta, além de fomentar a agricultura familiar das prefeituras gerando renda para os pequenos produtores e movimentando a economia local”. Explica a gerente.

Sobre o Compra Direta

O PAA é um programa de compras do governo federal executado pelo Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins – Ruraltins. A ação promove a organização produtiva e econômica no meio rural, o combate à pobreza extrema, o desenvolvimento local e a segurança alimentar e nutricional.  Os alimentos adquiridos, como hortaliças, frutas, verduras e produtos processados com certificação sanitária, são destinados a escolas ou doados para entidades da rede socioassistencial, a exemplo de creches, abrigos de idosos, hospitais, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), dentre outros públicos.

Podem participar do programa agricultores familiares tradicionais, assentados da reforma agrária, extrativistas, piscicultores, pescadores artesanais, indígenas, integrantes de comunidades remanescentes de quilombos rurais, demais povos e comunidades tradicionais, que tenham a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

Até dezembro deste ano, 111 municípios estão aptos a receber os recursos do PAA, contemplando 5.250 agricultores familiares vinculados e aprovados pelo programa, que venderão o que produzem ao Governo do Tocantins para serem doados às entidades socioassistenciais. Cada unidade familiar pode comercializar o valor de até R$ 6,5 mil ao PAA por ano. Já as entidades que vão receber os alimentos somam 1.150 instituições.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Núcleos de Identificação são abertos em Palmeiras, São Bento e Carrasco Bonito

Publicado

em

Os cidadãos que residem em Palmeiras, São Bento e Carrasco Bonito, no Bico do Papagaio, acabam de ganhar núcleos de identificação da Secretaria de Segurança Pública do Tocantins (SSP-TO).

Fruto de parcerias firmadas entre a Secretaria e as Prefeituras Municipais, por meio de assinaturas de termos de cooperação, as recém-criadas e instaladas unidades do Instituto de Identificação foram entregues às populações locais, em solenidades realizadas nessa quinta-feira, 23.

As inaugurações ocorreram na parte da manhã, em Palmeiras do Tocantins, e à tarde nas cidades de São Bento e também Carrasco Bonito. Na ocasião, o vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa, acompanhado pelo secretário de estado da Segurança Pública, Cristiano Sampaio e também pela delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra de Souza, e a diretora do Instituto de Identificação, Naídes César Silva, deputados estaduais, os prefeitos das referidas cidades e demais autoridades descerraram as placas de inauguração dos três novos núcleos.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze