Connect with us

Maranhão

Aulas presenciais na rede pública estadual do Maranhão são adiadas

Publicado

em

“Realizamos uma consulta com estudantes e pais da 3ª série do Ensino Médio e constatamos que ainda há muita dúvida e insegurança sobre a retomada das aulas presenciais no dia 10 de agosto. Sendo assim, vamos continuar com as aulas não presenciais e possibilitar mais tempo para que as comunidades escolares debatam. Vamos continuar o processo de consulta aos estudantes e às suas famílias, assim como as reuniões com o Sinproesemma”, disse o secretário da Educação, Felipe Camarão. 

Nesta terça-feira (28), a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) oficializou o adiamento da retomada das aulas presenciais para estudantes da 3ª série do Ensino Médio, matriculados nas escolas da rede pública estadual do Maranhão. 

A decisão foi tomada após a 1ª fase de consulta, realizada com pais e estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual, onde foi constatada insegurança por parte dos mesmos no processo de retomada das aulas presenciais. 

Nessa primeira fase de consulta, a maioria dos pais e responsáveis relataram que não se sentem seguros com o retorno das aulas presenciais: 58% dos pais preferem que as aulas presenciais não sejam retomadas, enquanto 42% dos responsáveis acreditam que elas devem voltar. Entre os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede pública estadual, 57% dos alunos disseram que as aulas devem retornar, enquanto 43% não se sentem seguros com o retorno das aulas. 

“Até que tenhamos tudo definido, continuaremos com as atividades remotas, que foram realizadas em toda rede desde que paralisamos as aulas nas escolas, no início da pandemia do coronavírus. Posteriormente, vamos definir nova data para a retomada da 3ª série do Ensino Médio, bem como aos demais níveis de ensino da rede pública estadual”, reforçou o secretário de educação. 
A respeito das aulas nas redes de ensino privada e municipal, a diretriz permanece a mesma: as prefeituras devem decidir sobre o retorno das aulas presenciais dos municípios, enquanto na rede particular, a decisão deve ser tomada entre pais, alunos, professores e diretores.  

“Temos sugerido que as famílias dos estudantes das redes privadas e municipais procurem os respectivos gestores. Neste momento, não há razões sanitárias para que o estado intervenha em redes privadas ou municipais. Se houver, poderá ter intervenção posteriormente”, pontuou o secretário.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Maranhão isenta taxa para insumos hospitalares e abertura de novas empresas

Publicado

em

O governador do Maranhão, Flávio Dino, fez o anúncio de duas novas medidas fiscais com o objetivo de aquecer a economia do estado. Uma delas é a isenção de taxas para abertura de novas empresas até o dia 19 de novembro. A segunda é a isenção de ICMS para insumos hospitalares e medicamentos utilizados no combate ao novo coronavírus.

Segundo Dino, desde o início da pandemia, o estado atuou nessa linha, já que houve isenções, parcelamentos e adiantamentos de impostos, além de investimentos em obras, serviços e editais, por exemplo. 

Por meio das MPs 326 e 327, o estado pretende isentar o ICMS para doação de equipamentos de proteção individuais, como máscaras e álcool em gel. Esse material deve ser utilizado durante as eleições. Além disso, há a isenção em outros 111 produtos hospitalares, como medicamentos, até o dia 31 de dezembro deste ano.

Já para a abertura de novas empresas, por 60 dias, a Junta Comercial não cobrará taxas. A medida passou a valer nesta segunda-feira (21) e abrange os segmentos de Empresário Individual (EI), Empresa Limitada (LTDA), Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (EIRELI), Sociedade Anônima (S/A) e Sociedade Cooperativa. (Brasil 61)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Dia da Árvore é comemorado com plantio e doações de mudas

Publicado

em

Em comemoração ao Dia da Árvore, celebrado nesta segunda-feira, 21 de setembro, a Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, realizou plantio e distribuição de mudas de árvores nativas e frutíferas. Ação aconteceu no Jardim Tropical, onde foram plantadas 30 mudas e distribuídas 150, entre Ipê, Açaí e Oiti, além de material educativo e lixo car.

“Objetivo desse dia é promover a importância da preservação das árvores e das florestas. Nós temos vários motivos para plantar uma árvore. É um ar-condicionado natural, que regula a temperatura e o clima, reduz a contaminação, preserva a fauna, protege o solo, enfim, são vários benefícios. Este ano, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, tivemos que realizar um trabalho diferente dos anos anteriores”, destacou a secretária de Meio Ambiente, Rosa Arruda.

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro de 2020 com objetivo principal de conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.

As atividades foram coordenadas pelo Departamento de Educação Ambiental e Áreas Protegidas da Semmarh. Segundo a diretora Bárbara Brenda Soares, objetivo das ações é envolver a população no cuidado ao meio ambiente.

“O Município tem feito a reposição da arborização urbana, mas nossa intenção é despertar o envolvimento das pessoas, de forma mais incisiva, para que isso se desdobre no decorrer de todo o ano”, disse Bárbara Brenda.

Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores são constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. O desmatamento afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar erosões, assoreamento de rios, redução do regime de chuvas e da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Avenida Silvino Santos recebe obra de drenagem profunda

Publicado

em

Com objetivo de resolver em definitivo o acúmulo e escoamento de água no meio da pista, a Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, trabalha na construção de rede de drenagem profunda na Avenida Silvino Santos, bairro Ouro Verde.

Com isso, o trânsito de veículos foi desviado para Rua São Domingos durante o período de construção da galeria pelas equipes de drenagens da Sinfra. Medida atende reivindicação dos moradores que aguardam por obras de saneamento.

“Depois de realizar levantamento técnico, Prefeitura iniciou a construção de drenagem na Avenida Silvino Santos para resolver o acúmulo de água que danificava o pavimento asfáltico”, explica o secretário de Infraestrutura Zigomar Filho.

Ele também informou que o município começou na semana passada a construção de mais de 230 metros de drenagem profunda nas ruas Pompeu Marinho e João Walcacer, no Parque das Palmeiras. Ação visa ainda normalizar o trânsito de veículos de acesso de interligação a Avenida Pedro Neiva de Santana.

“Essa obra visa acabar ainda com alagamentos verificados durante o período chuvoso nas ruas do bairro, causando transtornos aos moradores”, finaliza.

Continue lendo
publicidade Bronze