Connect with us

Tocantins

Aves tocantinenses estão proibidas de ser comercializadas no PA

Publicado

em

O comércio de aves produzidas no Tocantins foi restringido pela Agência de Defesa Agropecuária do Pará (ADEPARÁ).  Com a restrição, produtores do ramo da avicultura, na região norte do estado, estão preocupados com destino dos frangos.

Manoel Fernandes diz que, há 40 dias, as aves da granja que ele produz estão proibidas de entrar no estado do Pará. Ele é um dos 80 avicultores que fazem parte de um sistema associativista, que trabalha de forma integrada com uma empresa que comercializa aves na região norte do estado.

Na propriedade dele, em Tocantinópolis, região norte do estado, são cinco galpões, três deles construídos recentemente. A estrutura tem capacidade para abrigar até 60 mil aves. Um investimento de R$ 2,5 milhões. “Produto de qualidade, mas não tem pra onde levar”, diz, acrescentando que 25% da produção vai para o Pará. “Eles não estão deixando entrar, aí o  galpão da gente fica como depósito. Todo dia morre 100, 150, dependendo do galpão morre até 200 [aves] por dia.”

Na região norte do Estado, são produzidas cerca de 400 mil aves por semana, o que representa mais de R$ 8 milhões por mês.  Edson  Negreiros está preocupado com a situação.  “No meu caso, nós temos R$ 5 milhões de investimento, se nós pararmos por aí, como que nós vamos conseguir pagar nossas prestações”, questiona .

Segundo o Diretor da Empresa de Aves, Adson Santa cruz,  a agência do estado do Pará alegou, dentre outros problemas, que a Guia de trânsito Animal não estava sendo preenchida corretamente e a empresa não teria um cadastro junto a ADEPARÁ. ” Buscamos documentar a consulta junto ao órgão do estado do Pará, posicionamos para o Ministério da Agricultura oficialmente, tivemos a resposta de que não poderia ter essa atuação arbitrária do Pará, no entanto, continua com o posto fiscal travado”, diz o diretor.

Enquanto o problema não é resolvido, as aves, que ficam prontas para o abate com  45 dias, estão se acumulando nos criadouros.  “Prejuízo grande, meu prejuízo aqui chega a 30%”, ressalta Manoel.

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) diz que já se reuniu com técnicos da ADEPARÁ para tentar resolver o problema, já que não existem justificativas sanitárias para que as aves do Tocantins não sejam comercializadas em outros estados.  A Adapec informa ainda que está aguardando a decisão do estado do Pará para liberar a fronteira. ADEPARÁ foi procurada para falar sobre o caso, mas não respondeu às solicitações. (G1)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Trecho da TO-423 entre Araguaína e Babaçulândia recebe melhorias

Publicado

em

Melhorias executadas pelo Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), na Rodovia TO-423, trecho que vai do entroncamento com a TO-222 (próximo à Araguaína) até entroncamento com a TO-424 (próximo à Babaçulândia), região norte do Estado, corrigem irregularidades no leito da estrada garantindo a trafegabilidade e a segurança dos usuários.

O trecho, com 28 km de extensão, recebeu na primeira quinzena de janeiro deste ano, os serviços de patrolamento, recuperação de pontos críticos e correção de atoleiros de uma equipe técnica da Residência Rodoviária de Araguaína. De acordo com o coordenador da unidade, Maurício de Oliveira, os trabalhos seguem o cronograma de manutenção da pasta. “O trecho é de tráfego médio, mais utilizado por moradores do município de Araguaína e da zona rural da região”.

A rodovia é utilizada para o escoamento da produção de hortaliças da zona rural, além de via de acesso a propriedades de chácaras de lazer e de balneários da região. A manutenção garante a trafegabilidade e segurança no trecho.

“As rodovias que cortam zonas rurais são importantes, pois dão aos moradores dessas regiões condições de acesso a produtos, bens e serviços como educação, saúde e lazer”, diz a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin. A gestora acrescenta ainda que o cronograma de manutenção do órgão busca atender a todas as regiões do Tocantins. (Daniela Oliveira)

Continue lendo

Tocantins

TV Norte/SBT Tocantins começa o ano com novos apresentadores

Publicado

em

O ano começou com mudanças na tela da TV Norte/SBT Tocantins, com alterações nos dois maiores programas da casa: o Povo Na TV e o jornal Notícias Tocantins.

As novidades fazem parte de uma série de mudanças que marcam uma nova etapa na história da TV Norte/SBT Tocantins. Em outubro do ano passado, O Grupo Norte de Comunicações formalizou a compra da sociedade em operações da TV no Tocantins, se tornando a principal afiliada do SBT no estado, com sedes em Palmas, Gurupi e Araguaína.

A jornalista Marisol Almofrey, que apresentava o Notícias Tocantins, ficará a frente do Povo Na TV, que vai ao ar entre meio dia e 13h, dando uma nova cara e um tom mais leve, aproximando casa vez mais o telespectador da notícia.

Já Wagner Quintanilha, o mais novo contratado da casa, vai comandar o jornal Notícias Tocantins, exibido de segunda à sexta-feira, a partir das 19h15, trazendo seus mais de 30 anos de experiência em comunicação para somar com a equipe de jornalismo da TV Norte Tocantins
O diretor da TV Norte Tocantins, Júlio Prado, ressalta que este é um momento importante na história da emissora. “A chegada o Wagner Quintanilha nos enche de expectativa. Ele é um nome conhecido, que vem para reforçar nosso compromisso com a informação de credibilidade. Temos um time de peso, para oferecer ao nosso telespectador um jornalismo crítico, sério e com uma importância social, e o Quintanilha é um profissional competente que vai nos ajudar a seguir reafirmando nosso compromisso com os tocantinenses”, afirma.

Wagner Quintanilha afirma estar feliz com o novo desafio. “Eu chego com uma expectativa muito grande de somar com o trabalho de grandes profissionais que já vem executando um belíssimo trabalho na TV Norte Tocantins. Estou muito orgulhoso de poder fazer parte time, e vamos fazer um bom trabalho juntos”, disse.

Quem assiste a TV Norte/SBT Tocantins, vai poder acompanhar essas mudanças e o crescimento no jornalismo da casa. A aposta é uma comunicação mais leve, mais dinâmica, e cada vez mais próxima de quem participa da programação. É uma nova forma de trabalho, mas com a mesma seriedade, comprometimento e credibilidade que o telespectador merece.

Continue lendo

Tocantins

Foragido da Justiça de Goiás é preso ao tentar renovar CNH no Tocantins

Publicado

em

Em ação realizada nesta quarta-feira, 20, em Gurupi, policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil efetuaram a prisão de um homem, 46 anos. O homem estava nas dependências da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), onde formalizava processo para renovar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o delegado-regional de Gurupi, Alicindo Augusto Celestino, a prisão se deu em virtude de cumprimento a mandado de prisão, oriundo da Comarca de Niquelândia (GO). “Os policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil receberam informações do serviço de inteligência do Detran, de que um homem estaria tentando renovar sua CNH, mas apresentava certo nervosismo e, desse modo, foi solicitado a presença dos policiais civis no órgão”, disse o delegado.

Os agentes foram até a Ciretran e em seguida, abordaram o suspeito e, após realizar buscas no Banco Nacional de Mandados de Prisão, descobriram que o homem era procurado pela Justiça de Niquelândia-GO e havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

O homem foi preso e conduzido até a 12ª Central onde o delegado plantonista deu cumprimento à ordem judicial. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Continue lendo
publicidade Bronze