- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 23 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

AXIXÁ: Justiça reprova contas de campanha de Idaelson, Neguim e Rosirene

Mais Lidas

Foram reprovadas pela Justiça Eleitoral, as prestações de contas de campanha de todos os candidatos derrotados a Prefeitura de Axixá, no Bico do Papagaio, que está entre os mais importantes municípios da região.

O candidato do PATRIOTA, Idaelson Morais, sequer chegou a apresentar sua prestação de contas junto a Justiça, veja AQUI a decisão. Já Neguinho (PL), teve as contas desaprovadas e foi multado em R$ 5 mil, leia a decisão AQUI. A segunda colocada, Rosirene Abreu (PSL), ficou em uma situação ainda pior. Teve as contas julgadas irregulares, que foi condenada a pagar uma multa de R$ 100 mil, veja AQUI a decisão.

A prestação de contas eleitoral é um processo formal realizado pelos candidatos em eleições. Ele é feito para informar a Justiça Eleitoral e os cidadãos sobre os recursos arrecadados e gastos durante a campanha. O objetivo da prestação de contas é garantir que as eleições sejam realizadas de forma transparente e que os recursos públicos sejam utilizados de forma eficiente.

O procedimento de prestação de contas tem o objetivo de garantir a transparência e a legitimidade das eleições. Através deste procedimento, é possível saber a origem, o destino e os valores utilizados pelos candidatos nas suas campanhas. Isso ajuda a inibir o abuso de poder econômico e os desvios de finalidade na utilização dos recursos públicos. Assim, a prestação de contas ajuda a preservar a igualdade de oportunidades materiais na disputa eleitoral.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias