Connect with us

Pará

Baixo nível do rio Tocantins provoca racionamento de água em Marabá-PA

Publicado

em

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) informa que haverá racionamento de água nos núcleos Nova Marabá e Cidade Nova, no município de Marabá, sudeste do estado. A Companhia esclarece que a medida é necessária devido ao baixo nível do rio Tocantins, de onde é feita a captação de água bruta para a Estação de Tratamento de Água da Nova Marabá, que distribui para os dois núcleos.

O racionamento começa na noite desta quarta-feira (30) quando a distribuição de água para o núcleo Nova Marabá será fechada e apenas a Cidade Nova terá o abastecimento disponível durante toda a noite. Na manhã da quinta-feira (31), a Cosanpa fará o movimento inverso para que Nova Marabá comece a receber água, alternando o fornecimento de água para cada núcleo em 12 horas. A Cosanpa ainda não sabe precisar por quanto tempo será necessário manter essa medida.

Segundo Ângela Raiol, coordenadora Técnica da Cosanpa em Marabá, a escolha da liberar o fornecimento de água para Nova Marabá pela manhã deve-se aos hospitais instalados na área.

“É indispensável que o núcleo Nova Marabá tenha água durante o dia, pois é onde ficam dois grande hospitais da cidade”.

O presidente em exercício da Cosanpa, Antônio Crisóstomo, pede a compreensão da população de Marabá e esclarece que é a primeira vez que a companhia necessita adotar uma medida extrema desse tipo no município.

“O índice pluviométrico foi muito baixo esse ano e nós perdemos 40% da vazão na ETA Marabá, por isso será necessário desligar uma das bombas para não danificar o sistema e isso implicará nesse racionamento de água”, concluiu.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Águia pega o Tapajós neste domingo

Publicado

em

Neste domingo, 7, o Águia de Marabá, vai até Belém, enfrentar o Tapajós, da cidade de Santarém, pela segunda rodada do Campeonato paraense 2021. A partida será realizada no estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, no distrito de Outeiro, região metropolitana de Belém, às 10h, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Boto não vai mandar nenhuma partida em Santarém, no estádio Colosso do Tapajós.

Segundo a comissão técnica, o Boto deve mandar outras partidas do Parazão no mesmo local.

O Águia estreou na competição, vencendo a Tuna luso, no Zinho de Oliveira, em Marabá, por 3 a 2. Já o Tapajós, perdeu para o Independente em Tucuruí por 1 a 0.

Continue lendo

Pará

TUCURUÍ: Independente fica no empate com Tuna Luso em Belém

Publicado

em

Tuna Luso e Independente Tucuruí empataram em 2 a 2 na manhã deste sábado, 6. O confronto aconteceu no Estádio do Souza, em Belém, pela segunda rodada do Campeonato Paraense 2021. No primeiro tempo, a Lusa saiu na frente com Pedrinho, aos 34, mas sofreu o empate do Galo Elétrico um minuto depois, através do artilheiro Danrlei. Na volta do intervalo, Railson, aos 14, se aproveitando de uma falha do goleiro Evandro Gigante, virou o resultado a favor do time tucuruiense. Aos 20, entretanto, Neto, em um bonito gol de fora da área, deixou tudo igual. No geral, a Cruz de Malta foi melhor, mas errou demais diante de um Galo eficiente.

A Tuna – que ainda não venceu – somou o primeiro ponto no Grupo B, está na segunda colocação, mas corre o risco de ficar na lanterna ao final da rodada. No Grupo C, o Independente, com quatro pontos, só pode perder a liderança para o Águia de Marabá, que tem três e enfrenta o Tapajós, em Belém, neste domingo – clique e confira a tabela de classificação e os jogos do Parazão.

Na quarta-feira, dia 10, a Tuna mede forças com o Castanhal no Modelão, a partir das 10h. O Independente Tucuruí só volta a campo no dia 14, um domingo, contra o Gavião Kyikatejê, no Zinho Oliveira, às 16h.

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Idosos com 80 anos começam a ser vacinados

Publicado

em

Com a chegada de mais 890 doses da vacina Covishield, referente à 4ª remessa da 1ª fase de imunização, Parauapebas dá seguimento ao plano de vacinação. 15% deste quantitativo atenderá os profissionais de saúde, entre eles, os que trabalham no presídio.

As demais doses serão destinadas aos idosos. Além das pessoas com mais de 90 anos, o município começou a imunizar esta semana idosos a partir de 80 anos. A secretaria municipal de Saúde (Semsa) reforça que a vacinação segue normalmente, de acordo com disponibilidade das vacinas.

A vacinação pode ocorrer em domicílio, caso o idoso tenha dificuldade de locomoção. Para isso, um familiar e/ou responsável deverá solicitar o atendimento preferencial na secretaria de saúde, localizada na rua E, nº 481 – bairro Cidade Nova, das 7h às 11h e das 13h às 17h.  

“Pedimos a compreensão da população, principalmente para o público prioritário. Conforme Nota Técnica nº 013, emitida pelo Ministério da Saúde, devemos antecipar a imunização dos idosos, paralelamente a vacinação dos profissionais de saúde”, explicou Michele Ferreira, Diretora da Vigilância em Saúde.

“No atual cenário, a quantidade de doses disponibilizada para os estados e municípios ainda não é suficiente para alcançar todo o esquema vacinal da primeira fase. Assim, à medida em que as doses forem chegando, os calendário será devidamente seguido para cada grupo populacional”, conclui Gilberto Laranjeiras, secretário de saúde. (Nívea Lima / Foto: Elienai Araújo)

Continue lendo
publicidade Bronze