Connect with us

Pará

Baixo volume de água preocupa moradores de Parauapebas-PA

Publicado

em

Todos os anos a história se repete, mas nesse mês de outubro já se verifica que a situação poderá ser mais grave este ano.
Longe ainda de se iniciar o período de chuvas e moradores das cidades de Parauapebas e Canaã dos Carajás já estão preocupados com o baixo volume das águas do Rio Parauapebas. A estiagem prolongada e a retirada descontroladamente de água na região e o crescimento das cidades vêm contribuindo para que o nível das águas se apresente menor que o esperado para esse período do ano. Em vários pontos do rio já é possível fazer a travessia com as águas batendo na altura dos joelhos. “É uma situação preocupante. Se não for tomado alguma medida, poderemos ficar sem água num curto prazo de tempo”, afirmam membros da Associação Brasileira de Acadêmicos e Ambientalistas – ABRAA.
O rio Parauapebas, localizado no centro-sul do Estado do Pará e cortando o município de mesmo nome, é responsável pelo fornecimento de água para quase a totalidade do abastecimento público da cidade, além de servir como fonte de recreação e pesca. O baixo nível das águas do rio está preocupando moradores, pescadores e membros da Associação Brasileira de Acadêmicos e Ambientalistas – ABRAA que tem como objetivo de realizar atividades educacionais, treinamentos, ensino, pesquisa e extensão de forma a orientar a sociedade sobre a importância de se preservar o meio ambiente em áreas urbanas e rurais.
Para a Associação Brasileira de Acadêmicos e Ambientalistas que realizou no último domingo (2) uma visita técnica no local, o nível do rio atingiu índice alarmante, podendo levar um colapso em um futuro próximo, como a escassez da água.
A ABRAA tem como princípio a garantia do desenvolvimento sustentável, respeitando e fazendo respeitar a biodiversidade de cada bioma do País e as suas especificidades, além do objetivo de realizar atividades educacionais, treinamentos, ensino, pesquisa e extensão de forma a orientar a sociedade sobre a importância de se preservar o meio ambiente em áreas urbanas e rurais. (Ascom Abraa)
publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Integrantes do MST obstruem BR-155

Publicado

em

Por volta das 7, deste segunda-feira, 29, integrante no Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST), bloquearam passagem na rodovia BR-155, em frente à Fazenda Cedro, em Marabá, na região de Carajás, Pará.

Às 9 horas os manifestantes iniciaram um movimento de liberação parcial, deixando passar uma parcela dos carros, para diminuir a fila de carros, mas prometem seguir com o bloqueio ao longo do dia.

Segundo Welington Saraiva, coordenação estadual do MST, foi a única forma que o grupo encontrou de chamar a atenção das autoridades e tentar cancelar o que chama de “despejo”. Ele afirma que são 150 famílias naquele acampamento na fazenda. “Entendemos que despejo no período de pandemia é crime e violação aos direitos humanos”, defende.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 27 e 28

Publicado

em

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: 13ª da Prefeitura será pago dia 7 de dezembro

Publicado

em

O secretário de administração de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, Cássio André Flausino, anunciou as datas de pagamento do 13ª Salário e os meses de novembro e dezembro.

O 13ª Salário será pago dia 7 de dezembro. O pagamento do mês de novembro será nesta sexta, dia 26 e o mês de dezembro, dia 17 do mesmo mês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze