Connect with us

Maranhão

Bando estoura caixas de autoatendimento do Banco do Brasil e Bradesco de Davinópolis

Publicado

em

A população da cidade de Davinópolis, localizada a cerca de 18 km de Imperatriz, passou momentos de pânico durante a madrugada dessa terça-feira (26).

Um bando composto por cinco bandidos, segundo informações da Polícia Militar do destacamento daquela cidade, estourou os caixas de autoatendimento do Banco do Brasil e do Banco Brasileiro de Descontos (Bradesco) por volta de três horas da madrugada.

De acordo com as primeiras investigações, o bando teria chegado a Davinópolis em dois veículos do tipo Gol e foi direto para os locais onde ficam os postos de autoatendimento do Banco do Brasil e Bradesco, que ficam a menos de 50 metros um do outro, embora em ruas diferentes. O posto do Bradesco fica situado na Rua David Michel, enquanto que o do Banco do Brasil, na Rua João Lisboa, no centro da cidade. Um vigilante de quarteirão que passava no momento foi rendido e amarrado pelos bandidos.

O bando colocou dinamite nos dois caixas, que explodiram simultaneamente, deixando um rastro de destruição nos locais. Logo em seguida, os elementos fugiram e até o início da noite de ontem a polícia não tinha nenhuma pista que pudesse levá-la aos bandidos.

Policiais do destacamento da Polícia Militar de Davinópolis ficaram dando segurança, principalmente no posto de autoatendimento do Bradesco, já que pelo menos até ao meio-dia, não tinha aparecido nenhum funcionário para verificar a situação.

Policiais do Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública estiveram nos locais, onde foram feitas as primeiras investigações.

Os valores roubados pelo bando não foram informados, mesmo porque ainda serão feitos levantamentos para saber da quantia que tinha nos caixas eletrônicos. Funcionários do posto de autoatendimento do Banco do Brasil desmentiram que no dia anterior à ação criminosa o caixa eletrônico tenha sido abastecido. Nenhum funcionário do posto de autoatendimento do Bradesco foi visto no local. (O Progresso)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze