Connect with us

Tocantins

BRK Ambiental: saiba quais os fatores impactam o valor final da conta de água

Publicado

em

No período de estiagem, que começa no Tocantins no mês de julho e se estende até outubro, os cuidados com o consumo de água devem ser redobrados. Em função do calor e do clima mais seco, neste período há um aumento natural no consumo de água, no entanto, é também nestes meses mais secos do ano que os reservatórios de água ficam com níveis mais baixos. Por isso, economizar água nestes meses pode gerar economia para o bolso do cliente e preservar esse recurso tão importante.

“O valor final da conta de água é um aspecto que impacta diretamente o cliente, por isso é tão importante que ele entenda como fazer a gestão do seu consumo. E uma forma de ter esse entendimento é conhecer os seus hábitos de consumo, quais os fatores podem impactar o volume de água consumido e consequentemente o valor final da conta”, destaca Ricardo Ferraz, gerente comercial da BRK Ambiental.

Ele completa que, neste sentido, o cliente precisa ficar atento a três pontos: consumo no dia a dia (tempo de banho; uso de torneiras no jardim; lavagem de roupas, casa, calçadas etc), se há vazamentos nas ligações interna (válvulas de descargas; pias, torneiras, vazamentos ocultos etc) ou ainda a faixa de consumo em que ele está enquadrado.

“Ao avaliar esses pontos, o cliente vai identificar em quais atividades ele gasta mais água e onde pode economizar, ou ainda se há vazamentos. Para se ter uma ideia, só o chuveiro é responsável por mais de 30% do volume de água usado mensalmente em uma casa. Outros 30% de consumo doméstico de água, em média, escorre pelas descargas, especialmente quando os vasos sanitários utilizam modelos de válvulas mais antigos”, exemplifica Ricardo Ferraz.

Nesse sentido, atitudes simples podem gerar grandes mudanças no valor final da conta. Reduzir em cinco minutos o tempo no banho, por exemplo, pode significar uma economia de 1.350 litros de água ao fim de um mês. No caso de uma família com quatro pessoas, a redução é ainda mais significativa. Outro jeito de reduzir gastos passa pela escolha da válvula de descarga. As descargas de acionamento duplo podem economizar até 75% de água, em uma comparação com as descargas comuns.

Economia em toda a casa

As outras áreas da casa também concentram focos de desperdício. Mudanças nos hábitos de lavar louças, regar plantas e usar a máquina de lavar ajudam a entrar de cabeça no consumo consciente e reduzir o valor da conta de água. Confira quatro dicas para começar já:

1. Foco na cozinha
Reduza a necessidade de água na hora de lavar louça. Antes de pegar a esponja, despeje no lixo todos os restos de alimentos que ainda estejam grudados em pratos e panelas. Mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa os utensílios. 

2. Máquina cheia
Uma média de 135 litros de água são usados cada vez que você aciona uma máquina de lavar roupas com 5 quilos de capacidade. Aguarde para só usar o aparelho quando já tiver acumulado roupa suficiente para enchê-lo. Você também pode reservar a água que sobra da lavagem e reutilizá-la na limpeza da casa. 

3. Nada de mangueira
A mangueira é uma das grandes vilãs do desperdício de água: 30 minutos de mangueira ligada representam a perda de 558 litros de água. O volume equivale ao necessário para 12 banhos de 5 minutos. É muito, né? Vassoura para a calçada, baldes para lavar o carro e regadores para as plantas são algumas alternativas contra o desperdício.

4. Redutores de vazão
Os redutores são vendidos em lojas de materiais hidráulicos e home centers. Os equipamentos são acoplados a chuveiros e torneiras que têm vazão intensa, acima do necessário, e podem ajudar a reduzir em até 50% o consumo de água.

Sobre vazamentos, a BRK Ambiental separou mais algumas dicas:

1. Verifique a válvula de descarga e as demais instalações hidráulicas
Uma descarga desregulada desperdiça 20 litros de água toda vez que é acionada. Um cano com vazamento de 2 mm escorre 96 mil litros de água em um mês e uma torneira gotejando perde 40 litros de água por dia. 

2. Verifique seu hidrômetro
Feche bem torneiras, chuveiros e não utilize vasos sanitários ou máquina de lavar roupas. Na sequência, confira a medição de seu hidrômetro. Se ele estiver girando mesmo sem nenhuma utilização de água, pode haver vazamento em algum lugar.

3. Observe a caixa d’água
Às vezes, a origem do vazamento pode estar na caixa d’água. Faça o teste e contate um técnico para reparos caso confirme o problema. Feche o registro de saída do reservatório e a torneira da boia. Marque no reservatório o nível de água. Aguarde uma hora e verifique o nível da água. Se o nível baixou a partir da marca, existe vazamento.

4. Infiltração e umidade
A infiltrações em paredes e pisos ajudam a denunciar vazamentos nos canos que distribuem água na sua residência. Busque por sinais de tinta descascando ou pisos molhados. Verifique por sinais de umidade e caso constate, busque ajuda de um encanador. Esses vazamentos são os mais difíceis de serem encontrados, pois estão ocultos, dentro das paredes. Por isso, em caso de suspeita, como um aumento súbito na quantidade de água consumida, contate um técnico para identificar a origem e realizar os reparos e informe o quanto antes para a BRK.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Para enfrentar a crise, 64% das empresas tocantinenses vendem por canais digitais

Publicado

em

O comércio eletrônico foi a forma que a grande maioria das empresas encontrou para enfrentar a crise gerada pela pandemia de Covid-19. De acordo com a 9ª edição da pesquisa “O Impacto da Pandemia de Coronavírus”, elaborada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), sete em cada dez empresas brasileiras já atuam nas redes sociais, aplicativos ou internet para impulsionar suas vendas. Em maio, bem no início da pandemia, esse percentual era de 59%.

Para o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, a internet tem sido uma grande aliada na sobrevivência dos negócios. “As compras pela internet se intensificaram e os empresários tiveram que se readaptar para manter o negócio funcionando. O ambiente virtual se tornou um aliado cada vez mais forte e importante para compra e venda de produtos e serviços”, afirmou.

No Tocantins, a plataforma WhatsApp é a preferida pelos empreendedores que inseriram o mundo virtual nas suas vendas, com 94% de adeptos. Instagram e Facebook são as próximas opções, com 47% e 39%, respectivamente. Apenas 8% dos negócios vendem por sites próprios.

“Isso demonstra que plataformas já conhecidas e com grande capilaridade são mais procuradas pelos empreendedores, que levam em consideração custos de manutenção e a confiabilidade do meio”, destacou Gomes.

Outro dado apontado pela pesquisa é que 59% das empresas tocantinenses continuam funcionando, mas tiveram mudanças em suas rotinas em 2020. Além disso, 34% dos entrevistados comercializaram novos produtos e serviços desde o surgimento da crise do coronavírus. Para 45% dos empresários tocantinenses, os desafios estabelecidos pela instabilidade provocaram mudanças valiosas em seus negócios.

Continue lendo

Tocantins

Ministério da Saúde aumenta de 29 mil para 44 mil doses da Coronavac para o Tocantins

Publicado

em

A quantidade de doses da vacina CoronaVac, que inicialmente seria de 29.840 para o Tocantins, teve porção aumentada para 44 mil. A informação foi oficializada pelo secretário de estado da Saúde, Edgar Tollini, na noite desta segunda-feira, 18, no lançamento da campanha de vacinação contra a Covid-19.

Essas doses serão destinada para profissionais da saúde, idosos e indígenas.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e, no Brasil, será produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no domingo (17). A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford, cujas doses devem chegar ao país nas próximas semanas.

Continue lendo

Tocantins

Pedido de devolução de taxa de concurso da PM do Tocantins anulado já pode ser feito

Publicado

em

A Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO) deu início nesta segunda-feira, 18, ao período de cadastramento on-line para solicitação de reembolso do concurso da corporação. Todas as informações referentes ao processo de estorno da taxa de inscrição estão disponíveis no Edital n° 001/2020, publicado no site da PMTO (https://bit.ly/35NY8TW).

O sistema on-line de reembolso está disponível por meio do endereço eletrônico: http://ressarcimentoconcurso2018.pm.to.gov.br A plataforma segue aberta para cadastro até o dia 3 de março de 2021.

Após o período de cadastramento, a PMTO fará a análise dos pedidos encaminhados e, posteriormente, dará início aos pagamentos, que serão feitos em lotes.  O calendário para esta etapa será divulgado em uma nova data.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras Barbosa, o compromisso é finalizar mais essa etapa do concurso cancelado, obedecendo todos os critérios legais para tal.

“Em respeito aos cidadãos que depositaram sua confiança na nossa valorosa instituição, nós cumprimos todos os caminhos legais para ressarcir os inscritos no último concurso PM/TO, cancelado. Agradecemos o apoio dado pelo Governo do Tocantins por meio de várias secretarias e da Procuradoria-Geral do Estado que foi fundamental para concretizarmos esta etapa”, ressalta.

Como fazer o cadastro

O usuário apto para o reembolso deve acessar o endereço eletrônico indicado, clicar em “Primeiro Acesso” e preencher os dados solicitados para validação, a fim de criar acesso ao sistema (login e senha).

Após acessar o sistema, o candidato deverá indicar para qual certame ele está solicitando o reembolso, preenchendo os dados solicitados. Em seguida, o usuário deve fornecer ainda um documento de identificação com foto emitido por órgãos oficiais (obrigatório).

A PMTO destaca ainda que não se responsabiliza por dados incorretos ou preenchimento incompleto das informações ao envio do cadastro, e que somente serão aceitas contas bancárias do tipo Conta Poupança e/ou Conta Corrente cujo titular seja o candidato inscrito. Bancos virtuais ou congêneres não serão aceitos para o reembolso.

Continue lendo
publicidade Bronze