Connect with us

Tocantins

Celtins aguarda posição da ANEEL sobre suspensão de reajuste

Publicado

em

O reajuste de 10,23% na tarifa de energia elétrica no Tocantins está suspenso, por efeito de uma decisão liminar obtida pelo governo estadual junto ao Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ). A Companhia de Energia Elétrica do Tocantins (Celtins) afirmou que cumprirá a decisão judicial, que impõe multa diária de R$ 1 milhão em caso de descumprimento, e que só adotará medida sobre a suspensão do reajuste após consulta à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A agência informou que a diretoria da ANEEL irá se reunir para deliberar sobre o assunto, em data ainda não definida.

Em entrevista coletiva ontem, o procurador-geral do Estado, André Matos, afirmou que o governo do Estado está preparando outra ação buscando decisão definitiva sobre o assunto. “A liminar, que foi conseguida de forma urgente, é só o primeiro passo do governo que deve continuar buscando decisões mais sólidas para impedir o aumento”, afirmou.

Segundo ele, a ação do governo estadual que resultou na liminar obrigando a concessionária a suspender a cobrança, foi embasada no impacto econômico que o aumento na tarifa de energia elétrica causaria aos consumidores residenciais e industriais do Tocantins. “A Justiça entendeu que é procedente a afirmação que o governo faz de que o aumento provocaria um impacto danoso ao consumidor, além de colocar em risco a produção industrial do Estado”, disse Matos, que assinou a ação.

Sobre o fato de o governo só ter se manifestado após o reajuste da tarifa – cuja proposta foi enviada pela Celtins há um mês -, Matos disse que houve tentativas de discutir a questão junto à concessionária. “O governo buscou formas de discutir esse reajuste com a Celtins, mas não recebeu, desde a intervenção da ANEEL na concessionária, as informações necessárias para debater o reajuste da tarifa”, justificou o procurador.

Presidência

Outra frente de atuação do governo estadual, segundo Matos, ocorreu no âmbito administrativo, solicitando à presidente Dilma Rousseff que discutisse diretamente com a agência reguladora a possibilidade de retirar o aumento na energia elétrica para o Tocantins. “A presidente pode realizar essa intercessão em prol do Tocantins e foi neste sentido que o pedido foi realizado pelo governador, que também lembrou que o Estado é grande produtor de energia”, disse o procurador. Procurada, a Presidência da República não confirmou o recebimento do ofício enviado pelo governador Siqueira Campos. Já a Agência Tocantinense de Notícia (ATN), afirmou ontem que o documento foi protocolado, por e-mail assinado por Vanessa Vieira, assessora do Gabinete Pessoal da presidente da República.

Estatização

Um dos assuntos tratados na coletiva concedida pelo procurador-geral do Estado foi a possibilidade de compra de ações da Celtins pelo governo estadual, que atualmente tem 49% das ações e a prerrogativa de compra dos papéis. “A alternativa de estatização não foi descartada em reunião com o governador. O governo do Tocantins é sócio minoritário e com a compra de 2% das ações se tornaria majoritário. Mas o governo acredita que isso é uma medida que iria na contramão do que se fez em outras concessões como a da Companhia de Saneamento do Tocantins”, disse Matos.

Entenda

Com a decisão judicial, divulgada ontem, o reajuste nas tarifas de energia elétrica de 10,23% para consumidores residenciais (baixa tensão) e 12,96% para indústrias, fica suspenso. O governo alega que a reação tardia ao reajuste aconteceu por falta de informações referentes à elaboração da proposta de aumento da tarifa enviada pela Celtins no último dia 3 de junho à Aneel. (JT)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Trecho da TO-423 entre Araguaína e Babaçulândia recebe melhorias

Publicado

em

Melhorias executadas pelo Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), na Rodovia TO-423, trecho que vai do entroncamento com a TO-222 (próximo à Araguaína) até entroncamento com a TO-424 (próximo à Babaçulândia), região norte do Estado, corrigem irregularidades no leito da estrada garantindo a trafegabilidade e a segurança dos usuários.

O trecho, com 28 km de extensão, recebeu na primeira quinzena de janeiro deste ano, os serviços de patrolamento, recuperação de pontos críticos e correção de atoleiros de uma equipe técnica da Residência Rodoviária de Araguaína. De acordo com o coordenador da unidade, Maurício de Oliveira, os trabalhos seguem o cronograma de manutenção da pasta. “O trecho é de tráfego médio, mais utilizado por moradores do município de Araguaína e da zona rural da região”.

A rodovia é utilizada para o escoamento da produção de hortaliças da zona rural, além de via de acesso a propriedades de chácaras de lazer e de balneários da região. A manutenção garante a trafegabilidade e segurança no trecho.

“As rodovias que cortam zonas rurais são importantes, pois dão aos moradores dessas regiões condições de acesso a produtos, bens e serviços como educação, saúde e lazer”, diz a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin. A gestora acrescenta ainda que o cronograma de manutenção do órgão busca atender a todas as regiões do Tocantins. (Daniela Oliveira)

Continue lendo

Tocantins

TV Norte/SBT Tocantins começa o ano com novos apresentadores

Publicado

em

O ano começou com mudanças na tela da TV Norte/SBT Tocantins, com alterações nos dois maiores programas da casa: o Povo Na TV e o jornal Notícias Tocantins.

As novidades fazem parte de uma série de mudanças que marcam uma nova etapa na história da TV Norte/SBT Tocantins. Em outubro do ano passado, O Grupo Norte de Comunicações formalizou a compra da sociedade em operações da TV no Tocantins, se tornando a principal afiliada do SBT no estado, com sedes em Palmas, Gurupi e Araguaína.

A jornalista Marisol Almofrey, que apresentava o Notícias Tocantins, ficará a frente do Povo Na TV, que vai ao ar entre meio dia e 13h, dando uma nova cara e um tom mais leve, aproximando casa vez mais o telespectador da notícia.

Já Wagner Quintanilha, o mais novo contratado da casa, vai comandar o jornal Notícias Tocantins, exibido de segunda à sexta-feira, a partir das 19h15, trazendo seus mais de 30 anos de experiência em comunicação para somar com a equipe de jornalismo da TV Norte Tocantins
O diretor da TV Norte Tocantins, Júlio Prado, ressalta que este é um momento importante na história da emissora. “A chegada o Wagner Quintanilha nos enche de expectativa. Ele é um nome conhecido, que vem para reforçar nosso compromisso com a informação de credibilidade. Temos um time de peso, para oferecer ao nosso telespectador um jornalismo crítico, sério e com uma importância social, e o Quintanilha é um profissional competente que vai nos ajudar a seguir reafirmando nosso compromisso com os tocantinenses”, afirma.

Wagner Quintanilha afirma estar feliz com o novo desafio. “Eu chego com uma expectativa muito grande de somar com o trabalho de grandes profissionais que já vem executando um belíssimo trabalho na TV Norte Tocantins. Estou muito orgulhoso de poder fazer parte time, e vamos fazer um bom trabalho juntos”, disse.

Quem assiste a TV Norte/SBT Tocantins, vai poder acompanhar essas mudanças e o crescimento no jornalismo da casa. A aposta é uma comunicação mais leve, mais dinâmica, e cada vez mais próxima de quem participa da programação. É uma nova forma de trabalho, mas com a mesma seriedade, comprometimento e credibilidade que o telespectador merece.

Continue lendo

Tocantins

Foragido da Justiça de Goiás é preso ao tentar renovar CNH no Tocantins

Publicado

em

Em ação realizada nesta quarta-feira, 20, em Gurupi, policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil efetuaram a prisão de um homem, 46 anos. O homem estava nas dependências da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), onde formalizava processo para renovar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o delegado-regional de Gurupi, Alicindo Augusto Celestino, a prisão se deu em virtude de cumprimento a mandado de prisão, oriundo da Comarca de Niquelândia (GO). “Os policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil receberam informações do serviço de inteligência do Detran, de que um homem estaria tentando renovar sua CNH, mas apresentava certo nervosismo e, desse modo, foi solicitado a presença dos policiais civis no órgão”, disse o delegado.

Os agentes foram até a Ciretran e em seguida, abordaram o suspeito e, após realizar buscas no Banco Nacional de Mandados de Prisão, descobriram que o homem era procurado pela Justiça de Niquelândia-GO e havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

O homem foi preso e conduzido até a 12ª Central onde o delegado plantonista deu cumprimento à ordem judicial. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Continue lendo
publicidade Bronze