Elmar Batista Borges, vulgo Cenourão, suspeito de ser ‘laranja’ do ex-governador Marcelo Miranda e preso na Operação Carotenóides, da Polícia Federal, no último dia 25, saiu da prisão nesta segunda, 30, por volta das 7h.

Como o juiz durante audiência de custódia, decidiu pela prisão temporária, cujo prazo é de cinco dias, a medida vale como alvará de soltura, no caso de não haver uma nova decisão. Por conta disso, Cenourão deixou o cárcere pela manhã.

Cenourão estava preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas. Ele foi secretário extraordinário de Integração Governamental na última gestão de Miranda.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.