Connect with us

Bico do Papagaio

CESTE apresenta resultados de estudos da atividade pesqueira na Região da Hidrelétrica de Estreito

Publicado

em

O Consórcio Estreito Energia (CESTE), presidentes de colônias de pescadores da área de abrangência da Usina Hidroelétrica de Estreito e associados da Cooperativa dos Pescadores de Estreito estiveram juntos na 6ª Reunião do Comitê de Gestão Responsável pelo Projeto Integrado do Pescado da área Usina. A principal finalidade do encontro foi debater a atual situação em que se encontra os peixes no lago da Usina de Estreito e na parte do Rio Tocantins abaixo da Hidrelétrica.

Diversos temas foram debatidos como parcerias para o projeto, por meio do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), e o status do orçamento do projeto foram levantados pelos membros comitê da pesca.

O Consórcio através de profissionais especializados de empresa de consultoria externa mapeou todo o processo ocorrido no Rio Tocantins e apresentou aos pescadores um panorama geral da localidade. De acordo com o especialista do Museu Nacional, Décio Ferreira de Moraes, o reservatório está passando pelo período de adaptação, devido à grande quantidade de alimento ofertada aos peixes, ocasionada pelo aumento no volume de água nas áreas. Com o fenômeno, ocorreu o aceleramento do processo reprodutivo, resultando no surgimento do amplo número de alevinos, ocorrendo uma explosão demográfica, razão do aumento da disponibilidade de peixes para a pesca  neste momento.

O técnico afirmou que durante a campanha de campo identificou uma grande quantidade de peixes como surubins e piraras, todos abaixo do tamanho de comercialização, mas que já estão sendo pegos em redes de malhas pequenas. “Muitos pescadores são conscientes e soltam, mas o ideal é que utilizem malhas grandes”, orienta o especialista do Museu Nacional do RJ. Décio ressalta que os peixes grandes estão no lago, mas que estão espalhados no reservatório. Entretanto, ele solicitou aos pescadores que o período de defeso (quando atividades de caça, coleta e pesca esportiva e comerciais ficam vetadas ou controladas) seja respeitado na área para um desenvolvimento sadio desses peixes.

Outro ponto salientado durante a palestra foi em relação ao surgimento de espécies de peixes que havia desparecido, como exemplo o Mapará, mas que já voltaram a ser pescado na região. “Se houver todo um controle, logo eles voltarão a ser pescado com mais freqüência”, garantiu o técnico. De acordo com Décio, o próprio Mapará apresentou um tamanho elevado, comparado ao observado anteriormente. “O Tucunaré teve um crescimento exponencial, aparecendo em grande quantidade”, ressaltou o técnico.

Outra questão debatida na reunião foi em relação as ações que estão sendo desenvolvidas para a implantação do Projeto do Complexo do Pescado, o  representante do MPA, Jozafá Ribeiro Maciel, informou que o Ministério da Pesca e Aquicultura está articulando contatos com os governos do Maranhão e do Tocantins, com o objetivo de instituir parcerias para o projeto. Ressaltou ainda a inserção do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e da Federação da Indústria do Estado do Tocantins (FIETO), onde o MPA pretende concluir os estudos para assegurar a viabilidade do projeto. “O MPA realizou um seminário em Estreito com os pescadores e parceiros do projeto”, relatou Jozafá.

O CESTE informou aos pescadores que já concluiu as salas de multiuso, dotadas do píer e atracadouros que proporcionará apoio, onde atenderá em pontos estratégicos as atividades desenvolvidas pelos pescadores. “Estas salas já foram concluídas e agora com a implantação da Cooperativa dos Pescadores poderão ser repassadas a esta instituição ainda no mês de dezembro deste ano, comentou o coordenador do comitê, Izac Braz.

O Consórcio Estreito Energia apresentou ações que já foram desenvolvidas bem como os gastos que já foram empreendidos no projeto. “Apresentamos ações a serem implementadas que serão avaliadas em consonância com o estudo de viabilidade cuja responsabilidade do MPA”, ressaltou Izac Braz.

Oportunidade

O projeto do pescado tem como foco principal gerar oportunidades aos pescadores da área de abrangência da UHE Estreito, além de buscar uma melhoria de renda para estes profissionais e seus familiares. Visando a qualificação dos pescadores e piscicultores, foi realizada a visita ao centro de alevinagem, na Fazenda São Paulo. O local com aproximadamente três hectares de área de lâmina d’água (área de produção), comporta 45 tanques de diversos tamanhos, onde são desenvolvidos trabalhos de produção de oito espécies de alevinos e larvas de peixes nativos da Amazônia.

Do Complexo do Pescado

Com a implantação do Complexo do Pescado ocorrerá a potencialização do setor de pesca na área de abrangência da Usina Hidrelétrica Estreito, de modo ecologicamente adequado e economicamente viável e sustentável. Já foram construídos portos de desembarque e salas multiuso para atividades de recepção do pescado, capacitação e apoio aos pescadores, sendo que neste momento o MPA coordena estudos complementares para definir a viabilidade da implantação de um Centro Experimental de Piscicultura e Centro de Beneficiamento do Pescado em beneficio dos pescadores e piscicultores, previsto inicialmente no projeto.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

WANDERLÂNDIA: Suspeito de promover arrastão é preso pela Polícia Civil

Publicado

em

Um homem de 20 anos, suspeito de praticar uma série de roubos a transeuntes, na noite do dia 16 de julho de 2021, na cidade de Wanderlândia, no Bico do Papagaio, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins, através de ação conjunta realizada por policiais civis da 30° Delegacia de Wanderlândia, com apoio da 29ª DP Araguaína e 32ª DP de Babaçulândia, na manhã desta sexta-feira, 30.

Coordenada pelo delegado-chefe da 30ª DP, Alexander Pereira da Costa, a prisão foi realizada na cidade de Babaçulândia, em cumprimento a mandado de prisão temporária, expedido pela Vara Criminal de Wanderlândia. Na oportunidade, os policiais civis também deram cumprimento a mandado de busca e apreensão na residência que era ocupada pelo suspeito. No local, foi localizada uma carteira, subtraída de uma das vítimas.

 
Os crimes

Segundo a autoridade policial, na noite do dia 16 de julho do corrente mês, o indivíduo preso hoje, juntamente com um comparsa foi até o município de Wanderlândia, onde passou a abordar transeuntes no sentido de praticar os roubos. Portando armas de fogo e conduzindo uma motocicleta, os investigados fizeram ao menos quatro vítimas de quem roubaram todos os pertences, incluindo aparelhos celulares, carteira e dinheiro.

Ainda segundo o delegado, os crimes em série foram praticados em um curto espaço de tempo e levaram pânico e terror à população. “Os dois indivíduos praticaram uma série de crimes que levaram terror à população, pois agiam sempre com muita violência e rendiam as vítimas, com o uso de armas de fogo. Dessa forma intensificamos as investigações para identificar os dois suspeitos e efetuar a prisão dos mesmos, pois trata-se de pessoas de alta periculosidade”, ressaltou o delegado.

Após ser preso, o homem foi conduzido até a sede da 30ª DP e após a realização das providências legais cabíveis, recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Carro pega fogo no Centro

Publicado

em

Um carro pegou fogo na tarde desta sexta, 30, no Centro da cidade de Araguatins, Bico do Papagaio. O fato ocorreu na Rua Floriano Peixoto, umas das principais vias da cidade.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar as chamas.

As causas do incidente ainda não foram confirmadas.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Gomes, Jair e Auri, euforia para 2022

Publicado

em

Na capital para participarem de evento da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF), nesta sexta, 30, onde ocorrerá a entrega de máquinas e equipamentos a Prefeituras Municipais do estado de Tocantins, o prefeito de Axixá, Auri Wulange Ribeiro Jorge (PSL); o deputado estadual, Jair Farias (MDB) e o senador, Eduardo Gomes (MDB), se encontraram na noite desta quinta, 29.

Um dos assuntos mais conversado, segundo pessoas ligadas aos três políticos, foi o processo eleitoral de 2022, que ocupou mais espaço, do que o evento da CODEVASF.

Segundo pessoas que estavam no local, era perceptível a empolgação de Auri e Jair, para uma possível dobradinha, para deputado estadual e federal, tendo como padrinho, o senador Eduardo Gomes (MDB).

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze