Connect with us

Maranhão

Cinco são presos tentando fraudar vestibular de medicina, diz polícia

Publicado

em

Cinco pessoas foram presas em flagrante neste domingo (8), quando tentavam fraudar as provas do vestibular para o curso de medicina do Uniceuma, em São Luís. Segundo o delegado Augusto Barros, da Superintendência de Investigações Criminais (Seic) foram presos um médico, um dentista e três professores de cursinhos.

De acordo com o delegado Roberto Larrat que comandou a operação foram descobertos dois esquemas para fraudar o vestibular da instituição. “No primeiro caso, o médico confessou ter contratado um professor de cursinho e pago R$ 50 mil para que fizesse as provas e passasse os gabaritos. Este professor contratou outros dois colegas, especialistas em outras disciplinas para também auxiliá-lo na fraude. Os gabaritos eram encaminhados pelo professor contratado ao médico que tentava beneficiar dois filhos e dois parentes que estavam fazendo as provas. O segundo caso foi um dentista que tentava fazer a prova por um amigo. Ele apresentou uma carteira de identidade falsa. O nome era do beneficiário, mas a fotografia era do dentista. Na coleta de impressão digital foi constatado que se tratava de pessoas diferentes”, explicou o delegado.

Em depoimento à polícia, o médico João Batista Silva de Castro afirmou trabalhar no Hospital Socorrão como anestesista. Ele foi autuado em flagrante por fraude, estelionato e formação de quadrilha, bem como os professores de cursinho Noel Mendes Pereira, Ademir Ferreira Viana e Alessandra Kelly Gomes Barros. O dentista Claudinêr Uchôa Mendes Araújo foi autuado por uso de documento falso e tentativa de estelionato.

O delegado Roberto Larrat disse que nenhum dos cinco estudantes que seriam beneficiados dentro do esquema de fraude foi pego em flagrante, mas serão alvo da investigação da Seic.

As provas para o vestibular de medicina do Uniceuma foram realizadas neste domingo. Segundo o pró-reitor administrativo da instituição, Fábio Martins 1.050 candidatos disputavam 50 vagas disponíveis.

A assessoria de comunicação do Uniceuma informou que o vestibular para o curso de medicina não corre nenhum risco de ser cancelado. (G1)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze