Connect with us

Bico do Papagaio

Clientes do Bico terão condições especiais para negociar débitos com a Energisa até dia 15

Publicado

em

Pagar aquela dívida antiga, quitar uma conta que não deu pra ser paga no mês de vencimento e manter o nome limpo é o objetivo de grande parte das pessoas endividadas. E os clientes que possuem dívidas em atraso com a Energisa têm a oportunidade de mudar essa realidade. Com isso, os clientes poderão obter condições especiais na quitação de débitos, como isenção e descontos de juros, multa e correção, além do parcelamento das dívidas.

Até 15 de outubro, os clientes com pelo menos 60 dias de atraso no pagamento da fatura devem procurar as agências de atendimento presenciais da Energisa com documentos pessoais (carteira de identidade e CPF) e número da Unidade Consumidora (UC) em mãos para negociação. Os desconto nos juros de mora, multa e correção monetária variam de 10% a 100%, além do parcelamento em até 12 vezes.

“Os descontos e condições especiais de parcelamento oferecidos pela Energisa combinados a esse período de liberação do recurso FGTS são uma oportunidade única para que os clientes consigam quitar suas dívidas junto à concessionária”, ressalta Roger Pereira, coordenador de Relacionamentos da empresa.

Para outras informações, acesse o site da Energisa (www.energisa.com.br), aplicativo Energisa On, ligar no call center (0800 721 3330) ou procurar as agências de atendimento presenciais.

Sobre a Energisa

Com 114 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das mais antigas empresas de capital aberto do Brasil a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre.  O Grupo atende a 7,7 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios em todas as regiões do Brasil. Com receita líquida anual de R$ 15,8 bilhões (ano 2018), o grupo gera aproximadamente 19 mil empregos (entre próprios e terceiros).

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e energias renováveis (Alsol).

Canais:

• Aplicativo para celular Energisa On (disponível para iOS, Android e Windows Phone)

• www.energisa.com.br

• www.facebook.com/energisa

• Agências de atendimento presencial

• Ouvidoria – 0800 646 1196

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Com modelo de parceria inovador, Complexo de Delegacias começa a ser construído

Publicado

em

Foi iniciada em Augustinópolis, no Bico do Papagaio, as obras para construção do Complexo de Delegacias da Polícia Civil.

A obra é resultado de parceria envolvendo órgãos do Poder Executivo, Legislativo e Judiciário, local e estadual.

O projeto começou a ser rascunhado no final de 2018. No início de 2019, a Prefeitura Municipal realizou a doação da área para construção. Já no final de 2019, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, se reuniu com os deputados estaduais para tratar da construção do Complexo de Delegacias da Polícia Civil e solicitar a destinação de recursos para a obra.

O Complexo de Delegacias da Polícia Civil de Augustinópolis vai abrigar a 12ª Delegacia de Polícia Civil, a 13ª Delegacia de Polícia Civil e a 2ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Vulneráveis (Deamv);

A licitação para construção do Complexo não teve previsão de lucro (BDI), sendo que a empresa vencedora vai realizar a construção da obra pública apenas e tão-somente com fins sociais. No valor da obra, foram descontados os valores referentes à utilização parcial da mão de obra voluntária dos presos, tendo como contrapartida o direito à remissão de pena, em observância aos fins educativos, produtivos e ressocializadores do trabalho.

Essa será a primeira Delegacia de Polícia Civil do Tocantins construída com essa forma de convênio entre a Polícia Civil e os outros poderes, instituições e particulares.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Fiscais de trânsito fazem protestos no Bico

Publicado

em

Profissionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), realizam no Bico do Papagaio, n amanhã desta segunda, 19, um protesto encabeçado por fiscais de trânsito, nas cidades de Araguatins e Augustinópolis, além de outras dez espalhadas por outras regiões do estado.

Eles cobram respostas do órgão quanto às reivindicações da categoria feitas à gestão a cerca de seis meses.

Os fiscais querem a criação de uma escala de trabalho, pagamento de gratificação por periculosidade e redaft (Ressarcimento de despesas juntamente com o salário). A categoria reclama que os ficais fazem muitas viagens por mês e que para isso recebem diárias que levam até dois meses para serem pagas pela gestão, o que dificulta e muito a vida dos servidores.

A reivindicação já foi feita, via ofício, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (SISEPE-TO), a cerca de seis meses, mas até o momento, segundo alegam os manifestantes, nenhuma resposta foi dado pela gestão estadual sobre o assunto.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Veja os números da Covid-19 deste domingo, 18

Publicado

em

Continue lendo
publicidade Bronze