Connect with us

Pará

Codec avança no processo de licenciamento da Zona de Processamento de Exportação de Marabá-PA

Publicado

em

createthumbnail

A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Pará (Codec), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e em parceria com a Receita Federal e o Conselho das ZPEs, órgão ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, avança a passos largos no processo de licenciamento da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Marabá.

O diretor Administrativo e Financeiro da Codec, Helvio Arruda, esteve no dia 5 deste mês em Brasília, para alinhar com o conselho, o andamento do processo de licenciamento e retornou da capital do País com o compromisso de concluir os trabalhos da Codec até o dia 3 de Novembro deste ano. “Nosso objetivo é concluir a nossa parte do trabalho ainda este ano para poder começar a construção do prédio da ZPE já em 2017. A decisão ainda passará pelo GAT (Grupo de Trabalho da CZPE) e por um grupo de ministros, mas estamos confiantes no trabalho realizado pela Codec”, explica Arruda.

A Zona de Processamento de Exportação, de acordo com informações encontradas no site da Associação Brasileira de ZPEs, é um distrito industrial incentivado, onde as empresas neles localizadas operam com suspensão de impostos, liberdade cambial (podem manter no exterior, permanentemente, as divisas obtidas nas exportações) e procedimentos administrativos simplificados – com a condição de destinarem pelo menos 80% de sua produção ao mercado externo.

A ZPE que está sendo planejada para o município de Marabá terá como empresa âncora a Alpa (Alumínios Laminados do Pará), que começou como um projeto original da Vale S/A, e que foi vendida para a gigante argelina Cevital. A siderúrgica vai fabricar trilhos para ferrovias e aço em pó e terá capacidade para gerar 2,7 milhões de toneladas de aço com a produção de bobinas de aço, ferro gusa, “biletts”, “blooms”, entre outros. Por ocasião da assinatura do Protocolo de Intenção entre Governo do Estado, Vale e Cevital, Issad Rebrad, presidente da Cevital Groupe, anunciou que um dos produtos da siderúrgica de Marabá será a fabricação de trilhos para a estrada de ferro.

A empresa é líder na Europa na produção de trilhos, com uma fábrica sediada na Itália, e agora pretende ser a primeira a produzir trilhos na América Latina. “Marabá será conhecida, brevemente, como a principal fornecedora de trilhos para estrada de ferro de toda a América Latina”, garantiu Rebrad, ao informar que a empresa também vai trazer para o Pará a tecnologia de aço em pó, que poucas empresas no mundo detêm.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: Mesmo com 28 novos leitos para casos da Covid-19, UTI’s continuam lotadas

Publicado

em

Mesmo com o novo espaço da Ala Covid do Hospital Geral de Parauapebas (HGP), inaugurado na quarta, dia 7, os leitos UTI’s e Enfermaria Clínicos na rede publica de Parauapebas, na região de Carajás, Pará, seguem totalmente lotados.

O município passou a contar com 68 leitos exclusivos para casos de Covid-19, dos quais 28 são de UTI e 40 Enfermaria Clínica.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico deste sábado, 10, a taxa geral de ocupação dos leitos é de 92%, sendo:

• Leitos de enfermaria SUS: 100%;
• Ocupação de UTI SUS: 100%;
• Taxa de ocupação de enfermarias particulares: 79%;
• Ocupação de UTI particular: 100%.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana

Publicado

em

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Após pressão do MP, Prefeitura reforça conscientização sobre protocolos de prevenção a Covid-19 no transporte público

Publicado

em

Com a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), locais onde podem ocorrer aglomeração causam preocupação nas autoridades de saúde. Pensando nisso, nesta semana, o Departamento Municipal de Trânsito Urbano (DMTU) realizou ações para mobilizar a população que utiliza o transporte público de Marabá sobre a importância da adoção de medidas preventivas contra a Covid-19 e o cumprimento de distanciamento social.

A ação de conscientização foi realizada em paradas de ônibus nos Núcleos Cidade Nova, Nova Marabá, Marabá Pioneira, Morada Nova e no Distrito São Félix.

Uma equipe do DMTU em parceria com agentes do Departamento Municipal de Segurança Patrimonial (DMSP), Guarda Municipal de Marabá (GMM) e Divisão de Vigilância Sanitária (Divisa) atuaram abordando condutores de transporte coletivo e passageiros.

Os usuários do transporte coletivo foram orientados a saírem de suas casas somente quando necessário e sobre os cuidados que precisam tomar ao utilizar o transporte público para evitar o contágio como usar máscara e higienizar as mãos com álcool em gel. Já os motoristas receberam orientação para evitar exceder a lotação máxima de vagas no interior do ônibus.

Paralelo a essa mobilização nos pontos de ônibus, os agentes fiscalizaram a saída e chegada dos veículos na garagem da empresa e monitorando o cumprimento dos protocolos sanitários entre os funcionários.

De acordo com o DMTU, as iniciativas têm gerado resultados, reduzindo o fluxo de aglomeração nos pontos de parada de ônibus.

“A nossa presença nas ruas é para garantir a segurança de todos e inibir comportamentos inadequados que possam comprometer vidas”, destaca o diretor do DMTU, Jocenilson Souza.

“O momento é desafiador e exige, sobretudo, muito cuidado e prevenção. Dias melhores virão”, finaliza o diretor. (Ronaldo Palheta)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze