Connect with us

Bastidores

Combustíveis e alimentos fazem inflação chegar próximo de dois dígitos

Publicado

em

O item alimentação e bebidas apresentou a segunda maior alta, 1,39%. A alimentação em domicílio, 1,63%, foi impulsionada pelo preço dos alimentos, como batata-inglesa, 19,91% e café moído, 7,51%. Já a alimentação fora do domicílio, 0,76%, deve contribuir ainda mais para a inflação nos próximos meses, dada a retomada de atividades em bares e restaurantes.

O IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de agosto constitui a maior variação desde 2000, registrando uma alta de 0,87%, acima da expectativa da GO Associados (0,74%) e do mercado (0,71%).  A inflação acumulada em 2021 até julho foi de 5,86%, superando, em apenas oito meses, a meta para 2021 (5,25%).

A GO Associados atualizou sua projeção do IPCA para 2021, de 7,3% para 7,6%, devido à perspectiva de um câmbio em patamar mais alto pelo restante do ano e a confirmação da bandeira de escassez hídrica.

O câmbio é atualmente o principal fator de pressão para alguns itens da inflação, como o gás de cozinha e os combustíveis. Outros fatores, como a crise hídrica e a retomada do setor de serviços também pressionam o ritmo de aumento dos preços.  

Conta de luz deve impactar em setembro

O grupo habitação, e em especial a conta de luz, tiveram um impacto menor na inflação em agosto. Porém, isso não deve ocorrer em setembro, quando passa a vigorar a bandeira de escassez hídrica, 14,20 a cada 100kWh. A GO Associados estima que o impacto da mudança de bandeira tarifária será de aproximadamente 0,4 p.p..  

Ainda no setor de habitação, o gás de cozinha (2,40%) e o gás encanado (2,70%) também contribuíram para o resultado da inflação. O Governo Federal editou uma Medida Provisória em março que zerou os impostos federais (PIS/Confins) sobre o botijão de gás. No entanto, tal providência não foi suficiente para a redução do preço do botijão, já que outros fatores são mais importantes, como o câmbio e o preço do petróleo no mercado internacional.  

O preço do gás é formado com base no mercado internacional e, portanto, sofre pressão do dólar, que tem ficado acima dos R$5 em razão da instabilidade política no Brasil. No acumulado de 12 meses, o preço do botijão de gás disparou 31,70%, mais de três vezes acima do índice de inflação. (Ana Paula Rogers)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Aprovado parecer de Damaso a favor de projeto que cria Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Corrupção

Publicado

em

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou na quarta-feira, 22, o parecer do deputado Osires Damaso (PSC/TO) favorável ao Projeto de Lei 1908/20 que cria o Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Crime de Corrupção (CNPCC).

Segundo a matéria, o cadastro deve conter dados sobre condenados que vão desde registros biométricos, coleta de material genético a informações pessoais e profissionais do condenado, para subsidiar investigações criminais federais, estaduais ou distrital e, sobretudo, fortalecer ações preventivas no combate aos crimes de corrupção.  

Poderão integrar o Cadastro os dados de registros constantes em quaisquer bancos de dados geridos por órgãos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e de todas as esferas da Federação, inclusive pelo Tribunal Superior Eleitoral e pelos institutos de identificação civil.

Em seu parecer, Damaso justificou que a intenção da proposta é promover um aumento na eficiência da prevenção, apuração e repressão a crimes de corrupção, além do intercâmbio de informações às autoridades competentes para o combate a estes tipos de crimes. “Trata-se da criação de um instrumento que fortalecerá as ações voltadas ao combate à corrupção”, pontuou.

Continue lendo

Bastidores

Dória em Palmas sábado e grupo prepara protesto

Publicado

em

Um grupo começou a se mobilizar nas redes sociais, para um protesto contra o governador de São Paulo e pré-candidato a presidente da República, João Dória, que estará em Palmas, neste sábado, 25, em ações para as prévias do PSDB, que definirá o nome da legenda na disputa pelo Palácio do Planalto.

O grupo se movimenta para manifestar no evento às 16h, no auditório da Associação Tocantinense de Municípios, onde o governador deve se dirigir de maneira ampla aos filiados da legenda. Antes disso, ele almoça com a prefeito da capital, Cinthia Ribeiro.

Continue lendo

Bastidores

Após cobrança de Janad Valcari prefeitura de Palmas realiza terraplanagem em ruas do setor Sul

Publicado

em

Por meio de ofício encaminhado à Secretaria de Infraestrura e Serviços Públicos no mês de agosto, a presidente da Câmara de Palmas, Vereadora Janad Valcari (PODE) cobrou da prefeitura a realização das obras de terraplanagem e pavimentação da rua S3 com a P3, localizada no setor Sul em Taquaralto. Nesta quinta-feira, 23, os serviços de terraplanagem foram iniciados pela gestão municipal atendendo a reivindicação da parlamentar.

Ao reivindicar a obra, Janad anexou junto ao ofício documentos que mostravam a situação caótica do local, que gera transtornos aos moradores da região e ainda quem precisa transitar pelas ruas.


Nas fotos é possível observar barrancos e desníveis que trazem perigo a população. Além disto, Janad também anexou ao pedido um abaixo assinado com quase 300 assinaturas, protocolados em 2017 e 2018, por moradores do local que também reclamam da situação.

“É uma vergonha! A comunidade sofre há anos com o problema e a prefeitura fez descaso com a situação do povo. Nossa esperança é que finalmente a obra atenda os anseios da comunidade”.

Saiba mais

Em 2019 o Ministério Público Estadual (MPE) entendendo a situação de perigo dos moradores e os transtornos que a falta de pavimentação e terraplanagem trouxeram a comunidade, emitiu uma recomendação para que a prefeitura realizasse a obra.

“Até o MPE se posicionou a favor do povo e a prefeitura ignorou a recomendação e nada tinha sido feito no local. Agora vamos lutar e reivindicar para que essa obra iniciada seja concluída. Esse é um direito e não vamos abrir mão”, enfatizou Janad.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze