Connect with us

Bico do Papagaio

Começa em todo o Bico a 3ª fase da Campanha de Vacinação contra gripe

Publicado

em

A terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe será iniciada hoje (11). De acordo com o Ministério da Saúde, ela será dividida em duas etapas. A primeira vai até 17 de maio e tem como público-alvo pessoas com deficiência; crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; e mães no pós-parto até 45 dias. 

Na segunda etapa, a partir do dia 18 de maio e até 5 de junho, serão incluídos professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade.

A exemplo das demais fases, a meta do governo é vacinar pelo menos 90% de cada um desses grupos. Na segunda fase da campanha – iniciada em 16 de abril e encerrada no dia 8 de maio em todo o país – apenas 36% (ou 5,6 milhões de pessoas) do público-alvo foram vacinados. No último balanço divulgado pelo ministério semana passada, 10 milhões de pessoas do grupo pretendido ainda foram vacinadas.

A segunda fase da campanha teve como público-alvo povos indígenas, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivos, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento; pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores), caminhoneiros e portuários foram os que registraram a menor procura na segunda fase da campanha. Até o momento, apenas 467 mil doses foram aplicadas, quando a estimativa era a de vacinar 2,6 milhões de profissionais.

Primeira fase

Na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação, dirigida a idosos com 60 anos ou mais e a trabalhadores da saúde, mais de 18,9 milhões de idosos foram vacinados, o que corresponde a 90,66% deste público. No caso dos trabalhadores da saúde, 3,8 milhões de profissionais foram imunizados, o que corresponde a apenas 75,5% da meta.

“Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS (Sistema Único de Saúde) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de apresentação de prescrição médica”, informou, por meio de nota, o Ministério da Saúde.

Gripe Influenza

Até 18 de abril deste ano, houve 1.696 casos de pessoas hospitalizadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave por conta da gripe Influenza em todo o país. O governo contabiliza 163 mortes pela doença.

Do total de casos cuja subtipagem foi identificada, 468 foram de influenza A (H1N1), com 66 óbitos; 45 casos e 10 óbitos por influenza A (H3N2), 263 de influenza A não subtipado, com 43 mortes; e 399 casos e 44 óbitos por influenza B. (Pedro Peduzzi)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Vereadores suspeitos de receberem propina vão permanecer no cargo até STJ analisar caso

Publicado

em

Com a decisão desta quarta, dia 3, do presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, que determinou por meio de liminar, o retorno ao cargo os vereador de Augustinópolis, cassados, investigados por suposto recebimento de propina, o desenrolar da situação só será decidida no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O desembargador, em sua decisão, determinou que a medida vale até que o STJ julgue toda a questão de forma mais ampla. Isso ainda não tem data para acontecer.

Os parlamentares são suspeitos de receber propina para aprovar projetos de interesse da Prefeitura e foram alvo da Polícia Civil durante a operação Perfídia, no começo de 2019.

Maia Neto entendeu que como ainda não houve condenação dos parlamentares no processo não há justificativa para o afastamento deles das funções por tanto tempo. Disse ainda que há risco de danos irreversíveis aos vereadores, já que eles estão impedidos de exercer os mandatos para os quais foram eleitos.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Foragido com mandado de prisão aberto pela Justiça de Goiás é preso

Publicado

em

Um homem de 27 anos, acabou sendo preso na manhã de quarta-feira, 03, em Augustinópolis, no Bico do Papagaio, por força de um mandado de prisão expedido pela Justiça da cidade de Cachoeira de Goiás-GO. A guarnição da Policia Militar do 9º Batalhão da PM realizava patrulhamento pela cidade quando deparou com o autor em atitude suspeita assim que avistou a viatura da PM.

O indivíduo conduzia uma motocicleta Honda Biz quando foi interceptado e abordado pela guarnição. Junto ao sistema de consultas os policiais constataram que havia o mandado de prisão em aberto contra o acusado. 

O autor relatou a equipe de policiais militares que também já havia sido preso por crime de roubo praticado em Axixá do Tocantins.

O indivíduo foi conduzido para a Central de Flagrantes para as demais providências a serem tomadas. (Ascom 9 BPM)

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Homem é preso por posse irregular espingarda bate-bucha

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 03, a PM deteve um homem de 24 anos por posse irregular de arma de fogo em Tocantinópolis. Com ele foi apreendida uma espingarda tipo bate-bucha e uma caixa de espoleta.

Durante patrulhamentos, os policiais miltiares receberam uma denúncia de que um homem estava comercializando drogas pela cidade numa motocicleta preta. Imediatamente e equipe da PM começou a diligenciar no sentido de localizar o autor. Minutos depois, localizaram uma pessoa numa motocicleta preta com características semelhantes com o suspeito.

A viatura se aproximou e determinou que o condutor parasse o veículo e após busca pessoal no condutor não foi localizado nenhum entorpecente, entretanto, foi localizada uma caixa de espoleta para cartucho. Após a localização da espoleta, o acusado informou aos policiais militares que possuíam uma arma de fogo de fabricação caseira, tipo bate bucha, em sua residência. Os policiais deslocaram-se até a residência do acusado no povoado Genipapo onde foi localizada a arma.

Diante dos fatos, o autorrecebeu voz de prisão e foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil em Tocantinópolis, para os procedimentos legais juntamente com a arma e as espoletas.

Continue lendo
publicidade