- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 23 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Consórcio Amazônia Legal e Governo Alemão assinam acordo para preservação ambiental

Mais Lidas

O presidente do Consórcio Amazônia Legal (CAL) e governador do Pará, Helder Barbalho, e representantes da Embaixada da Alemanha no Brasil, assinaram no final da noite desta quinta-feira (9) um Termo de Cooperação para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. O documento é uma ferramenta institucional que garante segurança jurídica para a realização de parcerias entre os estados amazônicos e a Alemanha.

“Estamos todos muito felizes de estar aqui neste momento especial de reunião do nosso Consórcio. Dizer aqui da satisfação em poder firmar essa parceria com o governo alemão. Nós temos diversas relações entre os estados subnacionais com a Alemanha, o que tem sido fundamental para essa estratégia de sustentabilidade e desenvolvimento para os nossos estados e para a Amazônia”, ressaltou Helder Barbalho.

“Com este Termo de Cooperação vamos ampliar nossas relações e fortalecer os instrumentos legais que possam permitir que o conhecimento, o apoiamento, o financiamento e a institucionalidade fortaleçam a preservação da Amazônia e o cuidado com os brasileiros que nela vivem”, completou o presidente do Consórcio.

Helder Barbalho reforçou a importância de os estados amazônicos “avançarem na construção de um cenário de sustentabilidade, olhando pelas pessoas e cuidando da floresta”.

Desenvolvimento integrado – O Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal é formado por nove estados, que ocupam 59% do território brasileiro e abrigam mais de 29,3 milhões de pessoas.

Sua missão é acelerar o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal de forma integrada e cooperativa, considerando as oportunidades e os desafios regionais. O Consórcio visa ser referência global em articulação, estratégia e governança, para transformar a Amazônia Legal em uma região competitiva, integrada e sustentável até 2030.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias