Connect with us

Tocantins

Crise na Segurança provoca greve de policiais civis

Publicado

em

Sem título

O Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins (Sinpol) deflagrou, por tempo indeterminado, greve da categoria em todo Estado, após assembleia geral realizada nesta quarta-feira, 28. A partir da próxima segunda-feira, 2 de setembro, parte dos serviços oferecidos pela Polícia Civil deve parar. Segundo a presidente do Sinpol, Nadir Nunes, apenas serviços de flagrantes e considerados essenciais vão funcionar durante a greve.

Ontem, o governo do Estado ofereceu proposta de concessão de benefícios aos policiais, mas que foi recusada pela categoria, que realizou protesto durante a tarde no centro de Palmas até a Assembleia Legislativa.
”Nas unidades policiais apenas flagrantes serão registrados. Não haverá operações especiais, nem cumprimento de mandados de prisão. No IML [Instituto Médico Legal] apenas exames cadavéricos serão feitos e apenas casos de identificação criminal serão realizados”, detalhou a presidente. Nadir ainda ressaltou que todos os servidores estão sendo orientados a comparecer nos locais de trabalho mesmo sem realizar os serviços. “Para bater o ponto e evitar represálias”, disse.

A greve foi deflagrada porque a categoria não aceitou todos os itens das propostas apresentadas pelo governo do Estado. “Os servidores não só querem receber as progressões, mas também o retroativo. Nós queremos a revogação da cessão dos policiais para servirem como agentes penitenciários. Juntamente com tudo isso nós reivindicamos melhores condições de trabalho”, afirmou. A categoria estava em indicativo de greve desde o último dia 15 de agosto, quando deu prazo de até ontem para que o governo atendesse suas reivindicações.

Situação

A imprensa vem mostrando a falta de condições de trabalho enfrentada pela categoria. As reportagens vem mostrando que grande parte dos reagentes estava vencida, não havia câmara de balística, luvas e máscaras e faltava até papel para impressão de laudos. Os problemas vão da falta de estrutura à de pessoal.

Nadir ressaltou que o governador do Estado, Siqueira Campos (PSDB), o secretário da Administração, Lúcio Mascarenhas, e o secretário da Segurança Pública, José Eliú, já foram notificados sobre a greve. “Hoje eu devo protocolar ofício no Tribunal de Justiça do Tocantins, no Ministério Público Estadual e na Defensoria Pública do Estado”, disse.

Governo

A proposta do governo prevê a concessão de promoção horizontal a 225 servidores e vertical a 516 trabalhadores. A concessão dos benefícios ocorreria a partir de 1º de janeiro de 2014, sendo que o projeto de lei seria enviado à Assembleia Legislativa até o dia 12 de setembro. No entanto, para que fossem cumpridas as propostas, os profissionais teriam que abrir mão dos pagamentos retroativos correspondentes a 2012 e 2013.

Em nota da Agência Tocantinense de Notícias (ATN), o governo voltou a prometer a abertura de um concurso público da Polícia Civil, mas não estipulou data para a realização do certame, que deve abrir cerca de 300 vagas na categoria. Sobre a greve, a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública afirmou que o governo está aberto a negociações com a categoria sobre os pontos divergentes.

Greve

Os policiais civis deflagraram greve ontem. Entre as reivindicações estão o concurso da Polícia Civil, melhores armamentos e viaturas, renovação na estrutura física das unidades policiais e volta dos policiais que foram cedidos à Secretaria da Defesa Social para exercerem a função de agentes penitenciários. Ontem, a categoria realizou uma manifestação que percorreu a Avenida JK até a Assembleia Legislativa. (JT)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
2 Comments

Tocantins

ARAGUAÍNA: Membros da ACIARA conhecem nova plataforma digital responsável pelo mapeamento via satélite da cidade

Publicado

em

O secretário da Fazenda, Tecnologia, Ciência e Inovação, Fabiano Souza, e membros de sua equipe técnica apresentaram na noite da última segunda-feira, 25, a membros da diretoria da Aciara (Associação Comercial e Industrial de Araguaína), a nova plataforma digital responsável pelo mapeamento via satélite de toda a cidade de Araguaína.
 
Por meio da plataforma, a Prefeitura agora conta com um mapeamento da cidade através de aerofotogrametria e perfilamento a laser, que gerou imagens digitais de alta resolução, obtidas por meio de aerolevantamento e o levantamento com fotos da fachada das edificações.
 
As informações em alta resolução obtidas por meio da plataforma possibilitam a atualização do cadastro imobiliário e informações essenciais em diversas áreas, como planejamento urbano, Defesa Civil, projeto e obras, meio ambiente, saúde e educação da cidade.
 
IPTU
O secretário explicou ainda que o trabalho de georreferenciamento está sendo utilizado para a atualização cadastral dos imóveis, considerando a valorização ou desvalorização da área construída. A ferramenta tornará a cobrança do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) ainda mais precisa, garantindo uma tributação justa.
 
“Não alterou em nada o que foi feito nos anos anteriores. Não houve aumento de alíquota. O que alterou foi a verificação, por parte da Prefeitura, de que havia inconsistências na base de cálculos”, afirmou Fabiano Souza.
 
Os associados aproveitaram para sanar dúvidas relacionadas aos critérios para a concessão de descontos, alíquota, base de cálculo, entre outras. “A gente agradece à equipe da Prefeitura, que respeitosamente veio aqui nos comunicar destas inovações. Fiquei encantada com esse software, com esse modelo de gestão moderna, que vai trazer muita revolução e inovação para nossa cidade. Quando você tem informações, você consegue gerenciar”, afirmou a presidente da Aciara, Hélida Dantas. (Mara Santos / Fotos: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

Tocantins passa dos 100 mil infectados com a Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta terça-feira, 26 de janeiro, foram contabilizados 605 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 128 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 320.439 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 100.204 casos confirmados da doença. Destes, 88.747 pacientes estão recuperados e 10.104 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além 1.353 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Mais 5.400 doses da CoronaVac chegam ao Tocantins

Publicado

em

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), recebeu na madrugada desta terça-feira, 26, mais 5.400 doses da vacina Coronavac. Os imunizantes serão distribuídos, integralmente, aos 139 municípios.

O Secretário da SES, Dr. Edgar Tollini, explica que especificamente nesta remessa não serão feitas reservas técnicas “todas essas doses serão distribuídas, a partir de amanhã, às cidades, isto, a fim de favorecer a logística para os municípios”, o gestor complementa que “nós queremos otimizar a entrega destas vacinas ao grupo prioritário que será imunizado neste momento, assim fazemos um planejamento prévio para a entrega destes imunizantes”, afirmou.

As doses recebidas foram encaminhadas a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CEADI), em Palmas, onde será feita a conferência. A previsão é que algumas doses já sejam encaminhadas nesta quarta-feira, 27, ao Polo de Distribuição da Central Estadual de Imunização da região Norte do Tocantins, em Araguaína.

Vacinas adquiridas

O Tocantins recebeu em oito dias, 60.900 doses de vacinas para imunização contra a Covid-19, sendo 44.000 Coronavac 1; 11.500 Astra Zenica 2 (Índia) e 5.400 Coronavac 2. (Erlene Miranda)

Continue lendo
publicidade Bronze