Connect with us

Bico do Papagaio

DARCINÓPOLIS: Dia Mundial da Alimentação tem oficinas e atividades

Publicado

em

No dia mundial da alimentação, lembrado em 16 de outubro, o Governo do Estado por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) realiza oficinas de promoção da alimentação saudável em Darcinópolis, localizada no Bico do Papagaio A atividade faz parte de uma ação que será realizada em 11 municípios do Estado estimando capacitar 330 pessoas. O público alvo são merendeiras, coordenadores e beneficiários dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

As oficinas são compostas por aulas teóricas e práticas. Em um primeiro momento os participantes são capacitados sobre a importância da alimentação saudável para a melhoria da qualidade de vida e sobre as boas práticas de manipulação de alimentos (aspectos de higiene) para evitar doenças de origem alimentar.

Na parte prática os alunos colocam a mão na massa executando receitas que utilizam os ingredientes em sua totalidade, com cascas, semente e outras partes que costumeiramente são descartadas. Entre as receitas estão pães integrais, bolos, doces, feijoada light, farofa de folhas e talos, arroz enriquecido, entre outros. A nova forma de preparado visa evitar o desperdício dos alimentos e aumentar a ingestão dos nutrientes presentes nas partes que seriam descartadas.

Segurança Alimentar

O governo do Estado tem apoiado a agricultura familiar, assim como possibilitado o acesso a alimentação de beneficiários das entidades socioassistenciais, através de um contrato de repasse firmado com o Ministério da Cidadania no valor de R$ 5.720.000 que está sendo executado pela Setas, por meio da gerência de Segurança Alimentar e Nutricional.

Com esse recurso estão sendo equipadas as centrais de recebimento e distribuição dos produtos da agricultura familiar no Estado. Para tanto foram entregues de forma parcial 13 caminhões, 11 câmaras frias, paletes de polietileno, monoblocos, computadores, impressoras multifuncionais, mesas e cadeiras de escritório e balanças de 30 e 300 kg.

De acordo o secretário da Setas, Messias Araújo, o Governo do Estado não tem poupado esforços para fomentar a agricultura familiar que é a base para promoção da alimentação saudável de toda a população “Com o aparelhamentos dessas Centrais, o Governo está fortalecendo o programa Compra Direta, confirmando a característica municipalista da atual gestão e principalmente garantindo comida de qualidade na mesa do tocantinense”. Afirma o gestor.

O projeto é desenvolvido em parceria com o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e prevê realizar assessorias aos municípios com sensibilização dos gestores para adesão ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan), formação dos Conselhos de Segurança Alimentar e Nutricional Municipais (COMSEA’s) e das Câmaras Intersecretariais de Segurança Alimentar e Nutricional Municipais (CAISAM’s) em nove municípios.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Veja quantas doses da CoronaVac cada município do Bico vai receber nesta quarta, 20

Publicado

em

Após o pedido do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS-TO), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) encaminhou nesta terça-feira, 19, a relação de doses da vacina CoronaVac, contra a Covid-19 que serão distribuídas aos municípios.

As doses chegam a Central de Distribuição em Araguaína no final da tarde desta terça, 19, e serão entregues aos municípios biquenses, a partir das 14h, desta quarta, 20.

Confira quantas doses cada município deve receber:

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico ainda não sabem cota e quando iniciam imunização contra Covid-19

Publicado

em

Com a chegada do primeiro lote de vacinas CoronaVac, contra Covid-19, nesta segunda, 18, ao Tocantins, os municípios do Bico do Papagaio ainda não tem definida a data de inicio da vacinação e nem a quantidade de doses que serão recebidas.

É aguarda para esta terça, 19, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES), informe as Secretaria Municipais de Saúde, cada cota.

A princípio, a SES recebeu o comunicado do Ministério da Saúde, que neste primeiro lote, seriam enviadas 29.840 doses da CoronaVac, depois, esse número cresceu para 44 mil.

As vacinas para os municípios do Bico, serão transportadas ainda nesta terça, para a Central de Distribuição, em Araguaína. De lá, os municípios farão a retirada e ficam responsáveis pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Vacinas CoronaVac para o Bico serão levadas para Centro de Distribuição em Araguaína

Publicado

em

Começou na noite desta segunda, 18, à campanha de vacinação contra a Covid-19. As três primeiras pessoas escolhidas, que pertencem aos grupos prioritários, já foram imunizadas durante a solenidade de lançamento da campanha, realizada no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Palmas, capital do estado.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, ressaltou que as vacinas serão enviadas imediatamente para todos os municípios, sendo que o ente municipal será responsável pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

As vacinas destinadas aos 27 municípios do Bico do Papagaio, serão enviadas ainda nesta terça, 19, para um centro de Distribuição, na cidade de Araguaína. Lá, cada município biquense fica responsável pela retirada de sua cota. “Cada município tem a responsabilidade por seus cidadãos e com as pessoas dos grupos prioritários”, frisou o secretário Edgar Tollini, ao adiantar que a expectativa é vacinar a maior parte da população tocantinense ainda neste semestre.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo
publicidade Bronze