Connect with us

Bico do Papagaio

DARCINÓPOLIS: Famílias impactadas por UHE reclamam falta de indenização

Publicado

em

Moradores do Projeto de Assentamento (PA) Formosa, localizado em Darcinópolis e pertencente ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), reclamam que 56 famílias ribeirinhas impactadas pela construção da Usina Hidrelétrica (UHE) de Estreito, que estão vivendo à margem da represa, ainda não foram indenizadas pela concessionária responsável pela obra, o Consórcio Estreito Energia (Ceste). A usina está sendo construída na divisa do Tocantins com o Maranhão.

De acordo com o fiscal da Associação Padre Jozimo, Silva de Carvalho, o Ceste chegou a oferecer uma carta de crédito no valor de R$ 42 mil, mas os assentados não aceitaram, alegando que necessitam de um novo pedaço de terra onde possam desempenhar atividades agrícolas, única fonte de renda da comunidade, juntamente com a pesca.

Segundo Carvalho, a decisão de não aceitar o dinheiro se deu porque os assentados almejam ser reassentados em uma outra área ribeirinha que atenda à forma de vida deles. “Nós nos reunimos e chegamos à conclusão de que o dinheiro não nos seria válido. Nascemos e vivemos como rurais e pescadores, se formos afastados desta nossa realidade, não sei se seria fácil nos adaptarmos a outra lógica produtiva.”, diz.

Incra

Em nota oficial, o Incra afirmou que foi assinado um termo de compromisso com o Ceste, estabelecendo obrigações para atendimento das reivindicações das famílias impactadas; o termo prevê o reassentamento das famílias em nova área, com a infraestrutura necessária ou a opção de adesão à carta de credito para indenização das benfeitorias construídas. “Quem optar pela carta”, diz o documento, “perde a condição de assentado e fica impedido de acessar políticas públicas na área de reforma agrária.”

Ainda de acordo com o Incra, apesar da decisão ser individual, a orientação é para que os impactados optem pelo reassentamento e que, “o Incra já avaliou novo imóvel para a realocação dos assentados, que deverá ser adquirido pela Ceste, caso esta seja a opção das famílias.” Segundo o documento.

Representantes de colônias de pescadores do Maranhão e Tocantins estiveram reunidos ontem com o procurador da República no Tocantins, Álvaro Manzano, para discutir sua inclusão como impactados pela construção da UHE de Estreito. Eles querem que os pescadores sejam considerados impactados. O Ceste foi procurado pelo JTo para repercutir o assunto, mas, até o encerramento desta edição, não apresentou um posicionamento. (JT – Marcus Mesquita)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Saúde oficializa 65ª morte por Covid-19

Publicado

em

Neste domingo, 25, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), oficializou a 65ª morte por Covid-19, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio. A informação foi publica no Boletim Epidemiológico.

A vítima é um homem de 72 anos, com doença respiratória crônica. A morte aconteceu no dia 26 de maio no Hospital Regional de Araguaína.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Vendedor de maconha do Setor Santa Rita é preso

Publicado

em

Na tarde deste sábado, 24,  a Polícia Militar prendeu um homem de 51 anos, suspeito de tráfico de drogas no Setor Santa Rita, município de Axixá, Bico do Papagaio.

Policiais militares do 9° Batalhão, monitoraram o suspeito, que rotineiramente se deslocava ao Estado do Maranhão, município de Imperatriz, para supostamente comprar substância análoga à maconha. As equipes de serviço posicionaram o cerco no endereço informado, com o objetivo de bloquear a passagem do transporte público que o indivíduo usava para se deslocar. 

O veículo foi interceptado e o suspeito abordado pelos policiais, momento em que os militares localizaram alguns pacotes de substância análoga à maconha. A droga apreendida e o suspeito foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as providências legais cabíveis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: TEC perde e cai para lanterna do Grupo 2

Publicado

em

Em Imperatriz, no sul do Maranhão, o Tocantinópolis Esporte Clube (TEC), conheceu neste sábado, 24, sua terceira derrota no Campeonato Brasileiro Série D, em partida válida pelo Grupo A2, no estádio Frei Epifânio D’Abadia.

A equipe do Imperatriz venceu por 3 a 2 e se mantém na terceira colocação do grupo com 13 pontos. Já o Verdão do Bico passa a segurar a lanterna com 7 pontos.

O primeiro tempo foi de muita troca de espaço com propostas bem diferente entre as equipes. O Imperatriz apresentou uma marcação de meia pressão e tinha na velocidade do seu ataque com passes verticais para criar boas chances. Por outro lado, o TEC tinha opção da posse de bola, mas teve dificuldade para achar espaço. Com isso, acabou fazendo muitos lançamentos diretos e acabou esbarrando na defesa do Imperatriz. Melhor no jogo, o Cavalo de Aço conseguiu logo abrir o placar, mas em um erro individual. Fabrício dormiu no lance e Hudson conseguiu tomar a bola do defensor e marcar para o Imperatriz.


A primeira etapa seguiu andando com o mesmo panorama antes do gol. Porém, com a vantagem do placar o Imperatriz consolidou ainda mais sua proposta e teve até mais espaço para contra-ataques, que poderiam ser melhores aproveitados e por isso a primeira etapa terminou 1 a 0 para o Colorado.

No segundo tempo uma chuva de gols. O TEC empatou aos 19 minutos, após cobrança de falta, Jheimy arruma dentro da área para Dioguinho chegar chutando para empatar o jogo. Aos 22 minutos a arbitragem pega falta em cima de Jheimy dentro da área e marca pênalti. Jheimy bateu com força no alto do canto esquerdo. I goleiro Diego acerta o canto, mas não consegue alcançar a bola e o Verdão do Bico vira o placar. Kineker aos 32 minutos, gira na defesa do TEC e chuta com estilo para deixar tudo igual no Frei e nos acréscimos, já nos 50 minutos, uma “lambança” na área do TEC, após cruzamento o goleiro Gabriel faz defesa, mas ao cair com a bola bateu roupa. Do lado dele estava Robson que aproveitou para fazer o gol da virada, 3 a 2, para o time do Maranhão.

Na próxima rodada, o Verdão recebe o Juventude Samas, no estádio Ribeirão, sábado, 31 e no mesmo dia o Imperatriz joga em Sobral, no Ceará, contra o Guarany. (Gabriel Dias/SID)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze