Connect with us

Maranhão

DAVINÓPOLIS: Prefeitura lança edital para concurso público

Publicado

em

A Prefeitura de Davinópolis, distante 15 km de Imperatriz, no sul do Maranhão, promove concurso público para ocupar 36 vagas, além de preenchimento de cadastro de reserva. As inscrições começaram nessa segunda-feira (21) e vão até 18 de novembro de 2019. A prova está marcada para o dia 22 de dezembro do mesmo ano.

Estão sendo ofertadas 17 vagas para nível superior e 19 vagas para nível médio. Para o nível fundamental, há apenas a opção de cadastro de reserva. As inscrições custam R$ 82 para os cargos de nível fundamental, R$ 90 para os cargos de nível médio, e R$ 120 para o nível superior.

As remunerações variam de R$ 998 a R$ 5 mil. O resultado do concurso vai ser divulgado no dia 12 de março de 2020. O certame é organizado pelo Instituto Legatus, que no edital apresenta mais detalhes do concurso.

Clique AQUI e veja o Edital.

Concurso: Prefeitura de Davinópolis MA 2019

Escolaridade: fundamental, médio, técnico e superior

Número de vagas: 36

Remuneração: R$ 998,00 a R$ 5.685,00

Inscrições: 21 de outubro a 18 de novembro de 2019

Taxa de Inscrição: R$ 82,00 e R$ 120,00

Provas: 22 de dezembro de 2019

Situação: PUBLICADO

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Docentes da UEMASUL participam do III Encontro de Formação e Planejamento

Publicado

em

A solenidade de abertura do III Encontro de Formação e Planejamento Docente da UEMASUL aconteceu quarta-feira (9), de forma remota. Contou com a participação da reitora da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), Elizabeth Nunes Fernandes, pró-reitoras, diretores e diretoras dos centros de ensino e diretoras e diretores de cursos dos campi de Açailândia, Estreito e Imperatriz.

Durante a abertura do encontro, a pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica, Regina Célia, destacou a dedicação de professoras e professores no contexto atual da Educação. “Nós, professores, com toda a maestria, nos empenhamos em superar todos os obstáculos e buscamos forças no compromisso com a docência. Neste processo que vivemos, tivemos perdas mas, ainda assim, buscamos nos reinventar e continuar com as aulas e outros compromissos que contribuem para o desenvolvimento da nossa região”, afirmou a professora.

A formação visa um momento de reflexão e diálogo sobre os processos de gestão acadêmica que traz em seu bojo as dimensões de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o debate entre os docentes sobre os processos de regulação do ensino superior, especialmente nesse momento de pandemia, buscando a garantia da qualidade acadêmica da instituição. A formação visa um momento de reflexão e diálogo sobre os processos de gestão acadêmica que traz em seu bojo as dimensões de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o debate entre os docentesA formação visa um momento de reflexão e diálogo sobre os processos de gestão acadêmica que traz em seu bojo as dimensões de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o debate entre os docentes sobre os processos de regulação do ensino superior, especialmente nesse momento de pandemia, buscando a garantia da qualidade acadêmica da instituição. 

A realização do evento faz parte das ações desenvolvidas pela Pró-reitoria de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica (PROGESA), por meio da Coordenadoria de Projetos Pedagógicos (CPP) e Coordenadoria de Avaliação Institucional (CAI), para promover melhor adaptação do corpo docente durante o semestre letivo.

A diretora do Centro de Ciência Exatas, Naturais e Tecnológicas, Ivaneide de Oliveira, falou que o empenho de educadoras e educadores somado ao esforço da universidade resulta em ensino de qualidade, acessível e empático. “Este encontro é um momento oportuno para todos nós. A pandemia nos forçou a buscarmos novas ferramentas para que houvesse uma efetiva troca de conhecimentos e, assim, atender aos discentes. A universidade, por sua vez, continuou contribuindo na formação e preparado dos docentes”.

O encontro segue até sexta-feira (11) com palestras, minicursos, oficinas, comunicações, discussões, planejamentos e a participação da presidente do Conselho Estadual de Educação-CEE, Profa. Soraia Raquel Alves da Silva.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Serviço de manutenção e revitalização da iluminação do Frei Epifânio é iniciado

Publicado

em

A Prefeitura de Imperatriz e Citelum alinharam nesta quarta-feira (9), serviço de manutenção da iluminação do Estádio Municipal Frei Epifânio. Na ocasião, foi discutida também a iluminação da quadra de badminton, localizada no Complexo Esportivo Barjonas Lobão, visando a realização da Copa Interbairros de Badminton.

Para isso, estiveram reunidos com o diretor executivo da Citelum para a região tocantina, Engenheiro José Wilson, representando a Secretaria de Esporte Lazer e Juventude, Sedel-Juv, o secretário adjunto da pasta, Rodrigo Ramos Massessini e o administrador do Estádio Municipal Frei Epifânio, Cristiano Domingos Silva.

Rodrigo Ramos informou que o serviço de manutenção e revitalização da iluminação do Frei Epifânio começa nesta quinta-feira (10). Na ocasião, será feita inicialmente uma vistoria para ver as necessidades e em seguida os trabalhos serão iniciados.

No que se refere à implementação da iluminação da quadra de badminton, no Complexo Esportivos Barjonas Lobão, o engenheiro José Wilson esteve pessoalmente vistoriando o local. A iluminação estará pronta antes do início da Copa Interbairros de Badminton, marcada para 24 de junho.

O secretario Luiz Gonzaga Pereira Sousa destacou que essa parceria com a Citelum já existe desde que assumiu a pasta. “Temos aqui uma situação de demandas, no que se refere à eletricidade, tanto no Complexo Barjonas Lobão, nas quadras e no Estádio Frei Epifânio, que sempre precisam de manutenção. Quando isso acontece, solicitamos e a Citelum prontamente atende. Essa parceria tem sido muito boa e agradecemos ao engenheiro José Wilson”.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Ministério da Economia enquadra MUNICÍPIO como exportador de soja

Publicado

em

Dados do Ministério da Economia mostram que a cidade de Imperatriz passou a figurar como exportadora de soja, desde de 2020. De acordo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Sedec, que acompanha as informações junto ao Governo Federal, ainda não há conhecimento oficial sobre a quantidade de área plantada (hectares) e produção (toneladas), mas só em relação à exportação da soja, foram US$ 58,8 milhões no último ano.

Este valor também corresponde a 9,3% de tudo o que foi exportado pelo município, observa a Sedec. Os dados apurados também são bem animadores, quando se observa que até abril deste ano, já foi exportado US$ 29,2 milhões, o que representa 13% das exportações no município.

“Imperatriz começa um processo de diversificação de suas exportações que antes contava apenas com a celulose e carne e agora também começa a exportar um outro importante produto, a soja”, comenta o secretário Wilson Filho. 

Histórico

O Maranhão começa a figurar como um produtor de soja em 1978, produzindo 55 toneladas do produto. Desse período para os dias atuais houveram muitos avanços e, em 2019, o estado ocupava a nona posição como maior produtor de soja do Brasil, com uma produção de 2.850.084 toneladas, o que corresponde a 2,5% de toda a produção nacional. O estado líder na produção de soja para o mesmo período é Mato Grosso com uma produção de 32.242.463 toneladas, 28,3% de toda produção brasileira.

A cidade de Balsas, no Maranhão, foi a que iniciou a produção e soja na região, em 1980 e já produzia 96 toneladas do produto. Já em 2019 vários outros municípios do estado figuram como produtores. No entanto, Balsas segue como destaque, sendo o município do maranhense com maior produção, e em 2019 produziu 619.997 toneladas, o que corresponde a 21,7% de toda produção do Maranhão. (Regilson Borges / Foto: Patrícia Araújo)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze