Connect with us

Bico do Papagaio

Desenvolvimento de cidades inteligentes exige transformação digital em setores públicos

Publicado

em

A chegada de novos líderes nas prefeituras do Bico do Papagaio e do Brasil trará também novos desafios, já que a tendência para os próximos anos é a tentativa de tornar as cidades mais inteligentes. Nesse aspecto, a principal mudança que os gestores devem enfrentar é a automação e a transformação digital dos setores da administração pública. 

O objetivo de tornar as cidades cada vez mais inteligentes é visto como uma vantagem que abrange diversos setores da administração. Para o diretor-presidente do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Fabrício Zanini, uma cidade conectada e inovadora está diretamente relacionada ao crescimento socioeconômico local, por exemplo. “Quando uma cidade proporciona o bem-estar de uma população, faz a gestão do meio ambiente e dos serviços públicos de forma adequada, essa cidade inteligente acaba atraindo pessoas que querem viver nela, desenvolver os seus negócios e implantar suas empresas. Ela realmente começa a fazer parte de um ecossistema”, comenta.

De acordo com Zanini, o caminho para se investir em tecnologia e tornar os serviços públicos mais eficientes passa por uma análise criteriosa de todos os processos que envolvem a administração pública municipal. “Pegue as principais áreas, como saúde, educação, mobilidade, serviços à população, e realmente faça uma análise do que é possível melhorar nesses processos, o que é possível fazer de diferente e inovar nesses locais”, explica. 

Dentre as principais características que identificam uma cidade inteligente, a principal é o cuidado com a qualidade de vida dos cidadãos. Por isso, o conhecimento aprofundado sobre o funcionamento do município é essencial.  “Ferramentas hoje, na minha opinião, são a base principal para que bons planos diretores sejam desenvolvidos. Quando você junta tecnologias como drones, que podem fazer sobrevoos e coletam dados, quando você junta Internet das Coisas, que começa a contar fluxo de pessoas e de veículos, consegue gerar pesquisas. Todas essas ferramentas proporcionam o desenvolvimento de um plano diretor assertivo”, finaliza.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Homem mata mulher com 3 tiros em plena via pública

Publicado

em

Uma mulher de 21 anos foi assassinada a tiros em Tocantinópolis, na região norte do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), ela foi atingida por disparos no meio da rua durante uma discussão com um homem. O suspeito é procurado.

O crime aconteceu neste sábado (16) no setor Alto da Boa Vista. Ao chegar no local, testemunhas disseram que o suspeito teria fugido para a casa da mãe.

Uma ambulância da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) chegou a ser chamada, mas a vítima já estava sem vida. A área foi isolada para realização da perícia e corpo da jovem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

A PM esteve na casa da mãe do suspeito, mas ele não foi encontrado. A companheira dele informou que viu o crime acontecer e que tudo começou porque o homem e a vítima tiveram uma discussão no meio da rua. Ele teria sacado uma arma e atirado três vezes na mulher.

A PM não informou que tipo de relação o suspeito tinha com a vítima.

A companheira do suspeito foi levada à delegacia como testemunha. Os militares fizeram buscas, mas até a última atualização desta reportagem ele não tinha sido preso. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

No dia que Brasil começa vacinação contra Covid-19, Bico acumula mais de 12 mil infectados

Publicado

em

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, neste domingo, 17, foi aplicada a primeira dose no país.

A primeira pessoa vacinada fora dos estudos clínicos foi Mônica Calazans, de 54 anos, enfermeira, negra e moradora da zona leste da capital. Ela, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, foi vacinada no fim da tarde no Instituto Butantan. Até então, as únicas pessoas do país que haviam tomado a vacina faziam parte dos testes clínicos.

A vacina chega, nove meses depois do registro do primeiro caso no Bico do Papagaio. Durante esses noves meses, a região acumula 12.010 casos de pessoas que se infectaram com o vírus Sars-Cov-2. A quantidade configura 12.4% de todos os 96.319 casos identificados no Tocantins.

188 pacientes dos 12.010 infectados morreram na região. Isso representa 1.56%. Em comparação ao número de mortes no Tocantins, os óbitos no Bico, corresponde a 14.3% dos 1.313 registrados em todo o estado.

Tocantinópolis é o município do Bico do Papagaio que mais teve moradores infectados, com 1.374, seguido de Araguatins, com 1.148 e Xambioá com 1.125.

Quanto ao número de mortes, quem lidera é Araguatins, com 31 óbitos, seguido de Tocantinópolis, com 24 e Ananás com 16.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Mulher de 84 anos é a 31ª vítima da Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde, confirmou neste sábado, 16, a 31ª morte por Covid-19, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Com a confirmação, Araguatins segue na liderança no Bico do Papagaio em quantidade de mortes, seguido de Tocantinópolis e Ananás e na sétima posição em relação ao estado, atrás de Araguaína, Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso e Colinas.

A vítima confirmada neste sábado, morreu na terça, dia 12. Ela tinha 84 anos, era mulher e tinha diabetes e hipertensão.

Continue lendo
publicidade Bronze