Connect with us

Tocantins

Dia Mundial da Saúde é oportunidade para refletir sobre cuidados essenciais nesta fase mais crítica da pandemia

Publicado

em

Pouco mais de ano após o início da pandemia de coronavírus, a situação no país é ainda mais grave. Com o número de casos em crescimento, mais do que nunca é necessário seguir as recomendações sanitárias, protegendo a si mesmo e estendendo esses cuidados aos outros. Nesta quarta-feira, 7 de abril, data em que é celebrado o Dia Mundial da Saúde, a BRK Ambiental no Paráchama a atenção para o papel essencial do saneamento básico nesse contexto, contribuindo para prevenir doenças e promover a saúde e a qualidade de vida da população. 

Embora seja um direito previsto por lei, para muitos brasileiros o saneamento ainda é uma realidade distante. Dados do Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento (SNIS 2019) mostram que cerca de 35 milhões de pessoas não têm acesso à água potável, quase 100 milhões não são contemplados com coleta dos esgotos e apenas 49% dos esgotos são tratados. 

No caso do combate à Covid-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) ressalta que entre as medidas de prevenção contra a disseminação do vírus está a higienização das mãos com água e sabão (ou uso do álcool a 70%) e a limpeza dos ambientes (domésticos e públicos). “Para a realização eficaz destas medidas de higiene e prevenção, além da promoção da educação sanitária, são primordiais o acesso à água potável, o recolhimento e destinação adequada do lixo e um sistema de esgoto eficiente. A ausência da higienização pessoal e ambiental adequada acarreta ainda mais no aumento de casos desta doença”, destaca Sandra Leal, gerente de operações da BRK Ambiental. 

As consequências da falta de saneamento vão além do novo coronavírus e se estendem a outros problemas, de acordo com a Fundação Nacional de Saúde (FNS). Diarreias, infecções e até mesmo a dengue se proliferam mais em regiões menos saneadas.  

“O saneamento básico promove a preservação do meio ambiente, por exemplo, no destino adequado dos resíduos, bem como na coleta seletiva, no abastecimento e no tratamento da água e na manutenção dos sistemas de esgotos. Esses fatores são de suma importância para a prevenção de diversas doenças infecciosas, parasitárias e para o controle de vários vetores de doenças transmissíveis”, diz Sandra.

Como os hábitos de higiene evitam a transmissão do coronavírus? 

O Ministério da Saúde orienta sobre os cuidados básicos que devem ser tomados para reduzir os riscos de contágio e transmissão de doenças respiratórias agudas, como a causada pelo novo coronavírus. Essas medidas incluem: 

  • usar máscara cobrindo nariz e boca sempre que precisar sair de casa; 
  • lavar frequentemente as mãos com água e sabão por, no mínimo, 20 segundos. Em último caso, quando não tiver acesso à água e sabão, utilize álcool em gel 70% para higienizar as mãos; 
  • evitar contato com os olhos, boca e nariz sem antes lavar as mãos; 
  • evitar proximidade com pessoas doentes ou com sintomas da doença; 
  • manter-se em casa para evitar o contágio (tanto ser contaminado quanto contaminar os outros, caso esteja doente sem apresentar sintomas); 
  • cobrir nariz e boca com o antebraço ou utilizar lenços de papel (descartando-os adequadamente logo em seguida) quando for tossir ou espirrar; 
  • manter os ambientes sempre limpos, arejados e desinfetados, além dos objetos e superfícies que são tocados com frequência. 
publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Campanha de amamentação começa com série de palestras

Publicado

em

A Secretaria da Saúde de Araguaína inicia nesta terça-feira, 3, a programação da Campanha do Agosto Dourado, voltado à conscientização sobre a importância do aleitamento materno. As atividades organizadas pela Superintendência da Atenção Básica incluem uma série de palestras e rodas de conversa sobre temas como a prática da amamentação durante o período da pandemia de covid-19 e o envolvimento do pai no processo de amamentação.

“O aleitamento materno é extremamente importante por ser um alimento completo, a melhor fonte de nutrição para os bebês, ajudando assim no desenvolvimento dessa criança. Também é muito importante a participação dos pais nesse processo, auxiliando a mãe durante todo esse período de amamentação”, explicou a coordenadora da Rede Amamenta em Araguaína, Pâmella Araújo.

Amamentação x covid-19
As palestras educativas serão realizadas nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) do Município durante todo o mês de agosto, seguindo um calendário com a programação distribuída entre as 17 unidades de Araguaína. As equipes de profissionais da saúde foram preparadas para realizar as ações respeitando as medidas de proteção e distanciamento para conter o avanço da covid-19.


Entre os temas abordados estão os mitos e verdades sobre a amamentação, orientações nutricionais referentes ao leite materno, assim como os procedimentos necessários para a amamentação do bebê no período de pandemia de covid-19. As UBS também receberão rodas de conversa com gestantes, puérperas e pais que queiram participar do debate.

“A orientação do Ministério da Saúde é que as mães continuem amamentando durante esse período de pandemia e no caso da mãe estar com covid-19 a amamentação deve permanecer obedecendo todos os cuidados que já são usados no dia a dia, como uso de máscaras e higienização das mãos, visto que ainda não há nenhum estudo que confirme a possibilidade de transmissão para as crianças através do leite materno”, diz a coordenadora, Pâmella Araújo.

Agosto Dourado
O Agosto Dourado é o mês dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. O dourado faz alusão à definição da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o leite materno: alimento de ouro para a saúde dos bebês.

Sabe-se que a amamentação, isoladamente, é a estratégia de maior impacto capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas preveníveis. O estímulo da amamentação exclusiva salva nada menos que 6 milhões de crianças por ano.

Programação

UBS Araguaína Sul
8h – 10, 17, 24 e 31 de agosto.

UBS Avany Galdino da Silva (Bairro São João)
8h30 – 3, 10, 17 e 24 de agosto.

UBS Bairro de Fátima
8h – 23 de agosto.

UBS Couto Magalhães (Setor Couto Magalhães)
8h – 18 de agosto.

UBS Dr. Dantas (Setor Costa Esmeralda)
8h – 10, 20, 2 e 30 de agosto.

UBS Dr. Francisco Barbosa (Vila Aliança)
8h e 14h – 4, 12, 18 e 26 de agosto.

UBS JK
8h – 12 de agosto.

UBS José Ronaldo Pereira da Costa (Dom Orione)
14h – 16 de agosto.

UBS Lago Azul
8h – 11 de agosto.

UBS Manoel Alves (Ponte)
8h – 17 de agosto.

UBS Manoel dos Reis (Jardim das Flores)
8h e 14h – 12 de agosto.

UBS Manoel Maria (Setor Cimba)
9h – 3, 5 e 10 de agosto.

UBS Maria dos Reis (Setor Barros)
7h50 – 3, 10, 17, 24 e 31 de agosto

UBS Nova Araguaína
8h – 4, 11 e 25 de agosto
14h – 16 de agosto

UBS Novo Horizonte
8h – 19 de agosto

UBS Palmeiras do Norte
8h30 – 5, 11, 19, 25 de agosto

UBS Senador Benedito Vicente Ferreira (Setor José Ferreira)
8h – 10 e 18 de agosto

Continue lendo

Tocantins

Ponte dos Imigrantes Nordestinos no Tocantins recebe iluminação em LED

Publicado

em

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf), está executando as obras e serviços de reforma da iluminação viária da Ponte dos Imigrantes Nordestinos.

A estrutura sobre o Rio Tocantins interliga a capital palmense aos municípios de Miracema e Miranorte, por meio da Rodovia estadual TO-445,  em Lajeado.

Os serviços foram iniciados na semana passada e levarão aproximadamente dois meses para serem concluídos. Está sendo feita a manutenção do sistema de iluminação, com substituição do cabeamento e troca de luminárias para modelos em LED.

A troca dos equipamentos convencionais por luminárias LED proporciona uma iluminação com mais qualidade, mais eficiente, com maior fluxo e uniformidade, garantindo mais durabilidade e economia.

Os trabalhos também preveem a troca de todos os cabos alimentadores de energia e de todo o cabeamento do Serviço de Proteção contra Descargas Aéreas (SPDA), que protege as instalações elétricas e demais componentes eletrônicos instalados na ponte.

Na mesma linha, serão trocados os dispositivos denominados contatores, que são os comandos da via pública e as unidades controladoras automáticas dos refletores da iluminação da ponte.

“Trabalhamos para que nossas ações garantam mais qualidade de vida à população, pois cuidar das pessoas é nossa prioridade. Buscamos levar a modernidade e a qualidade onde trabalhamos. Com certeza essa nova iluminação da ponte trará muitos benefícios para as pessoas e isso é um compromisso nosso, melhorar cada vez mais a vida dos tocantinenses”, destaca a secretária da Infraestrutura, Juliana Passarin.

 A ponte

Ligando os municípios de Lajeado e Miracema do Tocantins, a Ponte dos Imigrantes Nordestinos “Padre Cícero José de Sousa” foi inaugurada em 2011, pondo fim à travessia por meio de balsa.

O local é um cartão postal da região pois possui uma vista  singular: a beleza do rio ladeado da imponente Serra de Lajeado compondo o cenário.

A estrutura tem 609,12 metros e a escolha do nome remete aos nordestinos que tanto contribuíram e contribuem para a construção da grandeza do Tocantins, como o padre Cícero José de Sousa, um religioso que atuou em prol do desenvolvimento socioeconômico do Estado, principalmente na área da educação, levando ao povo tocantinense ideias de progresso. (Luzinete Bispo)

Continue lendo

Tocantins

Carlesse sanciona Lei que cria o Parque Agrotecnológico do Tocantins

Publicado

em

O Governo do Tocantins publicou nessa sexta-feira, 30, no Diário Oficial do Estado, a Lei nº 3.803 que cria o Parque Agrotecnológico do Tocantins. Com o ato, o governador Mauro Carlesse oficializa a criação de um espaço exclusivamente destinado a desenvolver atividades relacionadas ao agronegócio, pesquisas agrotecnológicas, feiras, exposições, eventos e outras atividades similares. O Parque foi criado no mesmo local onde tradicionalmente, há mais de 20 anos, é realizada a Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins), que é considerada uma das maiores feiras agropecuárias do país.

A Lei sancionada pelo governador Mauro Carlesse autoriza a efetivação de parcerias público-privadas para a gestão e o desenvolvimento de ações no Parque Agrotecnológico, que ampliam as possibilidades de fomentar a economia do Estado, com a geração de empregos e a formalização de negócios lucrativos.

“Trata-se de um espaço que tem grande potencial, mas que vem sendo subutilizado. Não podemos nos contentar em ter uma área como aquela, para realizar apenas um evento por ano. O Tocantins é um Estado vocacionado para o agronegócio e pode ir muito além da Agrotins”, explica Claudinei Quaresemin, secretário de Parcerias e Investimentos do Tocantins.

Para o secretário, a expertise e o dinamismo da iniciativa privada garantirão investimentos e um melhor aproveitamento do espaço. “A parceria com a iniciativa privada vai garantir diversos ganhos para o Governo e a população tocantinense, como a economia dos recursos públicos que são gastos na gestão e conservação do espaço; a realização de investimentos privados na modernização e ampliação da infraestrutura do Parque; e a promoção de diversos eventos ao longo do ano, fortalecendo o agronegócio e o setor de turismo, gerando centenas de novos empregos”, detalha.

O gestor esclarece, ainda, que mesmo que as parcerias com a iniciativa privada sejam efetivadas, a propriedade do Parque será sempre do Governo do Tocantins, e que todas as benfeitorias e os investimentos serão revertidos para o Estado.

 Próximo passo

O Projeto de concessão faz parte do Programa de Parcerias e Investimentos do Tocantins – Tocantins-PPI, qualificado pelo Conselho do Programa e com a autorização do Governador para entrar na fase de estudos de modelagem. A próxima etapa do Governo é avaliar o modelo para realização dos estudos, se por contratação direta ou através de Manifestação de Interesse Privado (MIP), na qual a empresa interessada realiza os estudos por sua conta e risco, de forma exclusiva.

Após essa fase, o projeto será apresentado à população e aos setores que serão impactados de forma direta e indireta, garantindo a ampla participação social de forma democrática. (Adrielly Cavalini)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze