Connect with us

Maranhão

Dilma pode ser secretária de estado no Governo do MA

Publicado

em

Depois que teve seu processo de impeachment sacramentando, a ex­-presidente Dilma Rousseff (PT) ainda não tem seu futuro definido. A imprensa nacional especula que ela vai retornar para o Rio Grande do Sul, onde moram seus familiares. Porém, existe a dúvida sobre seu futuro. Certo é que, depois que sua defesa entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o afastamento, Dilma não deve se afastar da política, pelo menos por enquanto. Diante deste cenário, o jornalista Merval Pereira, do canal por assinatura GloboNews, afirmou que a petista pode vir a assumir um cargo de secretária de estado no governo de Flávio Dino, no Maranhão.

Segundo o jornalista, durante participação no Jornal das 10 desta quarta­-feira (31), Dilma Rousseff estaria ganhando uma “ajuda” de Renan Calheiros (PMDB), presidente do Senado, e Ricardo Lewandowski, presidente do STF, para se livrar do juiz Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava­Jato: “Essa ajuda que o Renan e o Lewandowski deram à Dilma tem um objetivo claro, é blindá­la do juiz Sérgio Moro. Ela, provavelmente, vai ser secretaria de estado ou em Minas, com Fernando Pimentel, ou no Maranhão, com Flávio Dino, que é do PCdoB. E vai ficar protegida da primeira instância do Sérgio Moro”, comentou o articulista, lembrando que Dilma não teve seus direitos políticos cassados.

Logo após a confirmação da saída de Dilma Rousseff da presidência do Brasil, o governador do Maranhão, Flávio Dino, publicou uma foto ao lado da petista, em uma rede social, e escreveu: “Minhas homenagens à companheira Presidenta Dilma Rousseff. A história a absolverá. Avante”.

É bom lembrar que Flávio Dino foi um dos maiores defensores de Dilma Rousseff durante todo o processo, o comunista chegou a viajar para Brasília para tentar articular votos contra o pedido de impeachment. Segundo o secretário de comunicação e assuntos político do Governo do Maranhão, Márcio Jerry, essa possibilidade não foi discutida e não passa de “ficção”. “Só especulação mesmo e dessas sem menor amparo na realidade. Nem ela pediu para ser e nem o governador a convidou, portanto é um tema ficcional, inventado sabe­se lá por qual razão”. (O Estado do MA)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Recurso do Ministério da Saúde é destinado à Rede de Frio Municipal

Publicado

em

Secretaria Municipal de Saúde, Semus, garante recursos junto ao Ministério da Saúde no valor de R$ 64.050,00 (sessenta e quatro mil e cinquenta reais), aprovado nesta sexta-feira, 20 de novembro, na Comissão Intergestora Bipartite (CIB), para aquisição de equipamentos e materiais permanentes destinados à Rede de Frio Municipal, coordenação da Vigilância em Saúde, setor imunização. O recurso permitirá, também, a manutenção dos Imunobiológicos (vacinas e soros) em condições adequadas e com excelência nas salas de vacinas das Unidades Básicas de Saúde, UBS’s, implementando, assim, atividades desenvolvidas pelo Setor de Imunização.

Para a secretária de Saúde do município, Mariana Jales, “essa medida reflete o interesse da gestão na questão de ofertar uma saúde de qualidade e de excelência em todas as suas especificidades, com ênfase na Atenção Primária, fortalecendo ações de prevenção no que se refere ao incremento de medidas que visam a redução da incidência de doenças evitáveis, por meio da imunização, bem como cumprir as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, quanto a cobertura vacinal”.

Para assegurar a eficácia das vacinas, a secretária adjunta de Saúde, Doralina Marques, explica ser fundamental a manutenção da rede de frio. “Iniciamos com a reestruturação da Rede de Frio que abrange armazenamento, conservação, distribuição, transporte e manuseio dos imunobiológicos utilizados nas imunizações; com o objetivo final de assegurar que todos os produtos administrados mantenham suas características imunogênicas. Para verificar se as vacinas estão sendo bem conservadas utilizamos o monitoramento da temperatura três vezes por dia. Além disso, fazemos checagem sempre ao receber os imunobiológicos da Regional de Saúde. Mantemos um rígido sistema de controles, realizados com termômetros, por uma equipe treinada e com dados registrados”, explica.

As novas câmaras frias possuem capacidade de manter a temperatura por 48h, mesmo em caso de fornecimento de energia suspenso, por alguma queda da rede pública ou quebra do equipamento. Além de ser a recomendada pela Vigilância Sanitária.

As ações de vacinação têm contribuído para reduzir a morbimortalidade por doenças imunopreveníveis, melhorando a qualidade de vida da população principalmente em crianças menores de cinco anos, e para a população de 60 anos e mais.

Além da aquisição desses equipamentos, são previstas ações que visam à capacitação de recursos humanos, como forma de aperfeiçoar o trabalho, bem como supervisão e acompanhamento das atividades por meio da Vigilância em Saúde.

EQUIPAMENTOS ADQUIRIDOS

Câmara para Conservação de Hemoderivados/ Imuno/ Termolábeis-3 unidades;  

Computador Portátil (Notebook) -2 unidades;

Geladeira/ Refrigerador-DE 260 A 299 L- 2 unidades;

No-Break (Para Computador/Impressora)- 2 unidades;

Termohigrômetro – 1 unidade;

Cadeira tipo escritório – 1 unidade.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Secretaria de Educação mobiliza pais sobre aulas não presenciais

Publicado

em

Neste sábado, 21, toda a rede municipal de educação foi mobilizada para o Dia D de Busca Ativa. Nos principais pontos das bairros Bacuri, Cafeteira, Entroncamento e Nova Imperatriz houve panfletagem e conversa com a população. Objetivo foi chamar atenção da comunidade para a importância do uso da plataforma digital das aulas não presenciais pelos alunos. 

Promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Semed, o dia de mobilização contou com a parceria da Secretaria de Trânsito, Conselhos Tutelares, Fundação Cultural e Ascom.

“Cada um teve papel fundamental para esse momento que precisa ser abordado e realizando numa grande corrente. A escola não parou. Está bem viva e buscando todas as formas para dar continuidade ao ano letivo. Por isso, escola e família precisam andar juntas para que não haja grandes prejuízos ao aprendizado dos alunos” reforçou o secretário de Administração e Educação, José Antônio Pereira. 

Além dos pit stops na cidade, todas as 147 unidades de ensino da rede municipal ficaram de portas abertas para atendimento e mobilização das famílias. “É preciso que mães, pais e responsáveis procure a escola. Fazemos nosso papel de busca ativa, mas é preciso ter essa parceria para que as famílias acompanhem a situação escolar dos estudantes” destacou Cleomar Conceição, gestora da Escola Wady Fiquene.

Continue lendo

Maranhão

Não é permitido acesso a área de segurança da UHE Estreito

Publicado

em

Continue lendo
publicidade Bronze