Connect with us

Bico do Papagaio

DNIT confirma que edital de licitação para derrocagem do Pedral de Lourenço sai até julho


Publicado

em

Em audiência ontem, quarta,12, com a senadora Kátia Abreu, o  diretor-geral do DNIT,  general Jorge Ernesto Pinto Fraxe, garantiu à parlamentar que já está tudo praticamente pronto para a publicação do edital de licitação para a derrocagem do Pedral de Lourenço, fundamental para a viabilização hidrovia do Tocantins. O derrocamento é a retirada ou destruição de pedras ou rochas submersas, que impedem a plena navegação do rio Tocantins, no chamado Pedral de São Lourenço, que fica acima das eclusas da Hidrelétrica de Tucuruí. O diretor do DNIT informou ontem à senadora Kátia Abreu que o projeto foi encaminhado à Marinha para parecer definitivo.

O encontro de Kátia Abreu com Jorge Fraxe teve como objetivo tratar sobre o edital da hidrovia. Segundo Kátia Abreu, as obras de derrocamento do Pedral do Lourenço, no Pará, para viabilizar a navegabilidade na hidrovia do Tocantins, estão entre as prioridades. Com a implantação da hidrovia, haverá um impacto para o Tocantins, especialmente na região do Bico do Papagaio, pois já está em andamento a implantação de um porto privado em Praia Norte.  A senadora reforçou,ainda,  a necessidade de construção, na hidrovia, das eclusas de Estreito e Lajeado, o que deverá ser feito por meio de projetos de Parceria Público-Privada (PPP).

É a segunda vez que a senadora Kátia Abreu reúne-se com Fraxe sobre a hidrovia nos últimos 30 dias. No dia 15 de maio, a Senadora fez ver ao diretor geral do DNIT a necessidade da  hidrovia para o escoamento da safra brasileira de soja e milho produzida nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do País pelos corredores do chamado Arco Norte, aí incluído o Tocantins, de posição estratégica para o escoamento da produção do país. Essas regiões produzem 52% da soja e do milho colhidos no País, mas 86% dessa produção são escoados por meio de rodovias e portos do Sul e Sudeste. “O deslocamento das cargas encarece os custos do frete, comprometendo a competitividade dos produtos brasileiros vendidos no Brasil e no exterior”, afirmou a Senadora ao defender, junto ao DNIT, uma série de ações para resolver essa questão e viabilizar o escoamento por meio dos modais existentes no Arco Norte.

Além das hidrovias do Tocantins e dos rios Madeira e Teles-Pires Tapajós, a Senadora acredita que as BRs 163, 158 e 153 rotas de escoamento na região.No caso da hidrovia do Tocantins, a EPL já garantiu o edital para este ano. A sustentação foi dada pelo próprio presidente da empresa, Bernardo Figueiredo, por ocasião de sua vinda à Capital, depois de pedido feito pela parlamentar à presidente Dilma Roussef. Bernardo, junto com Kátia Abreu, governador Siqueira Campos e um representante do Banco de Desenvolvimento chinês sobrevoaram, naquela oportunidade, parte do percurso da hidrovia. (ASCOM)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Veja quantas doses da CoronaVac cada município do Bico vai receber nesta quarta, 20

Publicado

em

Após o pedido do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS-TO), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) encaminhou nesta terça-feira, 19, a relação de doses da vacina CoronaVac, contra a Covid-19 que serão distribuídas aos municípios.

As doses chegam a Central de Distribuição em Araguaína no final da tarde desta terça, 19, e serão entregues aos municípios biquenses, a partir das 14h, desta quarta, 20.

Confira quantas doses cada município deve receber:

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico poderão retirar vacinas CoronaVac nesta quarta, 20

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), começou no inicio da tarde desta terça, 19, o transporte de 16.288 doses da vacina CoronaVac, para a Central de Distribuição em Araguaína. É lá, que as Secretarias Municipais de Saúde do Bico e do norte do estado, deverão retirar suas cotas.

Ao todo, a Central de Araguaína, vai atender 58 municípios do Bico e Norte.

As Secretaria de Saúde do Bico, já poderão fazer a retirada do imunizante, a partir das 14h, desta quarta, dia 20.

Nesta primeira fase, serão imunizados trabalhadores da Saúde, população indígena vivendo em terras indígenas e idosos com 60 anos ou mais, que estejam em instituições de longa permanência.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico ainda não sabem cota e quando iniciam imunização contra Covid-19

Publicado

em

Com a chegada do primeiro lote de vacinas CoronaVac, contra Covid-19, nesta segunda, 18, ao Tocantins, os municípios do Bico do Papagaio ainda não tem definida a data de inicio da vacinação e nem a quantidade de doses que serão recebidas.

É aguarda para esta terça, 19, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES), informe as Secretaria Municipais de Saúde, cada cota.

A princípio, a SES recebeu o comunicado do Ministério da Saúde, que neste primeiro lote, seriam enviadas 29.840 doses da CoronaVac, depois, esse número cresceu para 44 mil.

As vacinas para os municípios do Bico, serão transportadas ainda nesta terça, para a Central de Distribuição, em Araguaína. De lá, os municípios farão a retirada e ficam responsáveis pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo
publicidade Bronze